sexta-feira, dezembro 29, 2006

Fim do ano ! Missão de 2006 cumprida !

Ano novo...vida igual...com ligeiras alterações..
Vamos continuar o nosso árduo trabalho tal como temos feito até agora. Apostar mais na melhoria do tónus das pernocas, na continuação do ganho da força nas costas...disciplinando-nos por forma a seguir as rotinas religiosamente.
Gostaria de poder fazer pedidos ao meu menino...mas não faço...espero que ele encontre a melhor altura para me dar essas alegrias...
Que o ano seja para todos e para mim, pelo menos tão bom quanto foi 2006...mas se possível que haja mais novidades...que seja sempre repleto de alegrias e que se deixem de lado as incertezas que ainda pairam no ar...Quero que o meu menino se desenvolva bem. Quero que se sinta feliz. Quero toda a familia e amigos com saúde...
O que tanto tememos...não acontece só aos outros. Mas das coisas menos boas, conseguimos retirar tanta coisa positiva !!! Haja coragem, empreendedorismo, perseverança para levar a nossa água ao moinho...2004, 2005 e 2006 foram anos cheios de emoções fortes...cheios de sentimentos arrebatadores...algumas flutuações de humor. Queria agora um ano mais tranquilo...com muitas alegrias...a continuação de uma rotina que já está iniciada e bem assimilada por todos, recheada de novidades.
Hoje temos hipoterapia...o meu lindo adora cavalinhos!
Para vocês: Que 2007 seja o melhor dos aninhos e que tenham tudo o que desejam...

quarta-feira, dezembro 27, 2006

O nosso Natal


Este não foi mais um Natal... Foi um daqueles Natais que quero guardar na minha memória com todo o carinho...

No Sábado tivemos a 1ª ida ao circo do JP. Aguentou-se sem dormir a sesta e a tomar atenção a tudo.
No Domingo, fomos comprar "as couves" de manhã e o JP andou todo lampeiro no carrinho das compras aos gritinhos e gargalhadas. Aquele jogo de equilíbrio deixa-o todo contente ! À noite o Pai Natal chegou mais cedinho, pelas 23 h...(a lareira estava acesa, deve ter queimado o rabiosque !!!) e claro está, uma excitação sem igual. A mamã que sempre se recusou dar 40 e tal Euros por um boneco-grande Noddy teve uma surpresa: uma amiga da avó ofereceu-lho e foi sem dúvida a prenda de eleição do meu JP. Começou logo a dar beijinhos no Noddy-Gigante. Bem, agora pelo menos já não vai apoderar-se de Noddys alheios lá da escolinha, para dormir a sestinha com ele.
O almoço do dia de Natal é sempre passado com a familia
da parte da mamã. Estavam os meus manos, todos os sobrinhos , o meu pai e também a vovó do JP. Foi aí que a mamã recebeu a sua melhor prenda. O que eu já sabia por diversas fontes e até indirectamente por palavras do meu pai, confirmou-se: o vovô está derretido aos encantos do meu JP. "É muito bonzinho...faz muita companhia, é meiguinho...está sempre bem-disposto..é um prazer acompanhá-lo !!!" são pequeninos excertos da música que tocou nos meus ouvidos...Mesmo não reconhecendo o meu menino nalgumas dessas descrições, também sei que ele porta-se melhor com o vovô e adorei saber. O JP conseguiu !!! Conquistou naturalmente um coração muito calculista e até agora muito distante dos Netinhos...e foi de tal modo que se nota agora na voz do meu pai uma certa paixão. Natural?
Certamente....mas eu tinha muito receio que não se passasse assim.
Iremos vivenciar este espirito de decorações, luzinhas cintilantes, velas e histórias natalícias até dia dos Reis...depois...para o ano há mais !
-Obrigado JP por seres tão maravilhoso e contagiares toda a gente com a tua alegria e força de vontade ...O Natal é lindo contigo. Estou feliz e orgulhosa de ti...

quinta-feira, dezembro 21, 2006

"O teu menino está muito melhor"

Esta frase foi a prenda que recebi hoje da fisioterapeuta. Ela sem saber ofereceu-me uma prenda tão boa !!!
Ainda para mais numa altura em que os meus sentimentos são um pouco de culpa...devia ter largado tudo e ter vivido em função da recuperação mais rápida do meu menino? Irei me arrepender de não o ter feito ? Mas como pagaria as continhas?
Eis que ela me disse que ele está muito melhor, de tronco, de força nas costas...exceptuando as pernas, onde terá de usar talas para alongá-las enquanto dorme, mas nada que não se corrija.
E como a época é de frenesim e porque sei que poderei não ter tempo para visitar cada blog-amiga/o : UM FELIZ NATAL PARA TODOS !
Este foi o ano da descoberta da blogosesfera e as amizades aqui feitas têm sido muito enriquecedoras. Obrigado por me darem o vosso carinho , mesmo sem eu ter hipóteses de retribuir. Sinto-me BEM !

segunda-feira, dezembro 18, 2006

Prenda de Natal adiada

Fui visitar o meu menino nas suas aulinhas de Comunicação Aumentativa na APPC...apanhei-o em flagrante, feliz e contente, brincando com o computador. Como terá férias da APPC até 4 de Janeiro, trouxe o material para "treinar" com ele em casa. E que divertido que vai ser ! Com o computador ele monta sózinho puzzles, faz correspondências, diverte-se com os jogos. E que espertalhão está ! A tecnologia desenvolve-o muito cognitivamente, pois não precisa da minha ajuda para poder brincar...
Estamos em contagem decrescente para o Natal. O meu presente estava escolhido, mas acho que não o receberei...mas sendo o Natal quando o homem quiser, pode ser que o meu JP comece a palrar mesmo a sério um destes dias e eu receba o meu presente atrasado, mas nem por isso menos bem vindo...

quinta-feira, dezembro 14, 2006

Amar sem limites

Muito antes de pensar mandar vir a cegonha tinha uma ideia de um filho imaginado: Uma menina: fantástica, obediente, meiga, bem comportada, excelente aluna e pouco chorona...
Quando engravidei, sem saber ainda se era menino ou menina, passei subitamente a desejar muito que fosse um rapaz...um maroto !
Agora sei que ser mãe não é nada disso. Não interessa se é menino, menina...bem comportado, o melhor em tudo, o bom aluno, etc, etc...
Ser mãe é amar incondicionalmente, amar de uma forma pura e genuína...um amor que nos torna capaz de sacrificar tudo por alguém, que pode estar longe de ser o ideal de bom comportamento...o filho "perfeito"...mas que nos derrete e desarma com um olhar, que nos faz amar de uma forma tão arrebatadora e intensa que vivemos a vida muito mais plenamente e que nem desejaríamos que fosse diferente ...
P.S: Ainda faltam tantas assinaturas para o mínimo requerido. Divulguem a pais, irmãos, amigos. Vamos dar a nossa contribuição para um mundo mais justo?

