sexta-feira, março 30, 2007

A criança escondida em mim

O rosto do meu JP é para mim a maior fonte de energia.
Energia essa que nasce da emoção de decifrar os seus traços, as suas expressões, a sua alegria. A minha aventura da vida voltou a ter momentos novos, momentos de descoberta. Tornou-se tão simples e com tanta novidade...tal como, quando eu era como o meu filho, uma criança. Sinto novas formas de prazer de viver e quero entregar-me totalmente ao momento presente . Problemas vulgares existem...mas passam para segundo plano, quando abraço o meu pequenino.
Aquilo que mais lamento é não ter mais tempo para dar asas à nossa paixão, sem horários, actividades e restricções. Por isso todo o pouco tempo que disponho, adoro dedicar ao meu JP. Mas no fim de semana pelo menos um par de horas quero dedicar-me totalmente ao progenitor ... e às vezes quero uma horinha também para mim...
Pouco sobra para os amigos. E tenho saudades de me dedicar a eles, como antes...
Se tivesse que gerir uma empresa era mais fácil que esta gestão de tempo de mãe, mulher, trabalhadora e amiga...
A vida é bela, mas está muito longe de ser perfeita...

segunda-feira, março 26, 2007

Coração apaixonado

O tempo desde que nasceste JP, voou...não sei que aconteceu. Aprecio tanto esta tua fase tão interactiva. Fazes questão de Cravar tantas coisas...andar nos carrinhos de baloiço nos centros comerciais, subir no carrinho das compras...ir ao colo de quem aparece...mostrar que queres trazer o noddy ou um livro contigo. Ir para o chão para treinar a força nas pernas com o "sobe e desce"...
Continuas a delirar com as brincadeiras mais radicais...já sabes mesmo identificar as cores; já tentas falar e quando toca a refilar, balbucias durante largos minutos em forma de protesto !

E a tua vontade impera...desde que seja razoável. Choramingas quando acaba a natação, choras quando acabas os cavalos...resmungas quando te levo da avó... E lanças os sorrisos mais encantadores e charmosos para fazer valer as tuas pretensões. Desarma-nos e sabes bem disso...Meu filho...nos teus primeiros meses de vida, sentia-me perdida , mas acho que isso não te afectou...pois na tua presença sempre me senti tranquila...agora sou uma mãe com paz de espirito, certinha que o futuro incerto continuará a sorrirá para nós...basta que para isso cumpramos as nossas obrigações e saibamos viver um dia de cada vez, o mais deliciosamente possível. A té porque a vida vai passar num instantinho e a tua infância também...

sexta-feira, março 23, 2007

O balanço da semana

Com o passar do tempo, as novidades relativamente ao JP vão-se espaçando. Está a evoluir maravilhosamente a nível cognitivo. Agora tenta sempre dizer todas as palavras pedidas (e sabe muitas), mas o que pronuncia só com alguma imaginação corresponde à palavra real...mas é uma tentativa...uma vontade cada vez maior de comunicar. Quer sempre qualquer coisa. Procura sempre uma brincadeirinha. Quando o cansaço aperta, resta-lhe observar...e como observa com atenção, todos os nossos passos...as nossas acções. Até o seu olhar se perder e fechar o olhinho e mergulhar no mundo dos sonhos...
A nível motor, mexe ainda mais os braços, tem novas talinhas para as mãos, para posicionar o punho para fora e abrir melhor as mãozinhas...Continua a adorar rebolar de baixo para cima, de cima para baixo...muito rola e rebola ele...O querer é motor do desenvolvimento dele. E gosto que ele "queira"...

Já não se entusiasma tanto por rastejar. Gosta de se pôr em pé, com o mínimo de ajuda possível, pois já está naquela fase "Deixem-me fazer sózinho!"...

Adora ver-se ao espelho, nas fotos, na televisão.
Gosta que o elogiem e que lhe dêem atenção, mas envergonha-se muito mais agora. Continua a detestar que se fale do seu problema (é muito reservado, o meu menino, eh,eh!).

É um menino muito amado. Muito mimado também. Mas agora ternuramente nem sempre aceitamos as exigências e satisfazer todos os seus caprichos. Está a ser educado.
É um menino normalmente feliz...
E nós pais felizes.
A curtir o nosso "bebé"...

quarta-feira, março 21, 2007

Apanhado em Flagrante - Divertimento Total

Esta semana a vovó do Pedro esteve de férias, pois tinha alguns assuntos para tratar. Pediu-me porém que deixasse o JP um dos dias na casa dela. E assim foi.
Primeiro deixei-o na escola, pois tinha a sua horinha de estimulação com a professora da educação especial logo pela manhã, e perto das 10.30 h fui buscá-lo.

