domingo, fevereiro 27, 2011

A visita de estudo

Mais uma visita de estudo (desta vez menos protegido)...e o meu coração de mãe - galinha dispara completamente. 
Ida ao Mosteiro dos Jerónimos e Pic nic no parque da Serafina em Monsanto.
Para começar deixei as sandes no meu carro !!! Lá mandei uma mensagem para lhe comprarem o almoço.
Depois todo o dia no mesmo...
Está bem ? Estará feliz ? Conseguirá pedir para ir à casa de banho ? Obstáculos ? Com quem brincará ? 

Não sou muito diferente de tantas e tantas outras mães, mas sempre tenho a mania que por ele ser tão especial, que sinto de maneira mais intensa. 

No fim do dia, aquele brilho nos olhos e aquele corpinho cansado disseram-me que ele teve um dia em grande e relaxei...

O próximo ano escolar

Já está a ser preparado.  Avizinham-se novas batalhas...mas cá estamos nós preparados para as enfrentar.

Já toda a gente conhece o JP e as suas capacidades. Todos estão motivados para que nada lhe falte para que tenha sucesso e até já se tem uma ideia de quem possa ser a sua professora do ensino básico...
Agora temos de garantir que nada lhe falte. 
Vai ficar desligado da unidade onde está presentemente. Acompanhará sempre a 100 % a sua turma. 
Assim o ministério da educação cumpra com a sua parte. Nós todos os dias trabalhamos muito e cumprimos com a nossa. 

quarta-feira, fevereiro 16, 2011

A vida a brincar

A fase da fantasia está para durar. Ainda bem, porque é tão divertida. Hoje fomos ao Garcia da Orta para tirar novos moldes para as talas para os pés. E logo o JP aproveitou para dizer que a sua filha está doente, com muitos vómitos, precisava de ir de ambulância com a máxima urgência...chamou ele próprio o 112 usando o computador (o GRID permite fazer chamadas, aceder ao mail e internet e até enviar SMSs. Ainda não está activo, mas para ele não interessa nada, porque ele vai lá telefonar em faz de conta) e assim fomos todos ao hospital logo pela manhã.
Quando lá chegou, com a filhota no colo e mais os filhotes gémeos.  Foi recebido em grande festa pelas recepcionistas que já o conhecem. Foram elas que lhe arranjaram o vestido cor de rosa da boneca dele. Em minutos, duas meninas estavam de volta dele, a dar-lhe a mão e a brincar com a filhota dele...e ele encantado, brincando e rindo como se as conhecesse desde sempre. 
E voltámos com a filha curada (nem tanta sorte nos moldes) e com uma enorme boa-disposição. 

As actividades de escrita continuam em grande força. E com tanto para relatar, é dar gás a este escritor em potência.


domingo, fevereiro 13, 2011

Intuição


Se tivesse de eleger uma capacidade para me guiar no mundo, eu escolheria a intuição.
Sempre tentei ser uma pessoa informada sobre o mundo, na minha profissão, na educação do JP e um pouco de todos os assuntos em geral. Mas tanta coisa se lê e ouve.
Muitas coisas fazem sentido e algumas contradizem-se. No meio de tanta informação eu perco-me. Nada é certo, nada faz tanto sentido assim, até porque cada situação é única. 

E às vezes é tão simples termos a certeza de que caminho escolher. Parar, respirar....olhar nos olhos....sentir....optar.
E sabe bem olhar para trás e ficar em paz com as nossas opções.

