quinta-feira, maio 17, 2007

Post de leitura Interdita a homens :- )

No pouco tempo que me sobra, venho aqui desabafar e espreitar como estão alguns dos meus amigos...agora com menos regularidade. Não é fácil satisfazer-me a mim própria. Sou mulher. Quero fazer tudo. Ora, talvez um pouco seguindo as prioridades:

Ser boa mãe

  • Ter muito tempo para a minha família (incluindo ter tempo para dedicar só ao meu marido)

  • Cumprir as rotinas do JP (banho+ jantar + exercícios )

  • Acompanhar sempre que possível o JP nas suas actividades

  • Ter algum tempo para os meus amigos e divertir-me !

  • Ser uma profissional melhor possível (no meu meio profissional, os homens imperam, logo sinto que me devo esforçar a dobrar)

  • Cuidar de mim, fazer ginástica, controlar a alimentação

  • Cuidar da casa (embora que tenha um empregada, não dá para tudo)

  • Pensar nas compras e jantar

  • Ler sobre assuntos que me interessam e manter-me informada

  • Blogar qq coisa
Acham que chego a todo lado ? Pois...tento, mas não é nada fácil. Também apesar de ter mais algumas actividades extra, sei que a maioria das mães trabalhadoras identifica-se um bocadinho nesta lista.

Acham que os homens se preocupam com tudo isto ? Eu não me posso queixar, pois tenho um maridão muito querido e atencioso, mas não exige de si próprio metade daquilo que exijo de mim. Ele é que estará correcto. Quem me dera ser mais "descontraída"...Mas sou mulher. Tenho dificuldade em não ser exigente comigo própria. Ou será que não tem nada a ver com a questão do género feminino?

15 comentários:

GuerreiradaLuz disse...

Olá amiga! Como te entendo... somos mesmo as supermulheres..... beijokas grandes
P.s: assino em baixo em Tudo!!!

__Isabel__ disse...

Eu também tenho essa agenda com mais algumas coisas.
Não é fácil...e quando tenho algum tempo que poderia empregar comigo, sinto-me culpada por não estar a fazer algo lá por casa.
Enfim...mulheres.
Gosto de sentir que está tudo no sítio. Quando a minha filha nasceu tive imensa dificuldade em deixar de fazer tudo tão perfeito. Aos poucos vou tentando ser mais descontraída porque não dá...o tempo não dá para tudo!

Beijinhos amiga!

Dinha disse...

Querida... mudam os nomes, atravessam os oceanos... e nós mulheres somos assim! Auto-exigência sempre à mil! Por isso chorei esta semana e por isso choro às vezes - eu quero ser excelente em tudo ao mesmo tempo! Mas não dá, não podemos... já somos o máximo sendo assim como somos, cada uma em suas particularidades. Todas as mulheres, especialmente as que são mães, sofrem do mesmo dilema. E se os filhos são ainda mais especiais (o nosso caso), requerem maiores dedicações... aí mesmo que haja tempo! Tenho "me trabalhado" para isto... quero exigir menos de mim, porque sei que já faço sempre o meu melhor, em nome de um amor grandioso e nobre. Mas amor-próprio também faz bem ao nosso coração.
Desabafe sim, compartilhe sempre... mas não se exija, ok?
Um grande beijo!

sorrisos da minha alma disse...

È dificil sim, mas ao lado dos homens somos umas verdadeiras guerreiras da vida isso é que é!
A mim só me falta arranjar uma empregada aqui para casa de confiança... a ver se encontro logo logo.
beijos grandes

Vanessa disse...

Está mais que provado, que nós mulheres somos as únicas que conseguimos pensar em tantas coisas ao mesmo tempo e ainda concretizar as nossas tarefas. Todas somos quase como supermulheres. Por mais que queiramos, vamos exigir sempre a perfeição de nós próprias. É próprio do sexo feminino.É próprio de ser MULHER!

Amiga, privatizei o meu cantinho se quiseres continuar a visitar manda um mail para vanessak@iol.pt.

Beijocas grandes para ti, para o grande JP e já agora para o maridão que tanto amas.

Rita disse...

Acho que por melhores que sejam os maridos... nós é que somos mesmo umas super mulheres, umas guerreiras.

Beijocas

sil disse...

O nosso mal é que queremos ser, sempre melhores. Queremos ser super-mulheres...

Como te compreendo...

Bjos
Sil

vera disse...

oi

por mais que nos esforcemos não conseguimos fazer tudo, não somos super mulheres.

acredit que há homens que pensem nestas coisas também mas ... em menor quantidade ahahaha

jcas
vera e marianita

cloinca disse...

Minha linda Grilinha... vi que me ligaste hoje, e ambas sabemos porquê!
Ihih!!!
MUito obrigada por te teres lembrado de mim.
Um beijo gigante e sempre rechounchudo para voces,
Cláudia

PS: e sim, nós mães e mulheres, temos uma capacidade extraordinária de nos desdobrarmos... ser mulher é ser sem dúvida uma SUPERMULHER!!
:)

teresa disse...

Olá Grilinha!
Precisava de falar contigo. Podes contactar-me? tmfcsr@clix.pt
É um bocadinho urgente...
Beijos para todos,
Teresa

Rosa Silvestre disse...

Identifico-me nessa lista, menos os banhos,os miúdos cá são adolescentes!

Rosa Silvestre disse...

Beijinhos para ti e para o JP!
Bom fim-de-semana!

DIV de divertida disse...

Então não tem?! claro que sim...
Eles tb sabem fazer, mas aprenderam a viver sem se incomodarem. dá tanto jeito, não é?
ser distraído, básico, esquecido, desajeitado, enfim...
Olha sabes que mais?
ÉS UMA SUPER MULHER!!!!!!

Phiwuipa disse...

Pelo que vou observando... É mesmo por ser Mulher! Tal como referiu no post, somos menos descontraídas, levamos tudo mais a sério.

Que fazer?! (lol)

*Beijinhos e Bom Fim de Semana´*

Maria disse...

Não sei que te diga... também me sinto assim. Por estrutura, julgo que pensamos em modo de multiprocessamento, será herança genética, diz a historiadora? A verdade é que nos sentimos responsáveis por tudo ao mesmo tempo, tipo equilibristas. E o tempo não estica. E nós continuamos a ser exigentes connosco mesmas. A nunca querer menos que tudo. Faz um post a perguntar como se sentem ELES... :o) Beijinhos.