Apanhei os meninos e as educadoras no meio das suas actividades. Naquela manhã havia teatrinho de fantoches.

E o meu JP divertidíssimo a ver. Estava a perceber tudo e a delirar com a estória. Era um dos poucos que se ria. Os outros estavam tão intrigados a tentar perceber que pareciam hipnotizados. Adorei. Pensei cá para mim, que as educadoras tinham um emprego bem divertido e os miúdos passam ali umas horas bem agradáveis.


- JP, já não me comoves mais com o beicinho que fazes todas as manhãs! Passas uns dias bem divertidos, cheios de miminhos, palhaçada e até estórias ! Fico feliz por isso...

segunda-feira, março 19, 2007

Dia do Pai

Hoje é dia do Pai.

Antes pensava sempre no meu Pai, agora penso principalmente no meu Amor Grande.


O meu Pai como sempre, finge que não dá muita importância, mas eu não deixo nunca passar em branco. Um simples telefonema...mas feito com todo o carinho que sei mostrar ao meu pai. Ele claro...emociona-se, mas muito disfarçadamente. Mas sei o quanto são importantes estes pequeninos gestos para ele.
O meu Amor...espero que esteja feliz. Hoje e todos os dias do ano. Sempre soube que ele ia ser um bom pai. Tinha a certeza. Tinha jeito e paciência para crianças e as crianças sempre gostaram dele. Não me enganei.


O JP é a carinha do Pai com a idade dele, com os meus olhos à mistura...
Quando quer brincadeira da valente, quer o pai. Vê a bola com ele atentamente sem resmungar (questiono-me tanto porquê...que fascinio vê ele naqueles homens a correr atrás de uma bola ?) , adora aninhar-se todas as noites no seu colo, pois é o pai que o deita....Enfim adora o seu Papá !


E o Papá ? Acho que tal como eu...ama-o da forma mais pura que é possível amar. É tranquilo, positivo, firme, presente, interessado...apaixonado ! Penso tantas vezes na sorte que tenho em tê-lo ao meu lado...e não só hoje que é dia do Pai, mas sempre...

domingo, março 18, 2007

Hábitos de leitura e não só ...

Desde que nasceu, o JP está muito familiarizado com livros e revistas...nas nossas manhãs e tardes da minha licença de maternidade, desfolhávamos juntos os meus livros, assim como os dele...eu contava-lhe as histórias e observávamos as figuras; ele adorava ouvir a minha voz, ainda sem saber o que eu dizia...
A professora da educação especial chegou a comentar com a educadora que o meu menino "tinha hábitos de leitura"....
Desde sempre, que quando vê um livro ou revista, ele empolga-se todo, tal como faz com os computadores e como qualquer outro menino com as suas manias e vícios.

Eu tinha muito receio que ele nunca viesse a conseguir manipular bem, para poder pegar no seu próprio livro ou revista e saboreá-lo de uma ponta a outra .

Mas esse seu encantamento faz com que adore brincar com o papel e com as minhas revistas velhas; Destruí-las, rasgá-las, desfolhá-las ainda que amarrotando...passa horas, assim entretido. Sem se cansar da aparente monótona brincadeira...
E depois de tantas horas de treino...eu sei que ele chega lá ! Até lá, basta-me esperar que encham a minha caixa do correio de novidades fresquinhas...Porque cá em casa temos "O Monstrinho das Revistas"...

sexta-feira, março 16, 2007

Disciplina e Rotina

Estou inscrita na ginástica , que faço na minha horinha de almoço, há uns mesinhos...mas nunca fui muito disciplinada com as minhas coisas. Enfim, quando o trabalho permite e estou mais folgadita, vou ...quando não dá jeito não hesito em não ir. Porém uma vez por semana tento garantir, o resto é conforme der jeito. Sem stress.


Mas nunca com as actividades do meu pequenino. Ele não falta a nada. A menos que ele esteja doente, o que também tem sido raro. Esta semana foi quase em branco, pois foi a fisioterapeuta teve problemas de saúde.


No entanto fez hidroterapia na terça feira e também foi à APPC. A Hipo terá de faltar pois lá há muita corrente de ar e ele ainda está um pouco sensível.


Quando isto acontece e não se cumpre o calendário habitual das actividades, não me sinto relaxada e tranquila...sinto que algo faltou...sinto que a semana não foi a 100 %! Eu bem digo que gosto da rotina...mas está mesmo visto nem sempre dá para cumpri-la. O inesperado teima em fazer parte das nossas vidas.


