domingo, dezembro 15, 2013

9 anos ....e tanto para dizer.

Continuo a ter tantas e tantas coisas para contar e registar. Mas o tempo vai passando e não o vou fazendo com muita pena minha.

O João Pedro lá continua contente na escola e na sua rotina.

No Domingo 1 de Dezembro, teve uma festinha dos seus 9 anos aqui em casa, só com a namorada (e a sogrinha), a melhor amiga, os nossos vizinhos, o mano , madrinha , avós e a Sandra- a sua ex-auxiliar do coração e achei que delirou. Esteve tremendamente feliz. Fiquei muito feliz por ele também.

O meu João Pedro ocupa um lugar no meu coração que é muito especial e dificilmente poderia ser preenchido de outra forma. Vê-lo assim feliz, faz-me sentir realizada.

O seu maninho, está uma gracinha como todos os meninos com 22 meses. Não é o anjinho que eu supunha. Trata muito bem o JP, adora abraça-lo, dar-lhe beijinhos e brincar com ele mas percebemos já que luta por atenção nos momentos "completamente proibidos", como sejam a hora do banho do JP e outras em que não posso mesmo deixar de fazer o que estou a fazer, para lhe dar colo. 
De alguma forma quer que lhe mostre que ele tem muita importância mesmo quando o mano está por perto. E tem. 
E tem muito mimo e amor. 
Mas à sua maneira tem de ir percebendo os condicionalismos da nossa vida muito própria.

Tenho alturas que sinto que gerir estes momentos me deixa de cabelos em pé e quase fora de mim. E por isso, apesar de amar perdidamente os meus filhotes, nunca poderia ser uma boa full-time Mum. Não fui feita para isto. 

O Rafael está sempre a querer fazer rir os outros. É cómico que se farta. Mas tem de ser sentir à vontade.
Faz carinha de envergonhado quando alguém que não conhece se mete com ele.
Não é o sorriso fácil que era o JP.

No campo profissional, posso dizer que virei algumas páginas. 
O que importa é adaptar-me, gostar do que faço e fazê-lo bem.  E tenho a sorte de gostar do que estou a fazer. 
Por vezes, aquilo que nos pode parecer um trabalho "mais ligeiro", com menos "responsabilidade", surpreende-nos e mostra-nos que quem leva as coisas a sério sempre tem os seus stresses e as suas altas fasquias. 
 Resumidamente é assim que andamos por aqui :)


Ah, e não podia deixar de esquecer: Juntem tampas e entreguem-nas no Centro comercial da Amora (na Amora)....o JP matava-me se não dissesse isto !!! Já juntamos 6 toneladas mas ainda faltam umas 30 toneladas. Ele quer a sua cadeira eléctrica rapidamente.



O JP agradece



3 comentários:

Mina disse...

Sempre a crescerem esses meninos, como é normal... a vida é mesmo essa ambivalência, quando se multiplica por dois :)
Beijinhos e Boas Festas

Nota-As tampinhas, podem ser entregues, em qualquer remax?

Anónimo disse...

Querida Amiga, queridos meninos!

Como fico contente com estas boas notícias! Tenho seguido o processo das tampinhas. É fantástico com já juntaram tantas!
Tenho pena de viver tão longe! Adorava poder ajudar!
A todos um Feliz Natal e um Bom Ano novo! 2014 vem depressa!!!

Beijinhos,
Joana (Porto)

Helena Barreta disse...

JP, conta comigo e com as minhas tampinhas.

É tão bom vir aqui e saber que estão todos bem. Parabéns ao JP e a toda a família.

Um beijinho