terça-feira, setembro 03, 2013

Todos precisamos de um pilar

Faz hoje 13 anos que casei. 
Conhecemo-nos há 22 mas faz 13 anos que tivemos as condições para dar o passo e construir uma vida juntos. 

Fomos terrivelmente despreocupados nos primeiros anos de casamento e recordo como parte dos melhores tempos da minha vida.
Depois veio a avalache JP. As emoções fortes, a vida real, na sua faceta mais bonita mas também dura.
Mas estivemos sempre unidos e conservámos o nosso espaço e tempo para a relação. 
Felizmente conseguíamos e isso foi bom.
No entanto dedicámo-mo-nos incrivelmente ao JP e à sua recuperação. 
Seguimos o nosso coração e nem ligávamos quando nos diziam que devíamos ter outro. 
Por vezes diziam de forma ofensiva. 
Como se o JP tivesse vindo "estragado" e não nos desse alegrias. Mas não era verdade e estávamos bem. 

Surgiu o Rafael na fase certa. 
O meu coração estava receptivo e sentia que me poderia dedicar a outro ser. 
E veio mais um sol para a nossa casa. Trouxe um pouco da normalidade do dia a dia, equilibrou-me e mostrou-me que havia um mundo além do JP.
Para o JP teria sido fantástico se tivesse surgido mais cedo e ter-lhe-ia feito muito bem.
Mas para nós, nem por isso.
Agora sim, é mais difícil arranjar o "nosso" tempo e as nossas saídas a dois. 
Mas sabemos que são fases. Aproveitamos cada uma. 

A nossa vida não tem sido um mar de rosas.
Construir e manter uma relação com tantas dificuldades é um desafio por vezes. 
Mas tem havido muita vontade e amor. 

Felizmente comemoramos mais um ano juntos e espero que venham pelo menos outros 13 melhores ainda do que estes.

Por muita força que tenhamos, todos precisamos de um pilar. Ele tem sido o meu.