segunda-feira, novembro 26, 2007

Está quase...


A menos de 1 semana do seu terceiro aniversário.
Começamos com os preparativos !
Convites já feitos pelo Papá.
A cada dia a euforia aumenta.
Pela primeira vez com amiguinhos, porque já gosta.
No dia 1 de Dezembro faz 3 anos que nasceu o meu menino ...

quinta-feira, novembro 22, 2007

Esta noite

observava o meu rebento sentado, concentradinho no bacio, apenas com um pequenino apoio na base ...e toda a sua perícia e controlo para não desequilibrar.

O nossa história faz lembrar o conto da Lebre e da Tartaruga. Nós (porque somos uma equipe) somos a Tartaruga. Uma tartaruga extraordinariamente lenta. Mas tenaz e muito motivada. Temos um objectivo concreto e todos os dias batalhamos por ele. Todos os dias queremos andar mais um metrinho. Aquele metrinho que a lebre demora segundos a percorrer, mas que nós temos de nos esforçar muito mais.


Quem está de fora nem percebe, mas olhamos para trás e já lá vai alguma distância. E que bom perceber isso...tudo conseguido com muito empenho, amor e estimulação. Sabemos que o caminho a percorrer é ainda maior, mas não tem qualquer importância. Gostamos de caminhar.

Sigo desde algum tempo mais duas gerações de Pedros. Um com 16, outro com cerca de metade. Este fim de semana, sem grandes planeamentos ou expectativas, conheci o Pedro mais velho . A vida por vezes surpreende-nos de formas que nos fazem novamente sentir crianças de escola. Pela sua forma de estar, pelo seu positivismo e boa disposição, deixei-me render a esta família e em especial ao Pedro. Senti-me infantil, porque vi nesta família os meus "ídolos"...senti experiência e tranquilidade natural. Senti-me entre amigos. E como é isso possível ? Não sei nem quero saber. Aproveitei.


O Pedro é um ser social. E fez-me sentir muito especial. Fiquei fã. Será nosso amigo para a vida...

terça-feira, novembro 20, 2007

Inverno

Gosto muito de algumas coisas dele.
Gosto de ouvir a chuva a cair, enrolada nos lençois, mas detesto ter de sair deles e enfrentar o mau tempo...odeio as filas de trânsito e as botas com lama. Não gosto do céu cinzento. Só do conforto de ficar em casa, de volta dos livros, do computador...ou a lanchar com amigos.

Não gosto dos dias parecerem mais curtos. Tem-se a sensação de que se trabalha mais. Que sobra menos tempo.

Mas no nosso caso tem mesmo sido assim...muito trabalho, pouco tempo até para o JP. Curiosamente não lhe passou ao lado.

A sua "grande independência" social, sofre um recuo e em vez de querer ir sempre a colo alheio e ficar feliz de ir para a escola, prefere agora ficar com a mamã...

Eu acho piada a esta manifestação de saudade, mas fico mais tranquila quando ele me "manda dar uma curva"...pois sei que está bem menos carente.

sexta-feira, novembro 16, 2007

Notas Soltas

  • O JP está ansioso pelo dia dos seus aninhos. Sabe que terá festa. Quando perguntamos quem está quase a fazer anos, solta logo um "Eu !"
  • "E agó?" ( e agora?)...é logo a primeira pergunta no começo de um fim de semana. Acho que ele sonha com estes dois maravilhosos dias (ele e eu !!!)
  • À partida os três anos afiguram-se mais calmos que os 2. O JP está numa fase que adora agradar-me. Está cá um menino do coro !!! Faz as coisas que sabe que me agradarão...mas ainda me desafia (e se calhar isso nunca passará...)
  • Já não liga tanto a volantes. Está mais numa fase musical. Pianos com ritmos, batidas...Música ! Ele quer é fazer música. Acabou uma carreira de piloto, mesmo antes de começar...
  • Deliciosos 3 aninhos...quase!

Este fim de semana começo a fazer algumas comprinhas de Natal e vou encomendar coisas giras daqui.



P.S: Amiga Lobita- Reconheces ? Um beijo enorme e obrigado.



terça-feira, novembro 13, 2007

Uma agenda preenchida

As actividades do JP, enchem o seu dia. Curiosamente ele adora-as.

