sábado, junho 07, 2014

O Filtro

Acho que, apesar de não escrever com tanta frequência, o compromisso que assumi comigo mesma de  compartilhar a nossa experiência, o nosso dia a dia, com uma criança diferente, me "força" a vir aqui  de vez em quando reflectir.  
Em tempos, este blogue , era principalmente para dar esperança, dar motivação, dividir informação. Agora nem sei. 
Agora acho que apenas, serve para partilhar as inúmeras dificuldades, mas também as alegrias que temos. E no fundo contar uma história, que é a da nossa família. 
Que nem sei como, se mantém, junta unida e forte.
Amamo-nos uns aos outros e esse amor alimenta a nossa felicidade no meio de tantas contrariedades.

Viver com o JP, faz com que tenhamos à nossa volta um gigante filtro....as pessoas das "penas e lamentações", das que não querem conviver, nem dar confiança a um ser menos perfeito ficam longe de nós.

E as melhores. As boas pessoas, passam e fazem mesmo por passar por esse "filtro" e  aproximam-se.

Algumas estão no meio. Estavam do lado de fora do filtro e ao conviver com ele, querem vir para dentro. O engraçado é que algumas tratam-no com imenso carinho e a mim mal me falam ou nem me reconhecem.

Assim, ele e até nós, rodeamo-nos de pessoas bonitas, lindas, generosas e BOAS.
Tive a sorte de ter como vizinhas duas pessoas assim e as suas auxiliares na escola  e do ATL também.  De ele ter uma madrinha 5 estrelas e a melhor avó do mundo (apesar de o estragar demasiado com mimos)

Tenho de agradecer a todas as pessoas que percebem que não tenho uma vida fácil e que sempre é preciso se oferecem a ir buscá-lo e levá-lo à escola e até ficar um bocadinho com ele. 

Ele faz-me aproximar das melhores pessoas que existem por aí....giro, não é ?



2 comentários:

Anónimo disse...

Eu por exemplo, tenho estado bastante ausente, mas o curso tira-me muitas horas, pois é longe e tenho sempre que me levantar muito cedo. Peço desculpa por isso. Lembro-me muito de vocês e leio o blog. Embora, não faça comentários, pois por vezes, estou tão cansada que não consigo. Também tenho esses filtros são filtros até de pessoas que têm filhos também com grandes dificuldades. Maiores, muito maiores que as minhas. Mas, aqui o que importa é que se vá vivendo o dia-a-dia bem. Ele vai gostar de ler estes posts mais tarde.
Espero que vocês se encontrem bem. Pelo que leio neste post, sim.

Um beijinho para o JP, para ti e para o mais pequenino.

Joana (Porto)

Fernanda Villas disse...

JP é um menininho muito especial, que nos ensina muito com sua alegria.