quinta-feira, fevereiro 28, 2013

Uns dias mais azuis e outros mais cinzentos

Assim são a cor dos olhos do meu Rafael. Uns dias mais azuis e outros mais cinzentos mas sempre com um enorme sorriso nos lábios.
São parecidos ao tempo e aos olhos do avô materno.



Por vezes, cá em casa, brincamos e dizemos que sai ao padeiro.

Com a mesma a idade tinha um JP mais moreno e mais desdentado mas muito mais cabeludo. Mas o mesmo sorriso nos lábios.
Todos diziam que era a cara do pai, mas hoje dá muito mais ares à mamã...

São os meus tesouros. Gosto de os sentir sempre felizes.
E (por enquanto) acho que são...



terça-feira, fevereiro 26, 2013

Novidades !

Tem sido tempos muito ocupados, com imenso trabalho, agravado com um pequeno terrorista em casa e tem sido complicado actualizar o blogue.


Pelo meio o JP andou 2 vezes doente, mas felizmente conseguiu melhorar sem a terceira toma do ano de antibiótico.
Mas de hoje em diante vou contando aos poucos as novidades para trás e depois já custa menos.
Adoro registar tudo sobre eles e vou continuar a fazê-lo.

O meu Rafael fez 1 aninho no dia 2 de Fevereiro e teve direito a uma festa catita. Andou, andou andou. Não dormiu mas esteve sempre bem-disposto. 
Correu tudo bem e chegou à noite exausto.

A seguir veio o Carnaval e tive um Rei muito querido (JP) e um Gatinho (Rafa).

Sem combinar nada, a namoradinha do JP foi de Princesa e no desfile das escolas aqui do Seixal, foi uma grande ternura vê-los, sempre em sintonia.




O Rafinha deixa-me exausta. Já não tem nada a ver com aquele bebé tão tranquilo e bem-disposto. É um sociável, gozão mas também um pouco envergonhado e muito terrorista. Mexe em tudo. Já passeia na rua e salta no parque. Sobe e desce de cadeiras. Odeia vestir e despir roupa.
O mano anda deliciado e ri-se quando faz uma traquinice daquelas de me deixar com os cabelos em pé. 
O gato cá de casa anda desesperado. 
Desde ataques à comida, e à água, ao agarrar o "rabo"....mas estamos a ensinar a respeitá-lo e estamos "quase" lá.

O JP adora fazer contas de cabeça com as matrículas e é a sua nova mania. É muito rápido.  Já não quer passar o fim de semana com a avó, porque tem muitas saudades do mano. Adora escrever mails para alguma família e para amigos. E é uma delícia espreitá-los.
Na escola continua tudo aparentemente bem.  
O meu trabalho continua. Poderia ficar assim uns dois ou três anos. Ando tranquila, perto dos meus meninos, com flexibilidade de horários e com imensa produtividade. Mas tudo o que é bom acaba depressa. Por isso, mais uns meses e fecha a torneira. A vida continua...
E tento prometer para mim mesma não deixar de escrever aqui.