terça-feira, novembro 27, 2012

Coisas de mãe ...

Sobre o JP

Se o ano passado, na escola, ainda queria fazer o que lhe passava pela cabeça, este ano sabe que tem de trabalhar e já assimilou.
Já não pede para voltar para a pré-escola ou para casa.

No ATL pede para fazer os TPCs como todos os outros. 
Normalmente não acho graça quando os miúdos se copiam. Mas sem dúvida que aplaudo esta ocorrência milagrosa. 
Na sexta feira quando o fui buscar ao fim do dia, vi que participava muito feliz numa peça de teatro de Natal. E depois, mostrou às auxiliares como usava bem o computador. Está na sua fase de sedução.

Ontem fui buscá-lo mais cedo para irmos à fisioterapia e fez-me uma cena daquelas com imenso drama e lágrimas. Queria ficar ali, não queria ir, etc,etc. 
Sente-se bem lá pelo ATL e elas ficaram contentes por saber  isso. E eu fiquei a pensar comigo própria se ele já se fartou de passar as tardes comigo... 
Bem sei que com os dois, e desde que o Rafael está mais pesado, é um pouco mais monótono pois raramente saímos.

O JP (quase) sempre se adaptou bem aos lugares e às pessoas. Mesmo com todas as dificuldades de comunicação e dependências. 
Fico só a pensar, que assim de repente, tive saudades do bebé que chorava um bocadinho quando o deixava de manhã no colégio. 
E que má-mãe me sinto...mas é a verdade. 
Talvez eu também precise de crescer.

Ora bem, está visto que quase tudo tem o seu lado positivo. 

Se o Rafael fizer uma cena dessas, vou queixar-me muito menos...
Vou saborear pois no máximo dura 7 anos. Pelo menos com os meus filhos...

3 comentários:

Sandra Nogueira disse...

Sempre me dói o coração quando penso que as boas mães são aquelas que vão se tornando desnecessárias...aff...difícil de entender e de fazer o coração entender!!!

abraços

Ovelha Flor Guerreira disse...

Meu querido JP! Está em fase de expansão. Não te queixes, não te queixes! Regozija-te!

Mina disse...

E que melhor para uma mãe, que saber que o seu filho está feliz.
E está ficar maduro responsável.
E viva o J.P.
Beijinhos