sexta-feira, janeiro 23, 2009

Há coisas que valem mesmo a pena !!!

Ontem espreitando o meu menino a brincar, a sentar na beirinha do sofá sozinho e nas cadeirinhas lá de casa, sem qualquer apoio durante muitos minutos, a fazer o ritual de vir da cozinha para a sala a pé ajudado por mim, pensei: ele podia estar muito melhor depois de 4 anos de trabalho, mas também nunca soube se chegaríamos aqui !
As diferenças aparecem tão lentamente que passam despercebidas, mas é certo que era impensável há 2 ou 3 anos ele fazer isto.
Aparecem mesmo muito devagar, quase nem damos por elas, mas aparecem.
É o que interessa.
E estou orgulhosa. De mim, do pai, e sobretudo dele.
Trouxe uma lufada de ar fresco, neste longo mês de Janeiro que por coincidência tem sido nestes últimos 4 anos um mês sempre difícil, de mudanças e de muitas ansiedades.
Mais uma vez estamos nessa fase, com períodos de incerteza sobre as nossas rotinas, mas muito motivados por todos os miminhos que temos recebido.

Por isso digo a todas as mamãs que se deparam com dificuldades:
Acreditem. Não desistam, nunca. E aproveitem bem os vossos meninos.
Mandem os medos embora. Abram o coração. Tenham fé.
Depois do mês chuvoso e deprimente de Janeiro, vêem outros meses, melhores e muito mais maravilhosos....

13 comentários:

Nala disse...

És uma mãe maravilhosa. Tenho uma certeza: a de que o JP, lá no seu interior de menino doce, sente e pensa na sorte que teve por nascer no seio de uma família tão determinada, tão cheia de coragem e principalmente tão recheada de amor, afecto.
Penso muitas vezes em vocês (apesar de não vos conhecer pessoalmente, mas é quase como se já vos conhecesse), na forma como vão diariamente lidando com as dificuldades e adversidades, e vejo-vos como exemplos maravilhosos de força, de união.
Todos os que vos rodeiam e observam (ainda que de longe), lutam - de uma forma diferente da vossa - para ver o JP feliz e independente.
Estamos aqui para aquecer o teu coração, tal como tu aqueces o nosso...
Um abraço forte

Grilinha disse...

Nala: as tuas palavras são tão ternas e doces que aquecem mesmo qq coração, mesmo que esteja congelado.
Querida, não somos assim tão fortes, mas vamos tentando ser, porque o JP merece, E se tenho um dia em que estou mais triste, penso logo no JP, que merece ter uma mãe bem disposta...e ao re-encontrá-lo, tudo isso vai acontecendo naturalmente. Pelo menos, enquanto ele é assim esta doçura de menino, lol...

Beijos e obrigado por palavras tão doces.

Dina disse...

Olá, olá

Deixo-te aqui um texto, que retirei do blogue de Ana Jácomo, "Cheiro de Flor quando ri" e que também faz parte do meu.

"Nem sempre querer é poder, porque às vezes a gente quer, mas ainda não pode. Ainda não consegue realizar.
Não faz mal: a vontade que é legítima, alinhada com a alma, caminha conosco, paciente, fresca, bondosa, até que a gente possa. Às vezes, isso parece muito longe, mas é só o tempo do cultivo. As flores, como algumas vontades, também desabrocham somente quando conseguem."

Um abracinho, cheio de balões de muitas cores para o JP

Maria disse...

Minha querida "G" primeiro que tudo VIVA o JP. a seu tempo ele vai chegando lá.
Para ti, pode-te parecer que estupidez que a mãe da "CR." está a dizer?!.-Mas alguém me disse que os bebés, escolhem as mães onde eles querem nascer e ser amados.Seguindo esta nova filosofia, de que nada é por acaso e que nós mães é que somos escolhida pelos nossos filhos o JP.escoheu muito bem a sua mamã e claro o papá!


Beijos com muito carinho, força e o sorriso lindo que tens, pois foi ai que o JP.foi busar o dele!

M.M.G.

mother_24 disse...

sabes... faz-me ler-te assim :)

jocas grilinha de estimação

Rita disse...

Como eu sei o que que cada passinho significa, e como as coisinhas pequeninas todas juntas fazem uma coisa tão grande!! Parabéns ao JP e à mãe fantástica que tem!!
JP vamos lá acumular todas as coisinhas pequenina para se tornarem cada vez maiores!

Beijinhos

Rita

Rosa Silvestre disse...

Para uma mulher coragem, uma mulher diferente, que merece, sem dúvida alguma, um miminho.Vai até o criancices, copiar o selinho.
Bjinhos para o JP e sua mãe, of course!

COZINHAR COM OS ANJOS disse...

Glilinha eu venho muito ao teu cantinho desde que comecei na net.Digo-te o JP soube escolher a familia para nascer.És uma mãe linda que têns um filho lindo que te vai dar muitas alegrias:)Beijinhos com muito carinho para ti e um beijão enorme ao JP

sil disse...

Que sorte que o JP tem em ter-te a ti como Mãe... e pelos vistos teve sorte com o Pi tb...

Bjos + uma vez a sorrir sempre que te leio
Sil

Dois Rebentos ( de Soja) disse...

Devagar se vai ao longe, e tem sido fantástico o vosso trabalho como pais e do menino lindo e independente que se está a tornar aos poucos.
Bjs

Mãe Sisa disse...

Ai, amiga... que venham os outros meses!

No dia a dia nem pensamos muito nisto, de comparar o que ele não fazia há 2 ou 3 anos atrás e que agora consegue, ou a postura que tinha e que tem agora...
Normalmente, apenas quando outras pessoas, que não o vêm há muito tempo, comentam esta ou aquela diferença é que nós tomamos mesmo consciência "ah! pois é..."
Se calhar porque estamos muito concentrados na doença e pomos a recuperação motora em 2º plano...
À parte das doenças (!) a maior parte das outras dificuldades são ultrapassáveis.
São barreiras transponíveis.

Por isso, espero que outras mães e outras famílias sigam os teus conselhos sábios e vos tenham como exemplo!

Beijos e abraços

Dokas / Beta disse...

Olá!
Ele há dias muito complicados, mas o sorriso dos nossos filhos também ajudam em muito a afastar medos e duvidas e a ganhar força para ir em frente...
Beijinhos
Beta & Beatriz

ClaudiaMG disse...

Claro que valem mesmo a pena, um sorrir dos nossos filhos, um abracinho, um beijinho....tudo isto supera tudo o resto.

Beijinhos