segunda-feira, abril 14, 2008

Porto Seguro

Por vezes sinto que cada abraço
Cada beijinho
É dado como se não viesse a haver amanhã
Fico paralisada de medo com as voltas da vida
Tu e o teu pai são os tesouros da minha existência
E tudo o que mais desejo é que estejam ambos bem e felizes.

4 comentários:

Rita disse...

Como eu te entendo.

Acreditas que chego a esconder-me na casa de banho lavada em lágrimas quando sou invadida por esse tipo de pensamentos.

Tenho tanto medo de os perder...

Os meus 4 filhos e o Paulo são a miha vida e sem eles a existência não teria qualquer interesse.

Lourdes disse...

Vamos manter nossos pensamentos sempre vigilantes e atentos para manter-nos serenas e seguras com relação ao futuro...
Bjos
Lourdes, mãe da Lia Luiza

Anónimo disse...

grilinha, sou uma visitante atenta do seu blog e considero de louvar a sua dedicação e coragem. O JP é um menino de sorte e fico contente com todas as suas evoluções que a par e passo vão fazendo dele uma criança fantástica. Gostaria de perguntar-lhe se já ouviu falar de um médico em Guimarães, se sim qual a sua opinião. Sou tia do menina como o JP e gostaria que me respondesse. LIna

Grilinha disse...

Lina

Já ouvi falar de um médico de Guimarães, julgo que tem a a ver com fisioterapias feitas por cubanos.Nunca lá fui, mas conheço que, lá foi e não gostou. Só sei isso.
Sei de uma clinica que irá abrir em pouco tempo que parece ser interessante, mas as vagas são sempre limitadas.
Mande-me um mail para mae_grilinha@yahoo.com.br que poderemos falar um pouco melhor. De isso e outras coisas. Bj