terça-feira, agosto 22, 2006

O pimeiro "A-bô"

O Vovô acompanhou-nos pela 3ª vez à fisioterapia do JP.
Coincidência ou não, o meu JP disse "A-Bô" pela primeira vez, ontem. Há muito que dizia "Avó"....com frequência...mas "A-bô"...só ontem. Acho que ainda vai corrigir, dado que não temos influências nortenhas....só me faltava era o meu filhote falar à moda do Norte, carago...sem ofensa, eh,eh...
Parece que o Vovô entrou com facilidade no coração do meu menino...e o meu menino no coração grande do meu pai...O vovô aprendeu a mudar uma fralda, desajeitado, mas mais destemido.
O meu Papá foi excelente para mim, principalmente em criança. Descobria os meus interesses, e incentivava-me a aprofundá-los...a ler, a investigar...a desenvolvê-los. Eu comecei a tocar piano aos 5 anos, a pintar a óleo aos 8, a criar cães de raça mais tarde. Tudo interesse próprio. Nunca obrigação.
O meu irmão era astronómomo (com telescópio feito por ele próprio) desde os 8/9 anos. Apareceu vezes sem conta na comunicação social. Quis ir para a Nasa...mas depois abandonou a ideia, para não se separar da família.
A minha irmã tinha um laboratório com microscópios, plantas e bichinhos (hoje é médica). Fomos crianças felizes, interessadas e com as parcas possibilidades financeiras daquela época, viviamos num ambiente altamente estimulante.
O meu Papá sempre disse que não dava uma cana de pesca aos filhos, mas que os ensinaria a pescar e que gostava de todos por igual, quer tivessem doutoramentos ou se trabalhassem na limpeza de ruas...
O meu Papá, com todos os defeitos que lhe vejo...sempre foi um bom pai. E imagino-o um óptimo Avô. Estão ambos a beneficiar desta relação. E eu...estou feliz.
O Domingo tal como esperava foi simplesmente delicioso. Contacto com a Natureza, num parque aqui perto, estivemos no lago, demos comida aos patinhos...depois, almoço e convívio com os priminhos. Chegou a casa estafadinho e deitou-se agarradinho ao seu bonequinho preferido "Esteves" e foi o descanso do guerreiro.

21 comentários:

Silvia disse...

Que imagens mais lindas...E adoro a forma como falas do teu pai! De certeza será um optimo avô. Aliás, só pode...VC são mm uma familia linda

Mixikó disse...

grilinha...grilinha...grilinha...o que posso dizer diante deste quadro que nos ofereces?Lindo...sem palavras...

olha, teho o tal desafio p ti no meu blo...tens de dizer 6 coisas s/ ti...

queres ajuda?
1ª linda por fora e por dentro
2ºlinda por fora e por dentro
3ºlinda por fora e por dentro
4ºlinda por fora e por dentro
5ºlinda por fora e por dentro
6ºlinda por fora e por dentro

Mas, como não vale repetir, terás de completar o resto...beijos queridos

p.s. tentei mandar-ye uma foto minha e do meu Tomás, mas tinhas a caixa cheia.

dixubo disse...

:))
Pela descrição que fazes do teu pai neste post quase que me vejo a ler um livro com aquelas histórias doces e felizes que nos fazem sorrir e sentir bem!!!
E pelo que vejo tens uma família não só unida como com um estímulo enorme pela descoberta e aprendizagem tão úteis ao longo da nossa vida! :D

E Parabéns ao JP pela nova palavrinha! :))

Beijinhos grandes *****

Mãezana disse...

Sim senhora..eu já sabia mas são uma FAMILIA a 100%

Parabens! E olha que hoje em dia..vale ouro!

Ps: parabens pelo abô...a moda do Norte!

Bjs positivos!

docinho disse...

Que doçura neste post... gerações ligadas por um amor MAIOR!

O JP tem um bonequinho com um nome muito original ; )))

Beijinhos no teu pequenino

Silvia disse...

rave? na praia? buga miga!!!!!

Sandra J. disse...

Deve ser tão bom ter um pai, uma família assim, que no apoia sempre. É isso que quero construir para os meus filhos.
Adorei as fotos do teu guerreiro, principalmente a do descanso do guerreiro.
Bjs grandes ao JP que conseguiu cativar esse "A-bô" que deve ser uma pessoa muito especial que tem esta filha também tão especial.
Bjs grandes, grandes

Grilinha disse...

Sandrinha: Tenho a certeza que facilmente constroís...tão bem ou melhor do que eu, pois a tua simpatia, naturalidade e carinho são excepcionais e atrais com facilidade boa gente à tua volta....Beijo minha querida

Silvia: Que mamã prá-frentex....eu tb sou, mas com algumas noites mal dormidas, felizmente poucas...tanto trabalho....já não aguento um rave....às 4 da matina...(se calhar tou é velha!!!!)

Docinho: Tenho a sensação que vens de uma familia tb muito forte....o nome do boneco...não concordei com ele...foi o meu marido que o baptizou pois tinha um lacinho tipo Miguel Esteves Cardoso- Quanto a mim tinha ficado M.E.C. - MEC- que é mais fácil de dizer, mas pronto, temos de dar oportunidade dos papás participarem, não é?

Mãezana e dibuxo: Tenho um pai muito bom. Ensinou-me muito....mas nem tudo foram rosas....andei à deriva pelos meus 17 anos...depois da minha mãe falecer. A dor dele tb foi grande e não me soube apoiar....quem é perfeito???? Mas está perdoado. Eu tb lhe dei problemas desnecessários, mas não passava de uma adolescente !!!

Mixicó: Linda por fora: depende dos gostos....
Linda por dentro: Gosto mais de mim interiormente...mas ai, ai...Não sou nenhum anjo....ai, que não sou, não...

Beijos para todas

Amores Perfeitos disse...

adorei o post e é bom ter assim um pai!!! o meu não o foi tão presente mas já está a recuperar o tempo perdido..

beijos

carla m. disse...

O teu pai está a aprender bem,vai ser mesmo um grande a-bó.
Beijos

teresa disse...

Olá minha querida,
Fiquei deliciada ao ler este post! Fez-me recordar também passagens da minha vida em VM.
O A-bõ está cinco estrelas minha querida! Eles têm mais paciência para os netos que nós!
E que dizer do Esteves? O Esteves... o Esteves só podia ser companheiro do JP. Nessa foto magnifica não podia estar outro boneco! O JP está com um ar tão tranquilo... e a ser protegido pelo Esteves!
Mil beijinhos,
Teresa

rutebruno disse...

Que bom, quando a prença é constante e o amor se vê, assim de uma forma tão simples.
um beijo

rutebruno disse...

Que bom, quando a prença é constante e o amor se vê, assim de uma forma tão simples.
um beijo

GuerreiradaLuz disse...

Tenho a certeza que o teu pai vai redescobrir um mundo novo. Um mundo cheio de amor que apenas é transmitido no sorriso de uma criança. Ao ver as tuas fotografias, revi o sitio onde já vivi... pelos vistos estivemos bem perto. Já ouviste falar no Núcleo de Almada-Seixal da Associação de paralisia Cerebral de Lisboa? Resulta de um conjunto de pais que por sentirem que na margem Sul não havia os meios necessários para os seus filhotes, decidiram juntar-se e criar esse núcleo... é ainda muito recente. Tive conhecimento dele, pois trabalhei com um desses pais, que é um dos fundadores e principais mentores do núcleo. Beijinhos

_+*A Elite in Paris*+_ disse...

O teu pai deu largas à vossa imaginacao o que nem sempre acontece! espero que o teu filhote tenha as mesmas ocasioes :) beijoooos

Lígia disse...

fico tao feliz pelos 3 :). Pelos vistos estás a conseguir a tal ajuda que precisavas! força

Liliana disse...

Que doce!!!
A-Bô ;)
Bibó Porto!!

Beijão do tamanho do mundo!!

minhoca disse...

As coisas camnhima na direcção certa...
*
raquel

DIV de divertida disse...

Que delícia esse a-bô!!!!!!!
Aposto no betandwin que eles vão ser inseparáveis!!!!

keridalindinha disse...

Que bom que tudo está bem. O teu pai deve ser um pai fantástico e melhor avô ainda, pois é pai 2 vezes. Bom fim de semana.
Beijocas.

Luisa disse...

Acho que o teu pai vai ser um "a-bô" ainda melhor!
Este Post é lindo!

Beijinhos