Muitas vezes o meu coração receoso de mãe temeu que com uma agenda tão preenchida, ele não conseguisse ser criança e estar tranquilo.

Felizmente consegue. É um menino que adora as suas actividades e quando sabe, por exemplo, que não vai à comunicação aumentativa fica muito desapontado. Eu diria que ele até é mais feliz com elas.

Computadores, piscina, cavalos...são palavras mágicas para ele. E assim é tudo bem mais fácil, para todos.
Aos fins de semana temos encontros com amigos e/ou espectáculos infantis.
Sobram apenas algumas horas para descansarmos juntos e fazêmo-lo...e ainda lemos histórias , brincamos e as gargalhadas ecoam na nossa casa...(bem as birras também, mas agora bastante mais controladas)
Agradeço a Deus a boa-disposição que consigo manter e a magia de fazer desaparecer todas as preocupações quando estou junto do JP.

sexta-feira, novembro 09, 2007

São Martinho !

Hoje na escola do JP houve almoço com acompanhamento de castanhas .
Sala decorada de castanho.
E Assador de castanhas para o fim do dia...


Mais um fim de semana à porta.
Mais aniversários,
mais festas...
Parece-me vir a ser um bom fim de semana.
Carregado de castanhas e festinhas...

terça-feira, novembro 06, 2007

A força que aprendemos a ter

Actualmente sei que quando tenho um dia mau...é só aquele dia. Já me conheço o suficiente para saber que a minha capacidade de dar a volta e de encaixe, está muito treinada...para aguentar os golpes. Mas eles ainda aparecem por vezes.
Ontem tive reunião na Calouste Gulbenkian, entre a equipa de comunicação aumentativa, a terapeuta da fala e a professora da intervenção precoce do JP. Sempre me revoltei com gente que nem está disposta a tentar. Como se pode desistir antes mesmo de tentar?
O JP quando foi avaliado na Calouste Gulbenkian aos 17 meses, disseram-me que ele não era rápido suficiente para usar os braços e mãos, mas eu disse que talvez com o treino melhorasse...Pois agora estão inclinadas para o uso de uma grelha de teclado, onde as mãos são ainda mais solicitadas.
Só porque o meu menino chorou numa consulta inteira, quando tinha 1 mês de idade, já estavam preocupados com o seu potencial cognitivo. Felizmente essa pessoa já percebeu que estava enganada (embora que certezas só quando entrar para a escola...)
Mas continua a afectar-me esta forma de encarar as coisas. Felizmente não é a minha.

Tenho a sorte de ter um marido excepcional que pensa exactamente como eu. Que me dá a maior força. Tenho a sorte de ter amigos. Que me dão tanta força ! Tenho a sorte de ter um filho maravilhoso, que com todos os seus problemas, foi a melhor coisa que aconteceu na vida desta família.

Felizmente hoje é outro dia e "a sova" não deixou sequelas...só vontade de ser ainda mais teimosa.

segunda-feira, novembro 05, 2007

A crescer

Fim de semana deliciosamente descontraído. No feriado, almoço e passeio no Parque das Nações. Um dia lindo, solarengo e ainda usando roupinhas de verão...pouco típico dos Novembros.

No fim de semana, as actividades normais...cavalos, piscina, histórias lidas pela mãe e muita brincadeira a três.
O JP mostra ter um sentido de humor contagiante. Gosta imenso de ver gente aos "socos" (dos de brincadeira, julgo eu), por vezes também troca os nomes dos animais só para me ver "baralhada"...e começa a rir que nem um perdido...

Esta semana ficaremos sem a nossa querida fisioterapeuta que irá ficar de baixa por 2 meses. Vamos arranjar substituta aqui perto de casa, para não ficar esse tempo à boa-vida, mas as burocracias são sempre tantas , que receio que a "nossa" volte e ainda estaremos à procura!

O meu JP está numa fase "doce" como nunca. Faz festinhas à mãe, lança olhares de paixão. Gosta de ter alguns momentos só seus. Na hora da história, pai...nem vê-lo !
Meninos a meninas candidatas a serem seus amigos têm o denominador comum: vivos , muito alegres e traquinas.
Se roçar ligeiramente a hiperactividade, então têm no JP um fã !

O JP reflecte sobre as opções....e já colabora mesmo no que não lhe apetece muito.

Acho que está a ficar um crescido.