terça-feira, setembro 25, 2007

A Felicidade

Qualquer mãe ou qualquer pai sabe que ter um filho com quaisquer que sejam os problemas, desde que sejam graves, não é o máximo ! Inicialmente então, é uma dor indescritível ! Mas acredito que muitas pessoas, embora que receosas com o futuro dos seus filhos, aprendem a desfrutar da vida de uma maneira mais gostosa.
Passam elas próprias a sentirem-se diferentes...e a defender a diferença e a conhecer uma realidade muito bonita.

Confesso que sempre pertenci 100 % aos estereótipos da felicidade, mas só sei que nunca fui tão feliz como passei a ser depois de ter nascido o JP, com todos os seus problemas.

Daí, que apesar de me sentir diferente, de sentir que não pertenço ao "molho" e ao estereótipo da felicidade, sinto muito orgulho em ser mãe de um menino muito especial.

Quem disse que o estereótipo da felicidade era uma família funcional, um bom carro, uma bela casinha e um par de filhos super-perfeitinhos e bem comportados ? Felizmente, a felicidade não é nada disso. A felicidade é muito mais que isso. É saber e ter quem amar. É apreciar pequenos momentos...é ter objectivos na vida. É sentirmo-nos realmente importantes para alguém...

A felicidade pode ser muita coisa...de muita maneira. Bom, é ir encontrando-a...no dia-a-dia.

Nota : Reflexão sobre este post do Pai do Pedro

25 comentários:

Néa e Arthur disse...

Com o tempo aprendemos a viver e saborear a felicidade.Ser feliz é abrir o coração e receber de peito aberto o que o destino nos reserva!Ser feliz é respeitar as diferenças!Ser feliz e ser presenteada com a sua amizade e tantas outras coisas!!!!!!
Beijos

ana disse...

...Grilinha...
como concordo contigo!
Está perfeita a definição de felicidade, pelo menos é assim que eu a entendo!A felicidade é a busca e a concretização incessante, quando se ama alguém, não se ama e pronto já está! Vai-se amando dia após dia (e cada vez mais)!
bjs
adorei este post!
Ana (www.nascerprematuro.org)

sil disse...

Claro que a felicidade não passa por um estereótipo...
Como costumo dizer...A felicidade não existe...existem é momentos felizes... e esses momentos passam por um simples sorriso, por um mimo de quem a gente ama, passa por tanta coisa...
Bjos felizes
Sil

Cristina disse...

Tens toda a razão, se a felicidade dependesse de pertencer ou não ao estereótipos da felicidade então não veríamos tantas pessoas com todas as condições para serem felizes e contudo profundamente infelizes.
Eu diria mais, há muitas pessoas que de tanto se esforçarem diariamente para tentarem conseguir ter aquilo que para elas significa a felicidade (a família funcional, um bom carro, uma bela casinha e um par de filhos super-perfeitinhos e bem comportados) acabam por ser profundmente infelizes, já que alguns destes ojectivos são difíceis de conseguir. As pessoas verdadeiramente felizes são aquelas que se esqueceram hà muito tempo dos requisitos da felicidade e "colhem o dia" como é o lema da tua vida.

sorrisos da minha alma disse...

Tu só tinhas que ser uma mãe especial para ele. Ele escolheu-te por teres esse coração maravilhoso.
Beijo enorme

Tixa disse...

E tens toda a razão para seres feliz...
Sabes é tão chato fazer parte dos estereotipos... a vida seria tão monotona... e acredito na vossa felicidade vêse na carinha linda do JP, sente-se como ele é feliz,como tem uns pais felizes, não escondes que é dificil... mas com amor tudo se consegue.
Um bj enorme

maria disse...

concordo plenamente contigo. Tem de se encontrar a felicidade em cada momento da vida.

bjnho

Anónimo disse...

Olá minha querida!
Faço das tuas palavras as minhas
Espero que esteja tudo bem com vocês.
Um grande beijinho para o JP
Beta & Beatriz

Anónimo disse...

Post perfeito minha Mae/Mulher de M GRANDE...Há mil e uma maneiras de ser feliz,ha mil e uma maneiras de saborear a felicidade...Mas nessas mil e uma maneiras há um item q tem de estar presente que é AMAR E SER AMADO...quem tem isso ja tem meio caminho da felicidade csg..e eu sei Q VOCES JA PASSARAM METADE DO CAMINHO Q VOS ESPERA NESTA BUSCA QUE SER FELIZ...eu sei,eu sinto!
Beijos aos 3

Ana ,moçambique

paidopedro disse...

minha amiga, eu próprio não diria melhor... :))
as nossas vidas podem ter momentos difíceis, mas nunca serão vazias nem cheias de pechisbeque...

um beijo

Cláudia Rocha disse...

