segunda-feira, setembro 17, 2007

Como mudam as nossas atitudes

Quando o JP nasceu, desejava que o tempo passasse depressa e me respondesse a todas as dúvidas. Tentei aproveitar o seu maravilhoso tempo de recém-nascido, mas havia sempre uma ansiedade como pano de fundo. Queria que o tempo passasse mais depressa.
Hoje, com algumas das perguntas respondidas, desejo que o tempo passe muito devagar. Que ele possa ser criança por muito tempo. Pois ele é uma criança muito feliz. E eu sou muito feliz com a criança que ele é.

Viver devagar. Saborear cada minuto. Deliciar-me muito tempo com esta carinha doce e sorridente. Apetecia-me parar o relógio do tempo...


17 comentários:

Simone Zelner disse...

dar tempo ao tempo, ser criança assim como nós fomos, sem cobranças, apenas saboreando a vida! As vezes acho que exiguimos tanto dos nossos pequenos, são tantas terapias, escolas, tratamentos...mas é para o seu próprio bem não!?
beijos com muito carinho e boa noite!

docinho disse...

Tou contigo amiga!

Beijos a querer parar tudo

AnaG. disse...

Vais continuar a conseguir saborear os momentos e ele será sempre criança, mesmo crescido.

Boa semana
Beijitos

Néa e Arthur disse...

Queria que o meu Arthur não crescesse e fosse o meu eterno pequeno,quando o coloco no colo e vejo que já não cabe mais como antes sinto uma dor em meu peito,pois sei que já não é mais um bebê e ainda queria que o fosse!!
Beijos

Cristina disse...

É verdade. Quando a Leonor era bebé, ansiava que falasse, que andasse... Agora, não. Delicio-me com ela todos os dias e para mim, o tempo pára mesmo...

Bjos

Cristina

sil disse...

Penso que todas as mães passam por isso... pelo menos no 1º filho...
Com um 2º gozamos muito mais cada momento, sem tanta ansiedade...
Bjos
Sil

sorrisos da minha alma disse...

È uma fase, o importante mesmo é vivermos com eles as fases com apreciação, amor e dedicação. Vê-los crescer também é mt saudável para nós.
Beijos

Cristina disse...

Pois é, isso mesmo, viver devagar. Eu sei o que é querer que o tempo passe rápido para vermos o quanto o nosso filho é diferente da média. Mas o mais importante é o quanto ele (e nós) somos felizes em cada momento da nossa vida.
bjs
Cristina
http://blogs.portaljunior.com/viverdevagar

Vanessa disse...

Também noto o mesmo... O Gui só fez um aninho agora, mas a verdade é que parece que não consegui disfrutar enquanto ele foi mais pequenini e mais dependente. Ele é muito independente e quer fazer tudo sózinho. O tempo parece que passa depressa demais e nós só temos de nos habituar a essa ideia.

Beijoca grande

DIV de divertida disse...

Por mim eles seriam sempre bebés...

Maria disse...

É bom pensar que se pode. Também gosto de parar relógios. Como a Alice no País das Maravilhas, molhados em chá. Melhor viver a doçura e a fantasia. Andei ausente e tenho saudades vossas, abraço grande, meu e do JF... :o)

mother_24 disse...

Muito bem dito miga, ser criança é das coisas mais lindas que possam existir, eles merecem gozar ao maximo a sua infancia, e nós pais temos é de saborear esses momentos deles que são tão unicos

beijocas grilinha de estimação, espero que te tenham tratado bem na minha ausencia :D

Miguel-100%fã disse...

Pois é amiga...nao temos esse poder,mas temos o poder de aproveitar cada minuto e a oportunidade de aprender com ele...
com este post entro em plena sintonia ctg...e arrependoo por ter deixado voar tantos sem os aproveitar....
Beijokas boas minha Mae de M grande...como gosto de te ler...

neto disse...

Foi a minha primeira visita e fiquei muito impressionada com a sua atitude. Simplesmente fantástica . Tomei a liberdade de fazer referencia ao "grilices" no meu blog.
Coragem..

Anónimo disse...

Olá querida Grilinha...

Como este post me fez deitar uma lágrimazinha pelo canto do olho...

Que o tempo parasse... Para ti e para mim. Para todos.

Os filhotes... Esses sempre crianças felizes, a serem bebés apenas crescidinhos e cheios de gracinhas...

A vida... Essa que não rolasse tanto pelas ruas estreitas e dúbias que nos impedem de ter o à vontade total perante o Mundo...

Beijos doces para vocês os dois. Mãe e filho felizes! Sois lindos!

teresa pintor

vera disse...

é a ansiedade não é?

eu hoje também olho para a Marianita e apetec-me parar o relógio, estar mais tempo com ela e ... e olha que ela ainda tivesse aquela cara de bebe :( mas ... a vida é mesmo assim, temos de aproveitar todos os momentos e fazer tudo para o bem estar deles!

jcas
vera e marianita

Rosa Silvestre disse...

Olá Grilinha embora ultimamente não tenha postado venho sempre ler os posts.
O Criancices deu dois prémios a este blog, cujos nomes dizem tudo: Blog 5 estrelas e Certificado de Bons Momentos Virtuais.
Parabéns!