Esperemos que o fim de semana seja como nós gostamos...em familia, aproveitando o solinho e dando alguns passeios que fazem as delicias do meu JP.

quarta-feira, março 14, 2007

Coraçãozinho Apertado

Os bichinhos maus ainda não se tinham chegado ao meu pequenino este inverno. Chegaram de repente esta noite, que foi muito mal passada, com secrecções, sono, irritações, enfim, sintomas de uma constipação que o meu JP abomina. Uma noite que terminou numa manhã em que acordei com a sensação de que um camião TIR me tinha passado a ferro. Aliado a isto, os olhinhos de desilusão dele gravados na minha lembrança de ter mesmo de o deixar no colégio, (onde todos tem os mesmos sintomas). Não há muito a fazer. Mas custa sempre muito vê-lo murchinho e adoentado.

Suspendemos hoje as nossas actividades. Se saíres à familia amanhã estás bom. São duas características do pai e da mãe: Nenhum bichinho mau gosta de ficar muito tempo por aqui...e precisamos estar quase a morrer para nos fazerem perder a fome. A segunda já sabemos que partilhas, oxalá que a primeira também tenhas puxado a nós.


Se eu mandasse no mundo, estes dias não contavam ! Voltavamos atrás e viviamos outros melhores. Criança infeliz e doentinha é algo que parece não fazer sentido. Por isso quando ouvi a noticia de uma menino da idade do meu (27 meses) que está em coma no hospital com suspeita de maus tratos, ou no caso daquela mãe estrangeira que mata 4 ou 5 filhos porque sofre de depressão, só penso: Que gente é esta ? Em que mundo vivemos, JP ? Com toda a pouca sorte do mundo que tiveste em algumas coisas...Modéstia à parte, ainda tens sorte em algumas : Podes confiar nos teus pais. E para te proteger faria coisas incríveis se isso realmente resolvesse algo, como esta mãe. Não hesitaria.




Como se conta aos maninhos que têm um irmão diferente ? Para reflectir...




A Descoberta

Por causa do post desta amiga, descobri algo que quero partilhar...Nasci a 24 de Outubro. No site do Amor incondicional....Sou protegida por um Génio da Humanidade - Num ano inteiro só 5 datas são protegidas por estes anjos: quem nasceu em 5/1, 19/3, 31/5, 12/8 ou 24/10, é protegido pelos Génios da Humanidade.

-Os ensinamentos dos Génios da Humanidade tem a missão de desenvolver a espiritualidade e a humanidade nas pessoas. Nunca minta e seja sempre fiel aos seus sentimentos.

Acreditar ou não...eis a questão...mas não deixa de ter graça...

Fica aqui :
24 de Outubro - Você é pura intuição e emoção. Uma pessoa que galga qualquer caminho para alcançar seus objectivos. A sua intuição e trabalha aliados tornam-na uma pessoa vencedora e muito admirada. É carinhosa e está sempre em busca do grande amor da sua vida.
(não os encontrei, já????)

domingo, março 11, 2007

Harmonia

O nosso dia a dia permanece intenso e ocupado. Apesar de tanta actividade, há uma sensação de tranquilidade na família. As rotinas estão assimiladas. As expectativas não têm espaço para se manifestar, pois a urgência no bom aproveitamento do pouco tempo, fala mais alto.
Rotina é um termo com conotoção negativa quando somos adultos. Mas é também algo que nos dá segurança, tranquilidade...
Talvez porque já tive a minha quota parte de surpresa na minha vida...talvez porque secretamente goste da segurança de um dia-a-dia previsível. E só porque a rotina existe é que sabe tão bem quebrá-la.

Iniciaremos mais uma semana parecida a todas as outras. Mas sinto-me ansiosa por vivê-la. E desfrutá-la junto dos meus dois amores.

quinta-feira, março 08, 2007

Mão firme num menino mimado, mas muito Querido!

Sinto-me feliz, meu querido JP.

Para além de seres uma criança um tanto especial, tens a maioria das coisas em comum com todos os meninos da tua idade. Estás numa fase em que te julgas muito importante, onde recebes mimo de todos os lados, educadoras, terapeutas...mãe, pai, avó. Naturalmente, julgas mesmo que o mundo gira à tua volta...e sabes que em parte é verdade, pois fazes birras de menino bem "sabichão" . Não passa de teatrinho, a tentar fazer-me sentir culpada e me convencer a mudar de opinião. É birra porque não queres sair da piscina, é birra porque não queres despir o pijama que está frio, porque não queres ficar na escola...Fazes um tipo de teatro muito trágico...e no minuto que "cedo" a alguns dos pequenos teus caprichozinhos (não são muitas), desatas-te a rir, de felicidade.