"Quando diante de ti se abrirem muitos caminhos e não souberes qual percorrer, não te metas num qualquer ao acaso: senta-te e espera. Respira com a confiante profundidade com que respiraste no dia em que vieste ao mundo, sem permitir que nada te distraia: espera e continua a esperar. Fica quieta, em silêncio, e ouve o teu coração. E quando ele te falar, levanta-te e vai aonde ele te levar" - Susanna Tamaro, vai aonde te leva o coração.

quinta-feira, fevereiro 10, 2011

6 anos

Depois dos 5 anos e meio, notei efectivamente muitas diferenças no JP. Mais adulto, tranquilo...
Se aos 5 não era capaz de o imaginar a entrar no 1º ciclo, neste momento acho que já lá poderia estar.
Como mãe continuo cada vez mais apaixonada. Se antes achava que nesta idade perdia-se parte do encanto, agora sei que se ganham muitos outros.
No outro dia começou uma conversa comigo, usando o computador. Perguntou-me se andava triste. O meu coraçãozinho se estivesse desanimado, rapidamente se animaria, porque não é possível estar triste perto dele.
Pondo de lado os sentimentos de mãe, eu sei e conheço o filho que tenho. Não é diferente daquilo que sempre imaginei. É um miúdo muito esperto, muito atento e inteligente, mas com um feitio nem sempre fácil ou simpático. Já foi mais sorridente. Agora está mais crescidote e sério. Em meio escolar, nem sempre a teimosia e determinação ganham fãs. Obviamente um dos meus objectivos da frequência de este ano do pré-escolar é de que apreenda muitas das regras de convivência e que saiba comportar-se adequadamente. Eu sei que ele até as conhece, mas é impaciente e tenta levar a sua ideia avante. Vai acabar por entender que tem de arranjar um meio -termo.
Algo que se evidencia mais do que nunca é o seu humor. Ri-se com gente bem-disposta e gosta de amigos animados. Tenho ideia de ele gostar de pôr a turma inteira a rir. Todas as noites me pede para escrever as novidades e quer sempre pôr uma de fantasia...
A fantasia tem a ver com a sua suposta família. Uma filha que já teve bebés (são gémeos), ele já é avô e todos os dias inventa coisas para contar sobre eles. É nesta parte que todos se riem. E eu pergunto-lhe se os meninos não se riem dele por causa destas coisas. Ele diz-me que sim...mas acho que é essa a intenção porque sempre insiste em levar mais novidades de fantasia. Temos um palhacito !
A sua capacidade de escrita aumenta dia para dia. No outro dia escreveu-me de uma só vez todas as palavras que se lembrou sem pedir ajuda ou ir ver como se escreve. Contei mais de 30. Mas sei que são muitas mais.
Assim de repente e para que fique registado: Mãe, Pai, avô, rua, carro, gémeos, filha, Rosa, Rita, Cristina, Sofia, Paula, sala, cozinha, casa de banho, quarto, janela, escola, ajudar, casa, ver, gato, cão, Clara, cavalo, fogão, Benfica (claro, eheh) e mais algumas que infelizmente não conseguimos imprimir.
Já escreve muitas frases, do tipo: João é avô dos gémeos. ou "Benfica é campeão"
E se assim continuar, não tarda está a escrever um livro.

As suas actividades continuam. Mas está tudo mais tranquilo para mim. Faz a natação com a turma e tem corrido bem. Ao sábado vai à mesma piscina municipal que durante a semana. É muito quentinha, confortável , perto de casa e muito económica. São cerca de 6 euros/mês por óptimo serviço !
Os cavalos continuam 2 vezes por semana. Ele adora, principalmente ao sábado que pode vaguear pela quinta toda.
Continua com 4 horas de fisioterapia semanal.
E ainda tem terapia da fala e psicomotricidade na escolinha. É uma vida preenchida. Mas ele tem-se adaptado bem ao ritmo e sempre sobra muito tempo para brincar.

A vontade de manter estes registos do meu filhote, continua de pé, mas tenho por vezes sentimentos controversos sobre isto. Seja como fôr, por ora é para manter. Há muita gente que nos segue desde o início com muito carinho e foram criados imensos laços virtuais, mas também reais. Por aqui andamos a contar parte das nossas lutas diárias. Só parte, porque todos os dias aparecem muitos obstáculos. Nem imaginam...
Mas nós derrubamos todos, porque a nossa vontade e amor são muito fortes !


Deixo-vos uma sugestão de leitura, um post uma mamã de quadrigémeos, sendo um deles muito especial. Reflictam.