terça-feira, setembro 26, 2006

Cortes nas verbas

No ano passado o JP tinha uma educadora do ensino especial. Chamam-lhe programa de intervenção precoce. Justamente um dos mais importantes. Este ano porque Portugal tem de apertar o cinto mais uma vez, não vai haver. Para o JP não é muito grave porque, embora com alguma ginástica, conseguimos proporcionar uma terapeuta 1 vez por semana que nos ensina a usar brincadeiras por forma a estimulá-lo e desenvolver melhor o seu potencial cognitivo no dia a dia e também como ele tem bastantes actividades não seria fácil encaixar 3 horas por semana na sua agenda preenchida. Porém lamento para quem tira a especialização e não fica colocado/a . Lamento pelos meninos que precisam mesmo. Para quem é a única alternativa.
Para quem se interessar por saber o que faz a intervenção precoce
Foto: JP a fazer hipoterapia.

18 comentários:

Unicus disse...

Diria que todo o sistema de ensino e afins em portugal tem de ser repensado.

mamã coelha disse...

Olá meus queridos, voltamos de férias!
Estive a por a leitura em dia! :))Fico feliz por saber que com vocês está tudo bem. São só boas noticias!

Bjocas grandes

Amores Perfeitos disse...

infelizmente é este o nosso país... mas p outras coisas há sempre verbas..

Nani disse...

Ola,minha querida e JP!
Saudades!
Realmente,o sistema defecitário só muda de País!Aqui é uma tristeza...tantos roubos e nada é feito pelos menos que necessitam de atendimento e não o podem pagar!
Graças à Deus tu podes...eu posso,com dificuldades...mas podemos dar do melhor a nossos filhos!Mas,os que não podem?É muito triste!
O meu trabalho de graduação em Arquitetura a 19 anos atrás foi sobre um Centro de Intervenção Precoce.Quando nem sequer se falava nisto!Até hoje não vi nada parecido por aqui!São pequenos núcleos de atendimento!Sempre gostei deste assunto!
Que lindo que o JP esta no cavalo!
Nuitos beijinhos de Nani e Gigi.

Rita disse...

Acabei de "tropeçar" no teu blog e interessei-me pela tua história. Não posso deixar de te dar os parabéns pela tua força, pela energia que continuas a ter apesar desta rasteira que a vida de pregou. O teu filhote só pode ser muito feliz por ter uma mãe assim aoseu lado.
Um beijinho grande

mulher elástica disse...

E quer este país evoluir??
Quando uma das suas pedras basilares - a educação - é deixada para segundo plano...
É muito triste. Felizmente vocês podem-lhe proporcionar um terapeuta, e se não conseguissem?? Iam ver vedadas muitas oportunidades ao vosso príncipe! Não é justo.

Silvia disse...

OLha, infelizmente os ministérios da Educação e das Finanças pensam que o ensino é um mal necessário e que ficaria mt mal perante a Europa n facultar algumas aulitas aqui para a malta...Enfim...e os professores que n têm colocação bem podem desesperar...Não sei que te diga...acho inadmissivel que não haja melhoria no ensino que temos...

Mikas disse...

É o país que temoa.. corta em tudo o que é mportante mas não corta em futilidades.

Beijokas *

isabel disse...

que maldade... cortam no que é preciso mas quando chega ao umbigo delas já não há poupanças...
Força aí... não desanimem...
bjs

PS - as iniciais do meu filhote também são JP... de João Pedro

vera disse...

olá

tens razão, depois ainda dizem que há muita gente sem trabalho :(

jocas
vera

Mãe Frenética disse...

Eu tb lamento mto...
Por todos!

docinho disse...

Sabes... andei na equitação alguns anos... sempre achei que o respeito que um cavalo nos mete, é proporcional ao carinho com que nos transporta... com que nos faz sentir felizes...

Quanto ao que falas... lamento que este país não vá mais longe... e lamento ainda mais que haja crianças prejudicadas por isso : (

beijos tristes

teresa disse...

Pois... é por estas e por outras que não me importava de ser espanhola...
Mil beijinhos amiga,
Teresa

Pensamentos Felizes disse...

É triste...
beijinho
Cris

maria disse...

é nisto que portugal perde muito...em vez de apoiar, o que faz..ainda nega ajudas..
enfim..
tudo de bom para vcs
bjnh

DIV de divertida disse...

Nem fazes ideia o quanto me andam a irritar estes cortes do governo! quem se lixa é sempre quem mais precisa!!!
GgRRRRRR!!!!!!!!!!!!!

ana disse...

ai...ai...ai...este é o país que temos!!!! Mas não me conformo!!! Em tempos...uns 15 anos atrás, tentei fazer percursos equestres para deficientes motores, assim como, percursos pedestres para invisuais (utilizando plantas aromáticas), ninguém se mostrou interessado...ai...ai..este é o país que temos!!! Felizmente que ainda existem pessoas, que melhor ou pior, tentam remar contra a maré! Ainda bem!!!

um bj para ti e um especial para o JP,

Ana

Mamã P. disse...

É uma tristeza e infelizmente é a nossa realidade... Felizmente tu podes proporcionar estas coisas ao teu filho mas imagino o desespero de quem não pode :(