sexta-feira, agosto 17, 2007

Só os parvos não mudam de opinião !!!

Respondeu um conceituado politico Português, confrontado com grandes incongruências no discurso antes e após eleições...

E assim estou eu. Se nesta altura , tinha vontade de não me chatear muito, agora estou mesmo disposta a ser teimosa...talvez por ser casada e naturalmente influenciada por um jornalista, que por regra são também muito teimosos...ou talvez só, porque amadureci a ideia. Tenho sempre de ver o que é melhor para o meu filho e será por isso que lutarei, desde que seja evidente que ninguém sairá prejudicado. Felizmente, não ainda não sofri na pele qualquer discriminação, e ainda tenho esperança de não vir a ter situações incómodas, mas como sei que a ignorância existe ...já as espero, ajudo , luto e denuncio!
Sem dramas. Nesta vida, temos mesmo de ir à luta pelo que queremos. E estes casos deixam-me tão revoltada. Mas porque continuo a ficar surpreendida ? Em pleno Século XXI. A Europa ainda precisa destas campanhas.

Ainda teremos muito que evoluir.

9 comentários:

SophiadeJesus disse...

Oi! Sou a Ana também sou mãe, e gostei muito do seu espaço. é bom ler conteudo, profundidade e verdade. Um abraço

O Profeta disse...

Sem asas o pássaro fica preso
À terra prenhe e fria, a nostalgia
Sonhas com anjos negros no azul
Voando ao fim do dia


Profético beijo

Mikas disse...

Infelizmente, os olhos do preconceito ainda estão muito presentes no nosso 'mundo'.
Muita força e um grande beijinho.

(e sim, os jornalistas são teimosos. como futura jornalista orgulho-me disso =))

Anónimo disse...

Olá Grilinha...

Cada vez me apaixono mais pelo teu blog... Pela tua história... Pela vossa luta... Pelo teu filho, se mo permites.

Mais sabendo que és amiga da minha querida amiga cláudia, amiga que tanto aprecio!

Querida, li o teu comentário no meu blog (adicionei-te mal comentei o teu, pois o meu blog é de acesso restrito) e peço desculpa por ainda n ter enviado o mail. Acontece que entrei de férias por uns dias e só hoje actualizarei "assuntos" pendentes. Enviar-te-ei o meu mail com todo o gosto.

Qto ao tema do teu actual post... Mais uma vez saio daqui blindada por uma inércia por quase nada poder fazer... Se o mundo soubesse quão rico é viver na e com a diferença, diferença esta que reside unicamente na igualdade entre todos... Para mim, aceitar a diferença é um sonho de igualdade na humanidade. Seria tão bom que todos fossemos iguais nesse aspecto: no aceitar diferenças. O ser humano é tão, mas tão controverso que nem a igualdade aceita... Qto mais a diferença... conheces alguém que queira ser igual a alguém? As pessoas nunca querem a diferença. Mas tb nunca querem ser iguais. Querem ser sempre melhores...
E estaria aqui a opinar sobre isto horas e horas...
Travo esta luta por um aluno... Amo este meu aluno... Tanto, tanto. Será sempre o meu aluno diferente! Diferente sabes porquê? Porque ele é o melhor de todos! E os pais dele também!:) E lá estou eu a cair na tentação do ser humano: querer ser sempre melhor! e é lutando por alguma igualdade, que asseguro a diferença daquele aluno tão espectacular! E orgulho-me em dizer que é o melhor de todos! Porque se vê sozinho num dia-a-dia tão ineficaz, por vezes. Mas no dia seguinte, levanta-se e lá vai ele! é ou não é melhor que todos? É melhor porque é diferente, ou porque os outros é que são todos iguais?

Querida, fazes bem arriscar nessa luta interior q te apoquenta... Se o menino está lá bem, que fique. Estando mal, um dia, verão elas como será diferente ele não estar com elas. Para pior, desejo eu.

Mil mimos e toda a força!

Logo escrevo!

teresapintor (portal junior)

Edokas/Beatriz disse...

Olá!
Também gostei muito de te conhecer de facto não deu para falarmos muito, mas haverão outras oportunidades, pois fiquei "apaixonada" pelo Pedro ele é lindo. Qualquer das formas irei acompanhar o teu cantinho, para poder estar a par das V/ noticias
Beijinhos para voçês

sorrisos da minha alma disse...

O mundo não sabe viver com as diferenças...
Um beijo grande em ti

sil disse...

Eu ainda quero pensar que diferentes são aqueles que discriminam pessoas...Esses sim são os tais, os diferentes...
Eu ainda quero acreditar, que esses, os que eu chamo de diferentes estão, cada vez mais, em minoria...
Pelo menos é esse o mundo que eu quero, pelo menos é esse o mundo que nós tentamos que seja...
Bjos
Sil

Grilinha disse...

Bom ponto de vista Sil..Realmente esse tem sido o meu ponto de vista...mas começo às vezes a questionar-me se será mesmo assim...

Sorrisos: Podemos sempre mudar..
como diz a Teresa, este é um mundo estranho, queremos ser iguais, mas não iguais ,iguais...queremos ser melhores.

Edokas/ Beatriz: Beijinho para vocês. Vou seguir-vos também com muito carinho.

Um grande beijoka

Mãezana disse...

É amiga..eu cada vez mais me questiono: que Mundo é este afinal que escolhemos para os nossos filhos???
Atormenta-me bastante...

beijinhos de volta e Força para a frente!