domingo, dezembro 30, 2007

As nossas festas

Este mês de Dezembro foi intenso e muito exigente. Depois de todo o frenesim vieram as desejadas férias e por aqui instalou-se um estado de preguiça avassaladora.

Toda a família foi ao Circo. O JP mais uma vez absorveu tudo com grande atenção e adorou os palhaços.
Na noite da consoada tivemos a visita do Pai Natal que entrou pelo terraço e nos autorizou a abrir as prendas, porque nos portámos bem este ano. Foi uma noite alegre e com muitas crianças.
O JP gostou bastante de ver o Pai Natal e até lhe arrancou um bocadinho da barba. A sua consciência dos acontecimentos é já muito diferente, mas muito engraçada.
As boas prendas, são na sua perspectiva, as que têm maior volume.
Gosta de abrir não só as suas como as dos outros.
O sentimento de posse - vulgo "É meu!" assume proporções assustadoras.
Mas continua simpático e desejoso de agradar como habitualmente.
Aproxima-se agora um ano novo. Não traço metas, nem persigo sonhos como fazia noutros tempos. Apenas desejo para mim e para todos os que amo:
Muita saúde e a graça de Deus.
Seguirei a fórmula dos anos anteriores: Acreditar e viver cada dia tão intensamente quanto possível.
Feliz 2008!

segunda-feira, dezembro 17, 2007

Desporto adaptado no Natal

Um fim de semana cheio de psicomotricidade e principalmente muita brincadeira. O JP andou de terapeuta em terapeuta com enorme à-vontade, cheio de boa-disposição. No fim desta intensa estimulação ficou muito cansadinho...
Gostámos muito desta iniciativa, que se destinava a todos os meninos, com ou sem necessidades especiais.


Os papás aproveitaram para pôr a conversa em dia com a familia Serrano que esteve lá em peso e como habitualmente, cheia de energia ! O meu JP era o mais novinho e foi muito cobiçado !!!
Graças a ti, meu querido JP, conhecemos estas iniciativas tão saudáveis, fisica e psicológicamente!

"Celebrar as diferenças individuais "

sexta-feira, dezembro 14, 2007

Sem sentido

Quando acho que esta correria não faz sentido...
Quando sei que esta vida não é a que quero levar
Quando vejo o tempo passar diante mim
sem o conseguir agarrar...
Sem conseguir estar convosco como gostaria
Só os vossos sorrisos me animam... e me dizem que afinal tudo vale a pena.
Esses momentos são tão pequenos....
Ainda bem que hoje é sexta-feira !

Está feita a "àa-vooo-eee"

Este ano fizemos as decorações muito tarde...mas finalmente já nos estamos a aprontar para o Natal !

Esta é a "Áa-voo-ee" do JP e da familia.
Sinto-me de coração cheio.
O meu pequenino vibra tanto com todas estas coisinhas e nós vibramos com ele !

segunda-feira, dezembro 10, 2007

Sem parar - Parte II

Fim de semana em grande: Espectáculo do Noddy e baptizado do primo do JP.

Assim continuamos cheios de actividades.

No Fim de semana que vem temos desporto e brincadeira adaptados. Já nos inscrevemos aqui.


Sabemos que vamos gostar.



Só vai dar para descansar para o ano !!!

sexta-feira, dezembro 07, 2007

Sem parar - Neuropediatria e Desenvolvimento

Ainda no rescaldo das festas, fomos ouvir contar esta história- Quiquiriqui. O JP é mesmo um miúdo com sentido de humor e também de muito apetite...
Fartou-se de rir. Já conhecia a história e tive receio que se assustasse com a personagem do gato, visto que mostrava um bocadinho de medo em casa, quando lhe contava a história. Afinal não teve medo nenhum e achou uma graça enorme a tudo. No fim, quis repetir a dose de bolo e dividir (que tinha a ver com a moral da história) foi muito difícil para ele....gostámos muito e voltaremos para ver outras histórias.
Na quinta, dia 6 de Dezembro tivemos consulta de desenvolvimento e neuropediatria. Nada de especial a acrescentar. A consulta do desenvolvimento foi abreviada por necessidades fisiológicas do JP. Queríamos mostrar que sabiamos as cores todas, desde o castanho ao violeta, etc...mas a Dra já tinha verificado isso na consulta dos 2 anos e meio e nem insistiu. A consulta foi mesmo bastante simples, limitou-se a fazer perguntas ao JP, verificar que ele respondia que sim e que não, que sabia e entendia o que ela lhe perguntava...
Pronuncia 2 dúzias de palavras diferentes a pedido e uma ou duas interrogações. Sabe muitas mais, mas ainda lhe é dificil articular...
O que mostrou ficou áquem do que ele sabe, mas acho que provavelmente aos 3 anos a nível cognitivo, sem oralidade, talvez só interesse verificar estas coisas bastante simples. Fiquei sem tirar a dúvida, mas o JP só pensava mesmo em fazer algo que ninguém podia fazer por ele....e não tivemos a hipótese de aprofundar muito mais.
Seguiu-se a neuropediatria. Observações silenciosas. Perguntas da minha parte. Nunca sobre prognósticos.
Sem tempo para fazer visitas, vou registando aqui estes pequeninos acontecimentos...

domingo, dezembro 02, 2007

A Festa dos teus 3 anos


Correu tudo bem. Para o ano haverá com certeza mais.
Tirando alguns amiguinhos doentes, a família esteve em força, primos, primas e também amigos. Estiveram lá muitas pessoas realmente importantes, para nós.
A animação foi muito gira. A história da Maria Coração arrancou-te valentes gargalhadas. As pinturas eram tão giras, mas foste o único que teimou em não ser pintado!
Sobre os presentes já mostras clara preferência...e preferes brinquedos, claro (como se tivesses poucos!)
Algumas pessoas muito especiais e com bastante sacrifício vieram mostrar o quanto se importam connosco. E nós sentimo-nos especiais. Muito.
Quem não esteve presente deu-nos um miminho fantástico de ligar a dar os Parabéns.
Quando chegou a hora de soprar as velinhas estavas eufórico. O teu bolo Ruca feito pelas nossas amigas Célia e Ana, estava tão giro que custou desmanchá-lo...
Na 2ª f ainda comemorarás na escolinha com os teus coleguinhas !
Mas de coração cheio, já suspiramos de alívio.

sábado, dezembro 01, 2007

3 Anos de muita emoção

Parabéns meu filho, meu amor e lutador.
A tua alegria ilumina cada dia meu.
As lágrimas vêem-me aos olhos só de pensar nestes lindos 3 aninhos.
Foram 3 anos que nunca mais se repetirão.
Estão para trás de nós e já tenho saudades.
Por outro lado estás cada dia mais encantador.
E só quero aproveitar cada dia teu,intensamente, junto de ti e do teu papá.
Que tenhas um ano inteiro de felicidade e muitas descobertas.
Que te sintas muito querido , amado e desejado, como o és realmente.

Amo-te.