terça-feira, março 05, 2013

"- Bolas, não é nada justo !"

Este fim de semana o JP foi a mais um aniversário de um amiguinho da escola. 
À semelhança do ano passado, foi numa quinta que pertence à igreja, sem nenhum planeamento e foi muito divertido. 
Estavam lá imensos meninos da sua turma e a sua amiguinha L., que para além de ser da sua turma, também partilha o ATL com ele. 

Sempre disse que o JP tinha o poder de atrair naturalmente as pessoas interessantes e boas.

E é mesmo verdade. Esta amiga rodeia-o de atenções. Entende-o muito bem e brinca imenso com ele. O relacionamento deles espanta as pessoas. Acho que entende-o até melhor do que a sua namoradinha S. .

É  faladora, adora dar-lhe bolachas e brincar, atenciosa e sabe usar muito bem o caderno de comunicação.

A determinada altura os meninos foram brincar numa zona da quinta com difícil acesso para uma cadeira. E ela, que empurrava a cadeira do JP, sai-se com " - Bolas, não é nada justo !" e ficou o tempo todo com ele.
Felizmente como é tão comunicativa e sociável, junta sempre um grande grupinho à sua volta.
E o JP nunca está sozinho.

Uma jóia muito rara que muito estimamos.

3 comentários:

Maria João disse...

Olá minha querida,

Existem crianças maravilhosas...fazem ver a muitos adultos!!!!

Bjs, para vocês,
MJ

Mina disse...

Porque o J.P. merece...
E sem dúvida que é jóia essa menina.

beijinhos

Helena Barreta disse...

Fico sempre enternecida com os gestos de carinho e amizade que o JP tão bem sabe cultivar, por isso os amigos que faz são os melhores.

Que ternura de menina.

Um beijinho