terça-feira, junho 17, 2008

Pensamentos

Os pensamentos e os sonhos são tão livres !
Durante um dia de trabalho, chego a fazer umas centenas de Kms ao volante. Solitária, os pensamentos acompanham a velocidade do velocímetro. Penso..Penso muito. Penso na vida, nas coisas boas, nas menos boas, no trabalho, no lazer...nas ansiedades.

No regresso a casa, venho a pensar no sorriso do meu pequenino e no abraço do marido.

Antecipo mentalmente a hora mais desejada: o reencontro da nossa família.
As perguntas ao pequenino: Como foi o dia, dormiste, brincaste muito...a M. já veio de férias? Ensaiaram o teatrinho ?
As perguntas ao marido - Como foi o teu dia, amor ? Já preparaste alguma coisa para o jantar ?

As horinhas mais deliciosas e preciosas passam num ápice, entre as brincadeiras no chão com o pequenino, o banho, a história e os rituais que ele adora.
Chega depressa a hora do descanso dos Guerreiros.
O calor a fazer desejar que as férias não demorem muito. Até porque o cansaço é amigo do desânimo e isso não queremos.
E para mais uma vez desfrutarmos do nosso amor a três .
Assim tentamos viver com o nosso menino...intensamente e apaixonadamente, um só dia, de cada vez !

7 comentários:

sorrisos da minha alma disse...

Chegar a casa e ter esse mimo bom, é o melhor bálsamo que podes ter. Deixa-te mimar.
Um beijo grande em vós

Anónimo disse...

Olá!
O tempo parece tão pouco para esses momentos tão bons, infelizmente quase toda a gente se queixa do mesmo, há que aproveitar ao máximo
Beijokas
Beta

D. disse...

Olá não sei bem onde devo comentar os comentários "queridos" que me tens deixado e que te agradeço. Eu sei que já ouvi muitas coisas e que infelizmente ainda vou ouvir muito mais mas, apesar de resolver em termos emocionais de uma forma mais equilibrada, DOI, doi muito...
Beijinhos grandes,obrigada pelo apoio e beijinhos especiais para o JP daqueles que têm muitas cores e sabores doces... assim como o seu sorriso e os belos olhos castanhos

Dina

Grilinha disse...

Os comentários são do mais puro que há, de mãe para mãe.
De mãe que sabe o que sentes na pele. Beijos do fundo do coração para vocês

Beijinhos

ClaudiaMG disse...

É isso amiga, viver um dia de cada vez como se esse fosse o último dia das nossas vidas (era bom que conseguíssemos fazer isso).

E nada melhor que chegar a casa depois de um dia de cansaço e ter os miminhos com o JP, são sempre eles que nos dão alegria, força e coragem para continuarmos na nossa luta.

Beijinhos
Cláudia

Anónimo disse...

Grilita para ti e para J.P.beijinhos com muito carinho, o que ele deseja é hora em que chegas a casa e pode sentir os teus braços á volta dele, creio que todo o teu cançaso desaparece.Beijocas , avó do Guilherme e Madalena

silvia disse...

Olá mamã...
Penso como tu.
É bom ter onde voltar, é bom chegar a casa e ter quem amamos por perto.
Silvia e Inês