E é assim mesmo minha amiga....

Quem pensa que a felicidade se mede em meia dúzia de tarecos é porque é mesmo muito oco interiormente.

As nossas vidas são feitas de momentos felizes e de momentos menos felizes, no entanto os meenos felizes são necessários para que possamos apreciar com grandeza os momentos mais felizes.

Com o Guilherme descobri que são nas coisas mais simples que estão grandes momentos de felicidade...

Beijinhos dos amigos

Cláudia, Guiherme e Madalena

Baguigolas disse...

Li o post dele, leio o teu, e percebo. Admiro a V/ força, o V/ amor, e sei que os V/ meninos especiais são, e serão sempre abençoados pelo amor que têm.
Bem hajam. Essa felicidade é a unica e verdadeira! :)

Cristina disse...

Concordo. Cada um tem uma noção exacta de felicidade. A minha é ter filhos e uma família grande...

Bjos

cristina

Pensamentos Felizes disse...

concordo e muito...
beijos
Cris

Simone Zelner disse...

Sem dúvida minha amiga! ser feliz é muito mais que ter alguma coisa...é ter alguém e saber que esse alguém vai lhe retribuir da maneira mais singela do mundo!!!
é enxergar as pequenas coisas!!
o JP faz hipoterapia né? vc tem algum post dobre isso aqui no blog?! quero escrever no desabofo justamente sobre essa relação dos nossos filhos com os animais.
beijos a vcs!

Grilinha disse...

Simone. Acho que nunca desenvolvi muito a questão da Hipoterapia. Mas o que eu puder ajudar e vou tentar encontrar-te no messenger ou pelo mail. Beijos

Margarida disse...

Vim hoje aqui ter, por acaso Feliz e adorei!
Estes olhos, conheci-os assim que os vi...
Tem um filho MUITO especial sim! E eu sinto-me uma preveligiada por conhece-lo pessoalmente.
Descobri uma faceta sua, que no nosso dia-a-dia, desconhecia e que gostei muito.
Se não se importar serei visita habitual.
Visite-nos e saberá quem somos.
Um beijo e até logo....

Grilinha disse...

Margarida (nem sabia que era esse o teu nome)

Que feliz coincidência. Que bom ter descoberto o nosso cantinho...
E os nossos filhos são coleguinhas e passam o dia juntinhos ! Uma grande beijoca. Volta sempre. És muito benvinda.

lobitas disse...

Tudo o que dizes é verdade, a felicidade é feita de momentos, e realmente todos os nossos conceitos e prioridades na vida mudam radicalmente e é muito bom aproveitar e isufruir de cada instante, pois a vida não dá para andar para trás, por isso o importante é o agora, tentamos ser muito felizes a cada momemento(é evidente que há alguns dias maus), e sou muito feliz com a lobita e ela também é, não há alegria maior para o coração de uma mãe,não é ?.
Sejam muito felizes meus lindos. beijinhos da alcateia

docinho disse...

Acho que flas um pouco daquilo q tb disse... como todas as contrariedades... somos mais felizes por sabê-los aqui... ao nosso lado!

Beijos doces

Mãe Frenética disse...

Grilinha, és tao boa gente. Fosse o mundo todo assim.

Margarida disse...

É uma coisa que (confesso) me faz alguma confusão...é falar com as pessoas se lhes conhecer o nome.
Gosto de falar com elas e dizer o nome... e nos colégios somos só as MÃES!

Estou feliz por vos ter encontrado aqui!

Beijinhos

MC disse...

Muito, muito interessante o que disseste. Atrevo-me quase a dizer que a felicidade vem de dentro (dia a dia), é o maior presente da vida, e não é para todos.

um abraço grande

mocas

PS: não tive tempo de ler todos os comentários a este post, por isso ainda cá volto. ;)

YAMI disse...

Adorei este Post..

Mostra bem a GRANDE MULHER queés..
A flicidade é isso tudos semmanias, sem coisas superfluas, ...é o AMOR e Dedicação..

Parabens querida ..consegues dizer tudo..

yami

Henriques disse...

:) Li, reli e saio inspirada! Beijinhos