Virás a ser actor? Finges bem, mas não me convences. Bem sei que de parvo não tens nada e a juntar a tanto miminho, tenho de me impôr e colocar em prática a base teórica da disciplina. Felizmente eu sou uma mãe firme e também não tenho ambições de ser perfeita. Amor e carinho nunca te faltará. Respeito também não. Não que não te deixe ganhar algumas guerrinhas de vez em quando, mas para teu bem eu tenho de te impôr limites, tenho de te disciplinar, gentilmente e com total respeito pela criança querida que és. Tenho-o de o fazer como qualquer mãe o faz, com total compreensão pela tua idade...e pela tua maneira de ver o mundo e necessidade de testá-lo. Fazemos isso por ti, meu refilãozinho ! Para que sejas um adulto saudável. Serei sempre a tua primeira e principal professora. Faço isso porque te amo e quero o melhor para ti.

terça-feira, março 06, 2007

Ser feliz - O efeito espelho

Quantas pessoas buscam incessantemente a felicidade, acreditando ela estar numa viagem, num carro novo, no Euromilhões ou numa pessoa amada? Mas a felicidade são momentos no presente. Momentos em que sentimos prazer.
Ontem não me sentia particularmente feliz. Um inicio de semana com uma agenda demasiado preenchida, algumas atitudes que me deixaram insatisfeita e mais uma vez com vontade de mudar a minha vida. Chegando a casa, quis concentrar-me nas brincadeiras com o JP, disfrutar dele...passar aquele parzinho de horas da melhor forma possível, como sempre acontece. E a alegria do meu JP conseguiu que eu por aqueles breves instantes desanuviasse e ficasse melhor. Mas não como habitualmente. Não estava ali, com ele a 100 %...E então percebi...As crianças não precisam de mães a tempo inteiro, nem de brinquedos novos constantemente...

Para serem mais felizes, precisam de pais felizes. Grande parte da felicidade do meu JP, sempre dependerá da minha...ou nossa...a familia precisa de estar bem. É meio caminho andado para ter um filho muito mais feliz.
Então, filho, não vou poder prometer estar sempre bem, mas tentarei dar o meu melhor, para ver esse sorriso lindo sempre estampado no teu rosto.

segunda-feira, março 05, 2007

Portal Desabafo de mãe

Faz 3 anos neste mês de Março que o meu querido JP instalou-se no meu ventre embora que partilha a realidade do mundo exterior apenas há 2 anos e 3 meses. Mas para mim, a experiência Maternidade tem 3 ANOS. Espreitem o balanço no Desabafo deste mês.

domingo, março 04, 2007

Tua Fã nº 1

Derreto-me com os teus doces e lindos olhinhos vivos

Contagio-me com o teu sorriso certinho e com os teus dentinhos

Os teus dois remoinhos no alto da cabeça e as tuas brincadeiras de menino

Serei sempre a tua fã nº 1,


Sinto-me feliz de seres tão feliz !

quinta-feira, março 01, 2007

Mesário e Consulta de Pediatria

É uma alegria enorme o inicio do mês...mais ainda pelos teus "mesários". Logo pela manhã tiveste uma sessão de fisioterapia. Agora choras quando acaba !
Hoje completas 27 meses e vergonhosamente atrasados (devia ter sido aos 24) fomos à consulta rotineira, com a Pedriatra.
Pesou-te, mediu-te, perguntou sobre a tua personalidade...
Em jeito de resumo: Na verdade , desde que te alimentas melhor, tens tido mais energias para os exercicios e também entraste para as curvas dos percentis. Os teus ombros alargaram bastante, o que te dá um ar de nadador (e jeitoso). E tens muito mais força. Portanto tudo o que quiseres comer, podes e deves abusar, pois a tua tendência para engordar é inversamente proporcional à minha ! E as calorias dão-te a energia para te mexeres e desenvolveres-te lindamente ao nível da inteligência.
Peso : 11,7 kgs (estás todo jeitoso !) Finalmente ganhaste um percentil em peso -10 (já será músculo?)
Altura: 92 cm - Percentil 75/90
Perímetro cefálico: 49,5 cm: Subiu do 25/50, para o 50 (sinónimo de ligações de neurónios a ocorrer na sua máxima força, provavelmente por resultado de uma alimentação mais fortalecida às suas necessidades ).

Desenvolvimento cognitivo - Conhece um grande leque de palavras, reconhece elementos abstratos, faz associações. Nomeia quase todos os objectos (mas não é perceptível).

Fala: Vai palrando mais e algumas coisas começa-se a conhecer o significado: iau (Miau), cão, Anan (banana), bé (bebé), bó (bola), e tantas outras que surgem na altura apropriada (nunca quando se lhe pede !) Ao menos aponta para o que quer e demonstra bem as suas vontades.
A médica mostrou-se muito feliz. Um desenvolvimento superior ao expectável para o quadro da sua patologia e ficámos felizes com este reforço !