quarta-feira, novembro 25, 2009

Terapia da fala - Nossa amiga Adriana

Já falei neste blogue de 2 das primeiras terapeutas do JP. A terceira começou a trabalhar com o JP aos 13 meses na Hipoterapia e falarei dela um dia. Estamos juntos há 4 anos já !
A 4ª foi a fantástica terapeuta da Diferenças que fez estimulação cognitiva desde os 15 meses até aos 2 anos e meio. Abandonámos porque na opinião dela não justificava e começámos nessa altura com a terapia da fala.
A Adriana segue o JP desde os dois anos e meio. Por isso trabalha com o JP há dois anos, na sua escola. Sempre admirei o seu trabalho. Agora é complementado pela terapeuta Cubana Yami (que faz ocupacional e muita motricidade oral) também com muita qualidade.
Voltando à Adri. Admiro tudo nela. A constante vontade de evoluir e aprender. A humildade, profissionalismo e disponibilidade de se relacionar com todos os outros terapeutas (incluindo a Yami) e principalmente a forma como utiliza a psicologia em benefício dos seus meninos. A terapia da fala é uma terapia que quando não é bem conduzida pode fazer mais mal que bem. Mas ela sempre motivou o JP, sempre o achou fantástico e cheio de potencialidades. Sempre acreditou que seria um caminho de longos anos, mas que acabaria em sucesso.
Não acredita que haja impossíveis e afeiçoa-se aos seus meninos, vibrando com cada vitória do JP, quase tanto como eu própria. Um dia telefonou-me feliz porque o JP tinha soprado bolas de sabão, outro por que tinha dito "Bom dia" e assim por diante.
Hoje contou-me que o JP já diz sempre bem as palavras bi-labiais (palavras começadas por b, p e m) embora falte capacidade de projecção de voz. E que apesar de ser um menino que não fala, tem a noção perfeita de rimas. Utilizou um jogo em que ele tinha de escolher as palavras que rimavam e ele acertou em todas. É lógico que é muito bom sinal, pois a consciência fonoaudiológica está lá ! Mesmo que nunca comunique oralmente, é essencial para a escrita.
São boas notícias...claro que são. E ela faz parte deste sucesso. Um beijo para ti, Adriana.

2 comentários:

Anónimo disse...

Parabéns então a essa profissional competente e dedicada, ao JP e a si. O esforço e o trabalho contínuo vão, com toda a certeza, dar mais frutos.

Um beijinho com muita ternura, para todos.

Helena

Dulce Bregas disse...

Daqui dou também os meus parabéns a essa profissional.A nós acontecem altos e baixos,falha uma terapia e pronto fica o Francisco todo baralhado e quer saber porquê que não há...depois lá vem uma semanita com todas as terapias,e ele anda afinadinho parece um relógio.Será que as terapeutas não pensam que quando nos ligam a dizer:olhe tal dia não posso,então até para a semana...nós perdemos o chão?Talvez porque algumas são gratuítas falham tanto.Enfim,mas há tb profissionais que trabalham com afinco e dedicação,e os carregam no colo e a a nós sem darem conta disso!Parabéns!Beijinho a essa Sra.