segunda-feira, dezembro 11, 2006

Mundo de novidades e encanto

Tantas são as ocasiões e as coisas que encaramos como banais e certas no nosso previsível dia-a-dia...mas, hoje, na festa da escolinha, fiz como se fosse uma criança de 2 aninhos a tentar desvendar as tradições, as cantigas...os gorros, o Pai Natal, as prendas...a Festa. E sem nada saber, adorei. E foi assim mesmo que esteve o JP. A sorrir, a bater muitas palminhas...a vibrar com tudo. Se olharmos para a vida com esta perspectiva....nunca nos deixaremos de espantar e encantar.
Para mim o sorriso do meu filho é a mais bela das imagens...é o mais bonito que já vi. Toda a alegria se concentra, num aberto, contagiante e ternurento riso. E o que eu não faço para vê-lo !
A festa correu muito bem. Muitos papás e mamãs cumprimentaram o meu JP que é imbatível em popularidade naquele cantinho. Foi dos poucos que não quis o gorro na cabeça...teimou em não pô-lo...Mas tudo o resto, nos nossos olhinhos de 2 anos...foi simplesmente delicioso.

Celebrar o Natal

Chegou aquela época do ano que tanto me encantava em criança. E voltei a gostar por causa do JP. Só este fim de semana comecei com os preparativos em força. Não quis misturar os anos do meu amor pequenino com o Natal. E pretendo que assim seja, todos os anos.
Ele adora olhar para as luzes e enfeites de Natal. Adora ver o papel de embrulho, cheios de laçarotes....Sinto nele uma emoção resultante talvez da magia do frio, das lojas cheias de luzes, da nossa árvore cintilante....e os seus olhinhos observadores, irradiam entusiasmo. Gostaria que para o JP esta época do ano fosse sinónimo de ambiente enriquecedor, pleno de afectos e de mais proximidade com a família.
Hoje teremos a nossa primeira festa de Natal do Colégio. Obrigatório levar um barrete de Pai Natal. Lá estaremos. E com o barrete. E tenho tantos assuntos de trabalho para tratar...mas não faltarei. A escola do JP, as suas festas, são muito importantes para nós. Fazem parte dele. E ele é o que mais importa.

sexta-feira, dezembro 08, 2006

Juntos Novamente - Hidroterapia

O fim de semana comprido começou de forma deliciosa. Tinhamos prometido juntar a equipa novamente. E o prometido é devido. Tivemos uma aula experimental nas instalações da hidroterapia e piscina de bebés do Solinca do Colombo. A água estava deliciosa, sempre a 35 º, todas as condições para bebés e o principal: A nossa Ritinha. O JP estava cheio de saudades. Voltou como que por magia a fazer todas as coisas radicais e mais ainda...
A nossa empatia por ela é realmente grande e aliada assim a boas condições...é só a combinação perfeita para transformar as nossas manhãs de Fim de Semana, nos momentos mais divertidos da semana. Vamos aproveitar ao máximo estes 3 dias que se avizinham. Iremos fazer as decorações de Natal, fazer algumas compras, jantar entre amigos, brincar e se der...descansar...
Para quem ainda não assinou...não perca mais tempo: assine já

quarta-feira, dezembro 06, 2006

Petição pela Acessibilidade Electrónica Portuguesa


A comunicação não se faz no nada. Ver, ouvir e sentir são as chaves. Por isso, e porque este espaço é de partilha, não apenas de alguns, exponho publicamente o movimento de Petição pela Acessibilidade Electrónica Portuguesa. Para que todos possamos escrever e ler nos nossos blogues, como noutras situações de acesso à informação, independentemente das nossas características físicas.

LerParaVer
A MENINA QUE VIA COM AS MÃOS
HELEN KELLER NÃO COMPLETARA AINDA 2 ANOS DE IDADE QUANDO FOI ATINGIDA POR UMA DOENÇA QUE A DEIXOU CEGA E SURDA PARA TODA A VIDA. DURANTE ALGUNS ANOS, ELA FOI, SEGUNDO AS SUAS PRÓPRIAS PALAVRAS, "SELVAGEM E INDISCIPLINADA", EXPRIMINDO-SE COM VIOLÊNCIA.
MAS AOS 6 ANOS SURGIU NA SUA VIDA A PROFESSORA ANN SULLIVAN. UTILIZANDO O SENTIDO DO TACTO COMO ELO DE LIGAÇÃO ENTRE OS MUNDOS DE AMBAS E ESCREVENDO AS PALAVRAS NA MÃO DA PUPILA, A NOVA PROFESSORA TENTOU INSISTENTEMENTE DAR A ENTENDER A HELEN A RELAÇÃO ENTRE AS PALAVRAS E AQUILO QUE ELAS SIGNIFICAM.
O PONTO DE VIRAGEM DEU-SE COM A PALAVRA "ÁGUA": ENQUANTO A ÁGUA DE UMA BICA JORRAVA SOBRE UMA DAS MÃOS DA SUA ALUNA, ANN SULLIVAN ESCREVIA "ÁGUA" NA OUTRA. "MANTIVE-ME QUIETA, TODA A MINHA ATENÇÃO CONCENTRADA SOBRE O MOVIMENTO DOS SEUS DEDOS", RECORDA HELEN. "SUBITAMENTE, SENTI A EMOÇÃO DE UMA IDEIA QUE SE REPETIA - E ASSIM ME FOI REVELADO O MISTÉRIO DA LINGUAGEM." DESDE ESSE DIA, HELEN "VIU" O MUNDO DE OUTRA MANEIRA. O SENTIDO DO TACTO TORNOU-SE PARA ELA UMA ESPÉCIE DE VISÃO: "ÀS VEZES, É COMO SE A PRÓPRIA ESSÊNCIA DA MINHA CARNE FOSSE UMA MIRÍADE DE OLHOS A VER... NÃO POSSO DIZER SE VEMOS MELHOR COM AS MÃOS OU OS OLHOS: SEI APENAS QUE O MUNDO QUE VEJO COM AS MINHAS MÃOS É VIVO, COLORIDO GRATIFICANTE."
HELEN DESCOBRIU MANEIRAS ENGENHOSAS DE SENTIR AS IMAGENS E OS SONS: "POR VEZES, SE TIVER SORTE, COLOCO SUAVEMENTE A MÃO NUMA PEQUENA ÁRVORE E SINTO O FELIZ ESTREMECER DE UM PASSARINHO QUE CANTA." E POR MEIO DO TACTO, ELA CONSEGUIA "DETECTAR O RISO, A TRISTEZA E MUITAS OUTRAS EMOÇÕES OBVIAS. CONHEÇO AS MINHAS AMIGAS SÓ POR TOCAR-LHES AS FACES".
HELEN KELLER, SENTIA QUE O SILÊNCIO E A ESCURIDÃO EM QUE VIVIA LHE TINHAM ABERTO A PORTA PARA UM MUNDO DE SENSAÇÕES DE QUE AS PESSOAS MAIS "AFORTUNADAS" NUNCA SE APERCEBEM: "COM OS MEUS TRÊS GUIAS FIEIS, O TACTO, O OLFACTO E O PALADAR, FAÇO MUITAS EXCURSÕES ÁS ZONAS LIMITES DA CIDADE DA LUZ."

-
(leia-se: obrigado pela sua participação; é que comunicar é mesmo importante...)

O triunfo da vontade

"São pessoas como estas, que nos remetem para a nossa verdadeira dimensão, O Triunfo da Vontade. Aposto que não lhes vai ficar indiferente." Reportagem de Daniel Cruzeiro, Jornalista-Grande Reportagem (SIC)
É verdade sim, senhor Daniel Cruzeiro. Não fiquei. Por isso lhe tiro o chapéu e ainda mais a todos os exemplos de coragem que aparecem na reportagem. Quem não viu e quiser ver, espreite aqui...(se conseguir...)
Pelo que vejo o meu JP já traça a sua própria história de coragem e vontade... o bracinho direito que era o membro mais afectado, exercita-o agora a toda a hora...sem parar. Parece que de há 2 ou 3 meses para cá, como que "o descobriu" e anda eufórico...As crianças são mesmo fabulosas. Ao crescer apercebemo-nos das limitações que temos e não tentamos mais...desistimos. Mas as crianças ainda não sabem quais são as suas.
E ainda bem...porque ao desconhecerem as suas limitações , derrubam muitas delas.

terça-feira, dezembro 05, 2006

Época oficial de compras Natalícias

QUERO IR, QUERO IR
Porque não dirigir a fúria consumista desta época do ano, para uma iniciativa tão boa?
Agora difícil vai ser arranjar tempo para lá ir.

domingo, dezembro 03, 2006

Rescaldo das Festas

Sexta-feira, 1 de Dezembro, Feriado e dia de anos do JP, acordo com o som familiar do palrar do meu pequenino e pulo da cama, cheia de energia para receber ao almoço, familia e amigos que se juntaram a nós neste dia tão especial. E foi como imaginado. Pai, irmãos e sobrinhos, sogra, cunhada, Aninhas e Martim e as primas que cuidaram do meu lindo até aos 9 mesinhos, altura em que foi para a escolinha. O JP esteve rodeado das pessoas que o amam de verdade e para nós foi um dia para recordar com muito carinho. A vovó dormiu cá em casa nessa noite e na manhã seguinte fomos sem o JP, a um casamento muito molhado e acredito que abençoado, também. Mais comidinhas boas, mais docinhos, (Upssss,espero que não mais kgs???) mais convívio e as inevitáveis saudades do meu bebé...
Ouvi o maridão desejar ao noivo:"que sejas tão feliz como eu tenho sido..." (nem consigo comentar!)
Domingo: dia de relax a três...papá com dores nas costas...
Mamã meteu mãos à obra, neste caso, mãos nas costas do pai, com óleo e muita massagem...
JP a observar a cena, primeiro divertido, depois com beicinho...finalmente berraria de ciúmes, ou de vontade de ter a massagem dele antecipadamente. Desta vez conseguiu. Ganhou uma massagem extra e ficou feliz. O papá de beicinho, pelo menos até o JP ir para a caminha... :-)
E assim, acaba um fim de semana excelente e começa uma semana, como sempre cheia de actividades, mas felizmente mais curtinha.
Na foto de cima: O bolinho do Noddy do JP
Na foto em baixo : O JP ao colinho da Aninhas . Amiga que conheci através da blogoesfera, mas que já é como se fosse familia.

sexta-feira, dezembro 01, 2006

Parabéns meu amor: 2 anos

Foi há dois anos que chegaste para conhecer este mundo. Estavas zangado e só te acalmavas no meu colo. Precisavas de mim...eu não sabia ainda qual a minha capacidade para tomar conta de ti, porque me parecias tão exigente...Mas sabia que tentaria dar o meu melhor.
Estar contigo é o melhor dos presentes, cada dia. E foi fácil satisfazer as tuas exigências, pois quando se ama assim, tudo se torna simples.
Amo-te tanto quanto se pode amar alguém...

Ideia para prenda de Natal aqui - Lojas Sephora- 10 €:

quinta-feira, novembro 30, 2006

Há dois anos ...

Nem acredito que há 2 anos estava a entrar no hospital para ir ter o meu grilinho...O maroto fez-se difícil para nascer e acabou por nascer só no dia 1 de Dezembro às 00.45 h...
Não acredito, porque passou rápido demais...
- Amo-te agora filho, muito mais do que amava naquele dia...e menos do que te amarei amanhã...
E espero que os próximos 2 anos passem bem mais devagar, para que possamos apreciar melhor.
Hoje terás uma importante consulta : Neuropediatria + Desenvolvimento. Apresentarão um diagnóstico finalmente ? Seja o que fôr, estaremos muito confiantes. E SEMPRE DO TEU LADO, MEU FILHINHO QUERIDO...
Adenda Pós-consultas às 17.45 h: Não sei porque continuo a achar que nos vão dizer algo de importante...quando se limitam a olhar, a medir o Perimetro cefálico (que está bom...) e nem escrevem, nem dizem grande coisa. Ficámos a saber porque estavam lá médicos estagiários a aprender com o Neuropediatra, "vê-se bem que está a ser trabalhado, pois os problemas que apresenta numa consulta, vêm corrigidos na seguinte...porém vão surgindo outros".
O tónus das pernocas do JP que costumava ser muito bom, agora está aumentado...por isso vamos trabalhar mais nelas. De resto, é seguir com a nossa vida normal e deixar as sentenças de lado. Amanhã é o nosso dia e estamos a preparar tudo para que seja um dia muito feliz.

domingo, novembro 26, 2006

Fim de semana a rir


Este foi um fim de semana cheio de tarefas, mas a maioria ficou para cumprir. Algumas deixei propositadamente para trás para brincar e disfrutar do JP, que está deliciosamente brincalhão e divertido. A gargalhada dele, quase sempre nos contagia e ele sabendo disso, faz gracinhas, ri-se e fica a ver a nossa reacção. Passámos muito tempo juntos e os preparativos da festinha dos 2 anos, na próxima sexta-feira, ficaram para trás. Mas valeu a pena, pois passamos os 3, bons bocados a rir...
Quem nos segue por aqui sabe que a mudança de humor acontece , como de resto, em todos nós. Não sinto a pressão de estar aparentemente bem-disposta e de mostrar uma força que não é minha...
Sou mesmo é patéticamente optimista e dou sempre mais importância às
coisas positivas.
Tenho dias, mas cada vez mais, os difíceis esbatem-se naturalmente no tempo.
Algumas expectativas poderão deixar-me apreensiva, outras encaro com descontracção, mas tenho dentro de mim uma força sobre-humana que me permite lutar contra as contrariedades da vida...e essa força, chama-se AMOR...
Estou deliciada com a história do Rodrigo

sexta-feira, novembro 24, 2006

Degrau

A contrariedade não é uma pedra no seu caminho !
Depende de si transformá-la num degrau que lhe permita subir mais alto...

Franco Molinari
Digam lá que não é uma frase fantástica?
Um grande beijinho para quem teve coragem para comentar pela primeira vez....

quarta-feira, novembro 22, 2006

Uma História de Amor

Na nossa vida, todos temos problemas.
Eu costumo dizer: hoje disfruto melhor da essência da vida e tento não ver os problemas onde eles não existem.
Isso fará algumas pessoas pensarem que os seus problemas são de menor importância....claro que não! Eu própria estou hoje um pouco murchinha porque o meu menino tem dois molarezinhos a nascer e anda pouco activo, um pouco chochinho. Mesmo sabendo que são coisas biológicas e naturais, deixa-me triste pensar que o meu menino não está tão feliz como de costume...e para ser sincera mesmo, parte-me o coração, mas não é efectivamente um problema grave. Mas tem muita importância para mim, como os de outras pessoas têm também importância para elas...
Mas para alegrar um pouco mais o meu dia, fiquei a saber que aquela amiga com quem estive no Sábado passado, criou um blog. É o Rodrigo que relata os acontecimentos. Mais uma mamã especial na Blogoesfera cheia de força e com vontade de partilhar a sua história , que recuso-me a ver como triste, mas pelo contrário, olho-a com admiração e muita esperança. Benvinda Patricia, benvindo Rodrigo. O blog tem um nome lindo: UMA HISTÓRIA DE AMOR. Vou acompanhar-vos !
P.S: Na foto de cima é o JP na natação
Na foto debaixo é o Rodrigo (4 mesinhos), não é lindo ?

terça-feira, novembro 21, 2006

Gente Especial

Nunca me tinha acontecido fazer uma amizade por mail...até ao dia que me deram o dela. Nessa altura nem sabia que ela tinha um blog e fazia bolinhos maravilhosos. Só pensava que me iria dar informações sobre uns tratamentos para o JP nos E.U.A. Dos tratamentos ela sabia o mesmo que eu, porém descobrimos que morávamos pertinho uma da outra e combinámos um cafézinho. Na altura ela divulgava o blog da Maria e eu não resisti em escrever um mail e encomendar umas peçazitas. Fomos lanchar as três. Em comum: Três mães a quem a vida pregou uma partida e que já se conheciam de alguma conversa no skype. Deprimente ? Nem um pouco. Divertido.
Lutar e manter a boa disposição era um denominador comum. Hoje, o Tiago faz 3 anos. Parabéns para ele. Parabéns à Maria que é uma das melhores pessoas que conheci até hoje.
Gostámos muito do nosso fim de semana. No Domingo não deu para visitar o oceanário mas houve convívio com meninas e meninos bem dispostos, que espero poder vir a repetir, pois de tão bom que foi, soube a pouco. Fazendo minhas as suas doces palavras : Seis casais unidos...felizes... 5 "bebés" diferentes, cada um no seu estilo...todos especiais no coração dos seus papás !

sábado, novembro 18, 2006

A Coragem que nasce com o Amor

Conheci hoje uma mãe. Estava há algum tempo para arranjar uma horinha para a conhecer. Tem um menino de 4 meses com paralisia cerebral. E sabe-o porque o seu bebé esteve pelo menos 15 minutos para ser reanimado, por altura do parto. Ela fala de tudo, sem se deixar derrubar pela revolta da negligência, mas sim, com uma coragem de Mãe com M muito grande. Um poço de coragem. E SEI que ela e o seu filho lindo vão conseguir. Como é que sei? Sinto-o !
Como é lindo o seu pequerrucho...tive-o nos meus braços e senti muita energia. Tem qualquer coisa de especial. Sei que é um lutador e por isso acredito nele. E as crianças conseguem surpreender-nos tanto ! Ele também já começou a surpreender médicos e muita gente.
Todas as pessoas encaram a adversidade de forma muito diferente. Ela preparou toda a família para nunca esperar nada desta criança. Tudo o que vier é benvindo e uma benção!
Há por outro lado quem acredite que tudo vai ficar bem...e o positivismo atrai sempre muita coisa boa, não é?
Qual é a posição mais certa? Eu sinto que não estou numa nem noutra...estarei no meio?
Reflexões à parte, o que nos dá, a nós mamãs, esta coragem toda? Olhar para os nossos filhos. Tão simples quanto isso.

quinta-feira, novembro 16, 2006

Dia da Tolerância

Hoje é dia da Tolerância.
Lá no colégio do JP comemorava-se com lançamento de balões no espaço exterior e pediram aos pais para escrever algo sobre o assunto. A falta de tempo não me permitiu colaborar nessa iniciativa, com muita pena minha.
Mas consegui chegar perto do meu JP um pouco mais cedo do que o habitual e mais uma vez, ele não se encontrava na sala dele, mas sim com a D. Fernanda perto da árvore de Natal, rodeado de 3 ou 4 meninas...já fãs dele.
Na verdade, esta é uma situação muito comum. As meninas mais crescidas gostam de "cuidar" dele. Para elas ele é especial. É diferente, mas pela positiva. Rodeam-no de atenções. As mamãs de outros meninos também conhecem o meu JP e cumprimentam-no sempre muito afectuosamente. Ele é querido e muito bem aceite neste colégio. É uma escola inclusiva, onde respeitam os ritmos de desenvolvimento de cada criança e onde a tolerância e o respeito estão fortemente enraizados. O ambiente é saudável. É sem dúvida uma peça fundamental no bem estar do meu JP. E birras à parte...como anda bem disposto ! Gosta de "troçar" do papá...e de fazer "bluff" com a mamã...tudo em jeito de gozo. Fica expectante para ver a nossa reacção e depois desmancha-se a rir...
Adenda 1: Fiquei tão feliz por isto ! Coloquem o link nos vossos blogs, coloquem questões, comentem ou deêm o vosso testemunho.... Vamos participar neste espaço tão importante para pais de meninos especiais e não só.

segunda-feira, novembro 13, 2006

Sentado !

No passado Sábado, 11 de Novembro, o meu menino sentou-se pela primeira vez, à beira da piscina, sem necessitar de qualquer apoio... já tem o equilíbrio necessário para se sentar à beirinha da piscina, sem cair para o lado !
Ainda para mais no dia dos anos do Papá !
- JP, Tens umas surpresas melhores reservadas para o papá, do que para a mamã (Varicela, lembram-se?)...mas não importa. Faz mais assim, meu amor...
Mas nem tudo são boas notícias. O aventureiro e destemido JP, desde que mudou de terapeuta na piscina, voltou a ter medo de fazer as habilidades mais radicais...
Eu bem dizia que em equipe vencedora não se mexe...há pessoas mesmo especiais e talhadas para o que fazem...mas aguardemos com calma.
Olhem o meu peixinho debaixo de água...As mãos prontinhas a socorrê-lo ...são as minhas !!!

sexta-feira, novembro 10, 2006

Vício em computadores

Honestamente, nunca pensei que fosse escrever um post como este, tão cedo. O JP está viciado em computadores. Ainda não é blogueiro, mas pouco deve faltar, eh,eh...
Lá na APPC a comunicação aumentativa, que será para aprender, mesmo que venha a falar correctamente, é feita através do recurso ao Computador. A terapeuta da Diferenças também recorre a alguns programas informáticos...e para além disso, porque está na fase de imitação, vê o papá e a mamã a trabalhar (e não só) no PC por vezes. Não esquecendo que já entrámos há algum tempo na época oficial de birras, temos uma combinação bombástica e o meu menino mal entra em casa procura com os olhinhos o local onde a mamã deixa o portátil (esconder ou não levar, também não resulta e ainda é pior).
Qual Noddy, qual Ruca, quer é o PC !!! Tem um Portátil de brincar do Noddy, mas não lhe acha a mesma graça (gastamos fortunas nos brinquedos e depois preferem o real !!!)
Enfim, tem piada esta fixação...pior é quando decido que já chega e que temos de brincar com outras coisas, ir para a cama, etc...Temos birra da grossa !!! Céus... Custa tanto!!! Tenho tão pouco tempo para disfrutar dele e metade do tempo é gasto em choro e birras. Mantenho (só aparentemente, confesso) a calma e ele acaba por se acalmar também e ceder ao sono!
Vou deitar-me cansada, sem vontade de olhar para o PC , de blogar e a pensar se estas birras do meu menino serão normais. Será só connosco? Vi aqui, que isto anda por aí, tipo praga...mas digam que melhora, digam, p.f.....ou calem-se para sempre ! ;-)

segunda-feira, novembro 06, 2006

7 meses de Blog

Todos conhecem a velha máxima, para uns o copo está meio cheio, para outros está meio vazio ?
Pois eu devo ser das que tem o copo meio-cheio...estou sempre a ver evoluções, feliz pelas pequenas conquistas do meu JP...e hoje fui ler o 1º post...quando ele tinha ainda 16 meses, exactamente há 7 meses atrás.
Agora com 23 meses (faz 2 aninhos no próximo dia 1 de Dezembro)...Diferenças? Muitas...Mas acho que só eu noto...Continua a não gatinhar, não fica sentado muito tempo e mesmo assim tem de ter os bracinhos no chão...diz muitas palavras mas só se percebe uma dúzia...Ok, já está... despachei o negativo !!!
Positivo: Tem as costas mais fortes, tem muito mais equilíbrio, mexe mais os bracinhos, pega melhor nos objectos, entende tudo o que se lhe diz...pronuncia (mal) muitas palavras novas...
Identifica formas, as partes do corpo, sabe o que é igual, grande, pequeno, em cima, embaixo...é muito perspicaz ! Está obviamente muito atrasado ao nível motor, mas continuo sempre ao lado dele e a acreditar que evoluirá ainda muito e bem...Daqui por 7 meses estaremos por aqui (espero eu) para contar mais e boas novidades...

Ser criança outra vez

Ser mãe é ser criança novamente...brincar com prazer
Rir das pequenas coisas
Descobrir o mundo através de outros olhos
Mas é também ser a segurança
A tranquilidade de um porto seguro
É ser o mundo de alguém
E a sua família
A cada festa do meu menino desfaço-me em mil pedaços de ternura
Cada birra sua, é enfrentada com tranquilidade e amor
Filho: Quero ser o teu mundo. É uma honra tão grande...
Quero ensinar-te a disfrutar...a seres feliz. Oxalá seja bem sucedida...
Que bom que é sentir tudo isto !

sexta-feira, novembro 03, 2006

Mapa astrológico

Um desânimo abateu-se sobre mim. Não é dos piores...é desânimo por afinidade.
Quando temos amigos e pessoas de quem gostamos sofremos por eles. O caroço do peito da minha amiga (que tem a minha idade) , afinal é maligno...e apesar de saber que 90 % dos casos detectados precocemente são bem sucedidos, não consigo evitar de ficar assim...
Mas esta manhã recebi um mail da minha querida Aninhas, mãe do meu Sobrinho do coração, Martim. O mapa astrológico do JP. Quase todos nós temos curiosidade sobre o futuro. Eu não sou excepção. Mesmo não acreditando fielmente nestas coisas, há sempre um ou outro aspecto que impressiona pela veracidade:
Aqui vai um resumo do mapa astrológico do JP:
Ascendente em Virgem
Você acredita no trabalho, e se sente melhor quando está envolvido em algum projeto. Essa atitude se tornará mais intensa com o passar dos anos. (Que bom filho...vais ter ainda que trabalhar muito...mas vamos fazer que pareça divertido, ok?)

Sol em Sagitário
Você é uma pessoa que adora se divertir e jogar.
Você é alegre e positivo, e as pessoas gostarão de sua companhia. (Ai, se gosto !!!)

Sol na Casa Quatro
O calor e segurança de sua casa são muito importantes, pois precisa saber que tem um lugar no qual pode se refugiar. Seus pais são pessoas muito importantes na sua vida, e a atitude deles terá um impacto imenso sobre você. (Que responsabilidade !! Estamos aqui para dar o nosso melhor, sem medos !

Sol em Oposição ao Meio-do-Céu
Para você, é importante ter seu mundo pessoal, ou seja, sua casa, pais e família, em boas condições.
Você precisa mais de uma casa segura e estável do que a maioria das pessoas. Sem ela, sua auto-confiança e capacidade de ser independente serão muito prejudicadas.
A auto-estima é mais importante para você do que a estima dos outros. (Sais à tua mamã)

Lua em Caranguejo
Porque Caranguejo é o signo mais ligado à Lua, você poderá ser bastante forte e seguro emocionalmente.
Estar perto de sua mãe é especialmente importante, e você precisa de muito amor e afeição dela, assim como dos outros membros de sua família. Com o passar dos anos, desenvolverá a capacidade de dar o mesmo tipo de apoio às pessoas e cuidar dos necessitados.
Sentimentos são importantes para você.
Diante de críticas, você é facilmente magoado, não porque se sente fraco ou frágil, mas porque tem uma sensibilidade incomum aos sentimentos dos outros. (Já tinha reparado que és muito sensível....e oxalá que sim, que sejas sempre atento a quem precisa...)

Lua na Casa Onze
Você tem uma forte necessidade de amigos que lhe dêem apoio no que faz e que lhe façam sentir melhor consigo mesmo. (os amigos são muito importantes, tb penso assim...)

Vênus em Escorpião
Seus sentimentos são muito intensos; ou você gosta muito das pessoas ou absolutamente não gosta.
Somente os relacionamentos profundos significam algo para você. (a mamã e o papá são escorpiões...era só o que faltava mais cá em casa, um sentimental....e radical !!!)

Vênus na Casa Três
Você gosta de estar cercado de coisas belas e, mesmo quando jovem, poderá ter um grande interesse por arte, teatro ou literatura. (Pois, queres é andar cercado de borrachinhos...)

Enfim...fiquei um pouquinho mais animada com esta brincadeirinha e ainda bem, pois temos um fim de semana para aproveitar , mesmo aí à porta...e quando tiver um bocadinho faço uma visitinha pelos cantinhos amigos, que tenho andado muito ausente.

BOM FIM DE SEMANA!

segunda-feira, outubro 30, 2006

Mudasti !!!

Quando somos pais, mudamos inevitavelmente. Não mudamos a nossa essência, mas mudamos algumas atitudes e prioridades. Ficamos igualmente mais sensíveis...e com preocupações novas.
Mas a melhor que assisti nos últimos dias, foi a do meu amor grande, o maridão.
Cheguei a casa, jantámos cedo e eram 8 horas estavamos despachados os três e sentados no sofá da sala. Como já tinhamos visto as notícias enquanto jantávamos , sintonizamos no Canal Panda, que estava a dar os episódios do Noddy. Aquele episódio não tinhamos ainda visto, pois não está nos DVD do JP. O JP estava super-divertido...mas pelos vistos, não só ele !
Toca o telemóvel do meu marido, que atende contrariado e depois de perceber que o assunto não era urgente, diz para o amigo: " Depois falamos, tá? Agora estou a ver o Noddy" :-)

sábado, outubro 28, 2006

Hidroterapia

O meu menino começou muito cedo na piscina. Tinha 4 para 5 meses. No ínicio tinha medo...não só da água, como de tudo.
E foi assim até aos 7 mesinhos...até se ter cruzado na piscina com uma hidroterapeuta, pela qual sentiu uma enorme empatia. Pela primeira vez, descontraíu e divertiu-se a sério, nesta terapia que tem sido um pilar fundamental na sua evolução. Agora, passado um ano de a termos conhecido, sabemos que ele é outro menino...adora tudo que é radical, instabilidade, brincadeira...
Medos???? São coisa do passado.
A vocação da nossa Ritinha é pura, assim como a sua dedicação e ingenuidade. Lamentamos que deixe fazer parte da nossa equipe. Espero que seja muito bem tratada para onde vai...porque lá na nossa piscina, não foi. Não a perderemos de vista e esperamos brevemente voltar a fazer parte da mesma equipa novamente.

quarta-feira, outubro 25, 2006

Equipe Vencedora

Nas últimas semanas noto novamente uma evolução no JP. Não só motora, como psicológica. Mais força nas costinhas. Aguenta bem melhor sentado. Quer desencostar-se o tempo todo para treinar o seu equílibrio.
Aponta para as partes do seu corpo, quando lhe perguntamos onde estão...
Pede o que quer....
E birra quando não obtem...
Mas começou a chorar duma forma mais aflitiva quando faz uma birra. Aflige-me mesmo e acho que a intenção é essa.
Entendo as birras como uma fase - a dos 2 anos...e tento manter a serenidade (não é sempre fácil).
Adora passear e adora a sua rotina nocturna: Brincar, jantar, banho, massagem prolongada, beber o leitinho e adormecer tranquilamente na sua cama agarrado ao seu Boneco "Esteves".
O que me indica que o caminho e a equipa que o segue...é a certa. E em equipe vencedora...não se mexe. E assim será.

terça-feira, outubro 24, 2006

Aniversário da mamã

24 de Outubro.
Sou bebé. Nasci lá pelas duas da matina...penso especialmente na minha mãe, neste dia. Um beijo para ela...direitinho para o céu...
Vou ter um dia difícil. Trabalho de manhã e de tarde estarei com uma amiga de infância no hospital. A irmã dela será operada a um recém-descoberto e suspeito nódulo na mama. Estarei para apoiar e dar toda a minha força e amizade.
Mais tarde natação com o meu amor pequenino, e porque o dia é especial, faço questão que o papá venha para dentro de água, também.
Um dia como qualquer outro...um pouco mais dramático...mas a vida tem coisas destas...
Faz amanhã um ano que o meu JP quis arranjar maneira de passar o dia de anos comigo e mais outros tantos de seguida: apareceu com varicela...
JP: Este ano estás dispensado de fazer surpresas e de dar prendas dessas à mamã!!!
Adenda às 15.30 h - Adorei os mimos aqui deixados. E adorei um post colocado por um novo blogueiro, que conhece muito bem a minha realidade. Aquele post podia ter sido escrito por mim. A minha amiga está bem e não é nada de maligno.

domingo, outubro 22, 2006

O que te desejo...

Para o JP
Desejo, meu filho, que continues a sentir-te fascinado pelo mundo ao teu redor, por muitos e muitos anos...
Desejo-te tantas aventuras e experiências boas...
Mas talvez não sejam as que tu vais querer viver !
Não ambiciono a tradicional ideia de sucesso, fama ou fortunas...
Mas que desenvolvas os teus dons ,
Que te envolvas em algo que gostes e que te dê genuíno prazer
Tenhas bons e verdadeiros amigos
E quando fores muito velhinho, possas dizer: " Tive uma vida maravilhosa"...

quinta-feira, outubro 19, 2006

O dia da decisão do nome do meu filho

Faz hoje exactamente 2 aninhos que estava em Barcelona. O nome P. já eu tinha escolhido desde sempre e como o Pai também gostava, estava decidido. O J. veio no dia 19 de Outubro de 2004 em honra às esperanças renovadas. Foi também graças ao meu filho ter nascido e nunca ter abdicado dele na gravidez, que provavelmente estarei aqui a contar estas coisinhas no Blog....é que se ele nunca tivesse nascido, ou se tivesse optado por não o deixar vir, teria ido numa viagem programada há algum tempo há Tailândia...e por incrível que pareça insistia em aproveitar todas as férias desse Natal e lá estaria no fatídico dia 26, o dia do terrível Tsunami.
Filho....És e foste a nossa salvação.

quarta-feira, outubro 18, 2006

........Projeto Desabafo de Mãe........

Comecei a colaborar num projecto muito recente chamado "Desabafo de mãe", onde uma vez por mês coloco um texto meu, diferente destes do Blog...
O projecto é muito engraçado, Brasileiro e quem sabe se arranjar um patrocinador para a minha página, lá no Desabafo, poderei juntar alguns trocos para o tratamento de fisioterapia intensiva (1 mês) que quero experimentar com o JP, no ano que vem, em Espanha.
Espreitem o meu "
Desabafo" deste mês...Comentem lá se quiserem...

terça-feira, outubro 17, 2006

Ausente

Fim de semana na terra da Vovó, Beira interior. A família do lado paterno do JP simplesmente deliciosa e pura, só equiparada à parte Alentejana da mamã. JP sempre divertido, mas pelas primeiras vezes, tímido no começo.
O menino não quis dormir na viagem, preferiu bisbilhotar a paisagem. Arrasou com toda a facilidade o coração das tias...
Em suma: adorámos o fim de semana.
Agora de volta ao ritmo alucinante do dia-a-dia...muito trabalho...pouco tempo para disfrutarmos em família. Falta de descanso...falta de tempo para relaxar e visitar os cantinhos amigos. Falta de qualidade de vida ? Certamente que sim...Mas aproveitamos o que conseguimos, sempre com esperança que o dia seguinte seja mais tranquilo...e tenhamos mais tempo para nós.
Dois beijos especiais: Um para o sobrinho Martim e desejo de rápidas melhoras. Já não passo sem estar com eles e juntar as nossas energias...
Outro beijo para Arthur e Néa do Brasil: Adorámos receber hoje um telefonema amigo com milhares de kms de carinho pelo meio. Néa...tão longe e tão perto no coração, quando a gente quer, não é?

sexta-feira, outubro 13, 2006

Lobitas

Conheci esta mamã recentemente e tenho acompanhado a sua história por mail. Agora vou poder fazê-lo melhor. Criou um blog para registar e desabafar e tenho a certeza que tal como para mim, a experiência será enriquecedora. Espreitem As Lobitas . Boa sexta-feira 13.

quinta-feira, outubro 12, 2006

Educação especial

Apesar dos cortes nas verbas deste ano, o meu menino vai ter uma educadora do ensino especial, contráriamente ao que se pensava. Fico muito feliz, sempre é uma pessoa a dar-lhe atenção em exclusivo, e com disponibilidade para o estimular mais especificamente, sempre numa base muito lúdica e descontraída. Infelizmente não é mesma do ano passado, o que significa que terei de colaborar novamente no processo, explicar, etc...mas pronto, faço-o de bom agrado. Toda a ajuda é benvinda.

Olhar para o lado

Quando uma mãe se apercebe que a sua cria não terá as mesmas oportunidades que as outras, revolta-se, entristece-se, vai à luta...sei lá...cada mãe terá o seu modo de reagir próprio. Mas e quando as crianças nascem nestas condições? Fico feliz de cá estar para ajudar o meu filho no que for preciso. Nisso ele parte com muita vantagem.
O resto...vai-se resolvendo.
Espereitem e ajudem, p. favor. Eles mereciam destino melhor. Mas se Deus quiser, tudo se endireitará. E pelo que li da actualização de hoje já se estão a ultrapassar alguns obstáculos. Mas vamos contribuir. São pessoas íntegras e responsáveis. E os gémeos aprenderão que vale a pena confiar neste mundo tão injusto, mas repleto de pessoas de coração grande. E a sua mãe, que é neste momento uma estrelinha, agradecer-nos-á no silêncio da sua eternidade...
Adenda: Somos sempre um pouco cautelosos nestas questões...bem sei, mas grão a grão enche a galinha o papo...pouco que se ajude, é muito.

quarta-feira, outubro 11, 2006

Já temos palhinhas ( quase )

Bendito Blog e bendita Ana....Estava difícil de arranjar a palhinha certa para o JP , conforme indicou a terapeuta da fala, pois o JP só quer rôe-las ( ou comê-las, sei lá !)
Mas sempre há quem saiba mais do que nós e que gosta de ajudar. A autora deste site mandou-me uma dica e falou-me de um copo que trazia palhinha e essa era mais rígida...e eu continuei a procurar e nada.
Foi então que recebi a notícia que encontrou e comprou ao meu JP dois copinhos , com palhinha... digam lá que a blogoesfera não tem coisas fantásticas ? Beijos Ana e João !!! Eternamente agradecidos.
Podia ter aguardado ter os copinhos para colocar o post, mas a verdade é que só o gesto já me deixa feliz.

segunda-feira, outubro 09, 2006

Persistência

Sou admiradora dos pequenos seres, as crianças. Elas dão-nos verdadeiras lições de vida. Vejo o JP a querer superar-se todos os dias e a procurar constantemente e ansiosamente situaçoes em que possa treinar, exercitar, praticar o equilíbrio e sentar-se sózinho. A capacidade de continuar entusiasticamente tentativa após tentiva...após bastantes mal sucedidas, é fantástica. Admiro-o. Muito.

sexta-feira, outubro 06, 2006

Ah,Dentinhos...para que vos quero !!!

Hoje tivemos a segunda parte da conversa com a terapeuta da fala. Desta vez a intenção era vê-lo a mastigar e verificar se o fazia de uma forma correcta, o que dará muitas chances de não vir a ter perturbações na fala. Fez-se o teste com um belíssimo bolo de arroz que o JP se predispôs a papá-lo em 3 tempos (muito embora tivesse acabado de tomar o pequeno almoço)...e que bem que mastiga o meu filhote, bocados grandes, de boquinha fechada e tudo...mostrou à malta toda como é...um belissímo roedor (eu já sabia), come de tudo. Só falta saber sugar pela palhinha...mas vai aprendendo. Prova de dar ao dente superada !
Bom Fim-de-semana!

quinta-feira, outubro 05, 2006

As amizades do JP

Já tinha falado da D. Fernanda...a senhora amorosa, já com uma idade avançada, que todos os dias passa lá no colégio ao final da tarde para mimar e passear o meu pequenino e que segura nele para ele dar uns passinhos...
Hoje quando fui buscar o JP ao colégio a directora quis falar comigo. Estava a achar a relação deles muito intensa, pois não só ela aparecia todos os dias por causa dele, como ele passou a ficar inquieto à espera do momento em que ela chega. Ela não considera que seja negativo para ele, muito pelo contrário, porém não sabia qual a minha opinião sobre o assunto. A minha opinião: O JP já sabe fazer os seus próprios amigos. Não posso ficar mais feliz ! Que se mantenha essa amizade por muitos e muitos anos !

terça-feira, outubro 03, 2006

Largar tudo

Às vezes penso se o devia ter feito. Não passa pela cabeça de todas as recém-mamãs? Pois não fui excepção. Passou muito pela minha. Mas era e é inviável. As despesas são muitas...a vida não permite. Sempre gostei de trabalhar. Mas teria largado tudo para dar mais assistência ao meu pequenino que tanto precisa. E a recuperação seria talvez mais rápida. Porque eu "trabalharia" bastante em casa com ele. Mas será que o JP globalmente teria beneficiado? Estou convencida que não. Não sou uma boa mãe Full-time. Preciso do meu espaço, dos meus problemas...da minha vida própria...preciso de sentir aquela saudade que me faz correr para ele no final de cada dia. Sou melhor mãe assim, acho eu.
Há muitos anos atrás tinha dificuldade em entender quem tudo larga para ficar em casa com os filhos. Já nem sei porque pensava isso. Mudamos tanto !!!

segunda-feira, outubro 02, 2006

22 meses...e adora brincar

22 meses e 1 dia...estamos a 2 mesinhos do 2º aniversário do JP...começámos os treinos para soprar a velinha...
Não há novidades que assinalem este novo mês...à excepção que cada vez mais o JP se acha "engraçadinho" e adora tudo relacionado com brincadeira. Sensações de instabilidade, escorregas, colchões de água... A sua curiosidade e vontade aumentam a um ritmo alucinante.
Sinto-me feliz com as suas evoluções motoras, embora que o ritmo destas, nada tem de alucinante...É verdade que já as esperava lentas, mas tinha esperança que fossem menos. Mas aparecem e isso é o mais importante.
Tenho tanto orgulho dele! Na escola todos o conhecem. As meninas cuidam dele. Os meninos incentivam-no quando ele faz os seus exercícios obrigatórios. Ao final do dia tem sempre a visita da sua protectora, a sua vovó emprestada que anda e passeia com ele, segurando-o pelos bracinhos...
É acarinhado. É estimado. É simpático para a familia e amigos. Gosta das suas actividades.
Depois nós chegamos e o final do dia é sempre uma festa a três.
Chegou Outubro. Já nos embrenhámos nas rotinas e eu sinto-me muito confiante.
Vamos aproveitando cada dia ...como se fosse o último...Obrigado meu filho por me ensinares a viver a vida como ela merece ser vivida...

quinta-feira, setembro 28, 2006

A lagarta que vira borboleta e voa...

Ontem o meu sobrinho mais velho fez 12 anos. Lembro-me tão bem dele ainda bebé, traquinas e cheio de graça...e vejo-o agora adolescente cheio de "manhas e esquemas"...é um bocadinho rebelde, mas deve sair aqui à tia, a única da familia que foi rebelde, pois claro. Tão diferente do bebé que conheci que era tão dependente dos papás.
Hoje de manhã fui buscar o meu amor pequenino à cama e como sempre fui recebida com gritinhos de alegria! É tão bom...
Quando acaba o encantamento dos nossos meninos por nós ? Passa-lhes um bocado da paixão quando entram na adolescência, não é?
E a nossa paixão por eles ? É impressão minha ou o amor de mãe está sempre a crescer?

terça-feira, setembro 26, 2006

Cortes nas verbas

No ano passado o JP tinha uma educadora do ensino especial. Chamam-lhe programa de intervenção precoce. Justamente um dos mais importantes. Este ano porque Portugal tem de apertar o cinto mais uma vez, não vai haver. Para o JP não é muito grave porque, embora com alguma ginástica, conseguimos proporcionar uma terapeuta 1 vez por semana que nos ensina a usar brincadeiras por forma a estimulá-lo e desenvolver melhor o seu potencial cognitivo no dia a dia e também como ele tem bastantes actividades não seria fácil encaixar 3 horas por semana na sua agenda preenchida. Porém lamento para quem tira a especialização e não fica colocado/a . Lamento pelos meninos que precisam mesmo. Para quem é a única alternativa.
Para quem se interessar por saber o que faz a intervenção precoce
Foto: JP a fazer hipoterapia.