segunda-feira, outubro 05, 2015

NORMAIS

Aqui em casa, não há nenhuma mãe exemplar. As minhas queridas pestes também não são. 

Só há muito amor, há pedidos de desculpa, tenta-se educar da melhor maneira que se consegue.



Sem comentários: