domingo, janeiro 04, 2015

A realidade de uma criança que nunca andou...


Está descrito na psicologia todas as fases que os pais de crianças especiais atravessam.

Elas não são regra, nem são estanques entre umas e outras. 

A verdade é que a aceitação sempre esteve mais ou menos presente mas tudo fazia para a mudar a realidade que tinha, por isso não era obviamente genuína.
Sonhei tanto vir a ter um menino que andaria, com dificuldades mas que seria "autónomo". 
Para lhe dar mais hipóteses de não ter tantas limitações.
Isso não vai acontecer.
Eu só tenho de dar graças pelo que tenho. Um menino de sorriso maravilhoso. 
Que apesar de todas as dificuldades, consegue se expressar, consegue aprender. 
Um menino que tem um grande coração. Sabe amar e adora ser amado. 
Ele anda feliz. A felicidade para ele não é andar pelas perninhas dele. 
É ter esta cadeira e poder andar todos os dias nela. 

Eu de o ver feliz, só tenho de pensar que isto tem de me bastar para estar feliz. Complicar para quê ?




sexta-feira, janeiro 02, 2015

Já chegou o Ferrari

Mesmo na véspera de Natal. Só a viu à meia-noite. A melhor de todas as surpresas do mundo para ele


Anda a aprender a conduzir e está feliz como nunca o vi.
A cadeira tem teclado para comunicação aumentativa, mas ainda estamos a aprender a programar e a adaptar a vida diária com esta máquina que lhe dá uma sensação de controlo do mundo e bem-estar. O pequenote aproveita os treinos para andar de bicicleta - daquelas sem pedais e também já se está a tornar um especialista ! Fazem corridas no nosso parqueamento :)
Foi uma excelente maneira de começar o novo ano, será com toda a certeza uma fonte de motivação para todos.