sábado, maio 06, 2006

Selecção Involuntária



Mais um sábado rotineiro. Maravilhosamente rotineiro.

Na verdade eu sempre fui das maiorias e nunca pensei muito nisto de ser diferente, especial. Passava-me ao lado, embora que sempre me revoltei com discriminações. Seja de sexo, deficiências, orientação sexual ou raças...adoro as diferenças e abomino quem tem preconceito. Sempre assim foi. Talvez tenha sido educada assim.
Na piscina houve um casal que se apercebeu que o JP é um menino diferente. E mostraram-se carinhosos e simpáticos para ele. Fizeram a bébé deles dar uma beijoca (e olhem que foi bem pertinho da boca, a malandra...) e sorriram muito para mim.
Apercebi-me mais uma vez que as pessoas podem ser muito queridas. Assim como são as pessoas do colégio do JP que o tratam com muito carinho e ternura (tratam todos assim, mas o meu talvez tenha um bocadinho extra). No fundo eu quero que ajam naturalmente com ele, não o super-protejam, mas simpatia e calor humano sabe bem. Claro que sim. Porque não tirar partido?
Na verdade há uma "selecção natural" das pessoas que se aproximam de nós e são todas pessoas bonitas. Não que as outras não o sejam. Se calhar são só despistadas e indiferentes como eu era. Não tem nada de mal !!! Mas as que se aproximam, por regra são pessoas muito queridas. Temos conhecido algumas pessoas verdadeiramente especiais. Querem educar os seus filhos a conviver com todos. Bem formadas essas pessoas. Fico tão feliz que existam...
Feliz dia da Mãe !!!

10 comentários:

ternura disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
ternura disse...

Mais um post super ternurento...ainda bem que existem pessoas que sabem lidar com a diferença...todos diferentes, todos iguais!

Um Óptimo Dia da Mãe!

Bjs cheios de ternura e muuuuuuito sol

rutebruno disse...

tão existirem pessoas assim, não é?
que ternura de descrição!

Suzy disse...

olá Grilinha, ainda bem qe gostaste da história que deixei na Maria, é dedicada a todas as mães especiais como tu @)--;---
Quero te dar os Parabéns por seres Mãe! E desejar-te um dia muito feliz junto do JP :)

Anónimo disse...

Parabéns pelo blog.
Vi que procuras cursos de Sacro-craneana ou afins... se achares que ainda possa ser interessante, liga para Escola Superior de Biologia e Saúde (218109070), pede para marcar uma reunião com Dr.ª Aurika Rodrigues, certamente terá o maior prazer em receber e ela explicará o que pretendes saber.

Bolos da Célia disse...

Olá!

Finalmente coloco um comentário no teu blog!!!!! (podes deitar foguetes...).

Achei que tinhas acertado completamente na descrição que fazes de quem olha para os nossos filhotes diferentes e muito especiais.
Também tenho esse sentimento de que antes de ter o meu Mikas também me "passavam ao lado" os meninos tão diferentes.
Depois de saber o de o Mikas tinha é que comecei a olhar á minha volta e a ver a quantidade de meninos e meninas com problemas.
Comecei então a saber dar valor a tudo o que ele consegue fazer.
Penso que de tudo isto aprendi que se deve dar valor a um sorriso ou um olhar pois nada no mundo é um dado adquirido e isso é que muitas pessoas não se apercebem e não sabem dar valor á fortuna que é terem filhotes super saudaveis e conseguirem fazer tudo sem o minimo de esforço.

Um bjo grande para a familia.

Ck in UK disse...

Aproveita essas pessoas especiais. Porque ha tanta gente no Mundo em circunstanicas bem piores que nao tem ninguem especial a beira. E optimo estar rodeado de "especialidades".
Um beijo pra voces.

vania disse...

neste mundo em que vivemos ainda existe gente boa e muito querida e sempre pronta a ajudar e ainda bem que algumas delas estao bem perto de ti.
boa semana
beijocas
feliz dia da mae

Carla Dantas disse...

Olá.

Estou a conhecer mais um blog de uma Mãe babada, mas muito especial.

Desejo tudo de bom para vocês e espero que o teu filhote tenha muitas pessoas especiais por perto.

Vou voltar mais vezes...

Sandra J. disse...

Olá, MÃE!
Não me enganei a escrever mas é assim que te "vejo".
É preciso força até para os nossos filhos que não têm qualquer tipo de problema por isso acredito que às vezes te deixes ir abaixo, principalmente porque o teu filho precisa de ti e do teu amor.
Sabes, um dia uma menina linda mas com Trissomia 21 veio ver a minha filha e fazer festinhas e eu vi que os chineses (que não conheço e ainda bem) ficaram escandalizados porque permiti que uma menina diferente tocasse na minha "perfeita", mentes pequenas que devem achar que faz mal...
Bjs

PS: Também acho que as pessoas falam apenas das situações perfeitas e aprendi muito por aqui mas nas situações mais imperfeitas.