quinta-feira, junho 14, 2007

Lista de sustos

Este é um daqueles post inúteis e em forma de retrospectiva. Durante todo este tempo, tivemos uma lista de preocupações relativas ao JP acrescidas à óbvia (Paralisia cerebral) que não vieram a concretizar-se e foram fases que passaram. Mas para que um dia possa recordá-las, aqui vai o que já me faz suspirar de alívio:

- Não vir a comer sem ajuda de uma sonda. Passou no 2º dia.
- O tremelique nos olhos até aos 5/6 meses. Passou. Ainda pensaram ser epilepsia ou nistagmo. Em principio era normal, talvez seja até de família. As hipóteses de vir a ter epilepsia são iguais às de qualquer um de nós.
- Ver mal. TOTALMENTE falso. Nunca houve razões para pensar isso.
- Sem dentes (só nasceram por volta de 1 ano e fui eu que estupidamente estava a ficar preocupada!!!) