quinta-feira, maio 11, 2006

Todos Diferentes, Todos iguais

Uma frase banal. Mas a propósito de um comentário colocado no post anterior pela Ana, quero dizer que concordo . O meu menino é uma criança como outra qualquer. Deseja brincar, adora descobrir o mundo. Deseja amor. Eu comparo esta situação à pilotagem de um avião.
Um menino sem problemas, põe-se o piloto automático e o avião segue o seu curso. Com estes meninos, não é assim. Tem de se aprender a pilotar manualmente e ir verificando todos os comandos e instruções para ter a certeza que chega ao destino. É preciso muito mais atenção, mais preocupações, mas ficas orgulhosa de saber pilotar um avião. Sentes-te um pouco "realizada". Às vezes também me apetecia tirar uma sonequinha e ir no automático por uns tempos. Não dá.
Mas ele não passa de um avião...sem piloto automático.

11 comentários:

rutebruno disse...

como te entendo, eu que sou mãe e ainda de um pequenino, que ainda não tem capacidade de pilotar e como fisioterapeuta que ligo com tantos sem essa capacidade, percebo quando dizes que bom depois do nosso carinho, trabalho e dedicação, avançamos um milimetro, um milimetro é tanto, que só quem os conhece, entende.
tu entendes, não é?

alexandrachumbo disse...

boa comparação:) nunca tinha pensado nisso! posso "roubá-la" para a usar de exemplo para alguns papás de meninos meus? obrigada:) beijos.

Carla & Repolha disse...

ó pá!!!! escrevi linhas e linhas e esta coisa (para não dizer m...) foi pufffff :( volto a escrever mais tarde. Só para deixar uma beijoca agora ;)

Filipa disse...

E que avião fabuloso...
Cheio de sorte porque arranjou um piloto, aliás, uma verdadeira comandante, à altura...

docinho disse...

Obrigada pela honra de ter o meu nome num blog tão especial : )
Aquilo que disse é mesmo sentido... não acredito em diferenças, acredito sim, na ignorância das pessoas que fazem com que elas existam!
Se o teu piloto não é automático é porque TU és o instructor que ele "escolheu" para o ensinar a voar... isso sim torna-te diferente de mim : )

Um beijinho com o coração muito comovido

Mãezana disse...

É sem duvida um lindo Avião! E tu, és a melhor comandante!
Beijinhos e obrigada mais uma vez pela força que, sem saberes, me dás todos os dias!!!

ternura disse...

De uma coisa não tenho dúvida és uma grande Comandante!!!

Mais um post onde mostras a tua dedicação...o teu carinho...amor...pelo teu lindo e muito querido JP

Beijinhos cheios de ternura

vania disse...

Deus quando te deu esta missao de ser mae de um menino especial, mas igual aos outros sabia que o ias fazer da melhor maneira e que quando te desse aquelas falta de esperança, o cansaço nunca ias desmotivar.
beijocas

Carla & Repolha disse...

Voltei... claro que já não sai a mesma coisa (se sair... se isto não apagar outra vez...), mas aqui vai. Dizia eu que também me faz confusão dizer que as pessoas que não se enquadram nos pârametros da maioria sejam diferentes ou especiais. E espero conseguir explicar-me... Ora bem: O teu JP não fica feliz quando vê um balão a saltitar? Não chora quando se magoa? Não ri quando tu rebolas com ele no chão? Não faz birras porque quer alguma coisa que só deus sabe o quê? Não procura o teu regaço para o mimo? Posto isto, é diferente? É uma criança como tantas outras. Tem um obstáculo ao desenvolvimento (há os que em vez de terem um obstáculo têm uma porta escancarada e tb eles não se encaixam na maioria e aí o trabalho dos pais será colocarem-se à porta para que o desenvolvimento não seja demasiado rápido, ou seja, o trabalho destes pais será nunca ligarem o piloto automático).
Claro que o teu trabalho não se equipara ao meu ou ao de qualquer outra mãe que tenha um filho que se insere na maioria. Agora pôr ou não um filho em piloto automático é também uma escolha. Eu optei por não pôr, mesmo podendo. Optei por ser parte activa no desenvolvimento da minha filha. Se a poderia deixar em piloto automático? Podia... Mas iria ter tanta graça? Claro que não. O ser humano é uma coisa tão excepcional... ver crescer um é um privilégio, fazer parte desse crescimento maior.
Se o teu JP tem um piloto automático tão eficiente quanto o dela. Não. Tem um piloto-automático com uns fios cruzados. Pelo pouco que percebi até agora dá-me ideia que tu estás a fazer um excelente trabalho a consertar esse piloto-automático. Porque ele está lá. Só a precisar de uns reparos. Digo eu, claro ;)
Beijocas

Grilinha disse...

Carla

Entendeste exactamente o que eu queria dizer e fazes muito bem em tomar parte activa no desenvolvimento da tua filhota. Gosto muito da tua forma de pensar. Continua assim. Beijinhos

Mãe Frenética disse...

E esse "avião" vai levar-te a lugares mais bonitos, pq os escolheste com ele.

Garanto-te.

Beijinhos