sexta-feira, setembro 04, 2015

As férias de 2015

Quando chegamos ao nosso período de férias, o meu coração divide-se inevitavelmente, entre a alegria de estar com os meus filhos e o receio de tudo o que está para vir. 
São os nervos de arrumar tudo para as viagens,  é relembrar-me  das 400 vezes por dia que vou ouvir o som "mãaaaaaaae !!!" (quer seja em forma de sintetizador de voz, quer seja com os berros esganiçados do mais pequenino).
Não é fácil, não. Mas acaba por ser tão bom, que deixa umas saudades imensas. 
Fizemos tudo o que já tínhamos feito outras vezes mas com o pequerrucho maior, já conseguimos passear mais. E por regra ninguém se deitava antes da 1 da manhã.
Aproveitámos muito as noites e treinámos bastante a condução da cadeira eléctrica do JP, lá na nossa aldeia pacata de noites tórridas. Lemos muito, ouvimos muitas histórias e quase não vimos televisão.
Sentimos os miúdos genuinamente felizes. 
Tivemos um verão em cheio, praia, piscina, passeios, pic-nics, campo, serra, saídas à noite, feiras...
Descobrimos ainda mais os nossos meninos. A meiguice e o miminho do JP. O seu feitio teimoso ainda não foi embora mas já se controla em algumas coisas, principalmente para não provocar  birras do irmão.
A capacidade do Rafael fazer amigos por onde passava e a sua comunicação já tão elaborada. 
Os deliciosos e constantes porquês e o cada vez maior poder de argumentação. Igualmente meigo e ternurento. E rimos. Muito.


O JP tem o humor inteligente. 
O Rafael é um palhacito em constante acção. Tudo o que faz é para fazer rir.
Estou certa que estas férias ficaram na memória e no coração do JP. 
O pequeno Rafa só tem 3 anos e meio e provavelmente nunca se lembrará mas ficará com elas no coração...
Nós também.

2 comentários:

Mina disse...

Memórias, inesquecíveis...
Bom regresso

Beijinhos

A Senhora do Trevo disse...

Que Verão tão bom...
;))