quinta-feira, fevereiro 27, 2014

Coisas que nunca contei IV

Quanto mais normal é a nossa vida menos interessante é para contar...mas todos os dias há coisas...

O dia-a-dia aqui em casa gere-se assim mesmo. Ao dia !


O Rafael tem andado doente e esta semana o JP ficou sem transporte da câmara e dependo do ATL e de ajustar os meus horários. De manhã levo-o e como é sempre uma aventura !!!

Esta manhã um senhor aproveitou o lugar de estacionamento de Deficientes da escola ser largo, para encostar o carro dele ao meu, mesmo apertadinho, comigo ali , ainda a montar a cadeira. Não estava a acreditar que mesmo mostrando que a cadeira do JP não passava, ele me mandava "dar a volta". Expliquei que o menino estava daquele lado e que se o lugar dos deficientes é largo é por algum motivo.
Pois não sei até que ponto percebeu ou não percebeu, ou fingiu não perceber (era chinês). Pega na cadeira e vai dar a volta, como se eu fosse a mal educada.

Receei que fosse amigo de clientes meus e inspirei e expirei 50 vezes para me acalmar....Haja muita paciência. Olha, afinal, não são só os Portugueses os mal-educados.

2 comentários:

Helena Barreta disse...

Eu fico em brasa com estas coisas. Não é só serem mal educados, é serem arrogantes e não terem o mínimo de civismo.

Eu faço o trajecto casa/trabalho/casa a pé e vou o caminho todo indignada,é verdade, ainda me espanto com a má educação, seja com o facto de ter que muitas vezes sair do passeio e andar na estrada enquanto os carros estão estacionados nos passeios, cruzo-me nesta "aventura" com pessoas com mobilidade reduzida, em cadeira de rodas, carrinhos de bebé todos obrigados a andar nas estradas, seja pela forma como os automobilistas ignoram e desrespeitam as mais elementares normas de civismo para com os peões.

Bom fim de semana

Um beijo

Professora Lu disse...

Isso é um mal que afeta a humanidade em geral! E neste caso é inadmissível!
Saudades de vocês!
Beijos grandes...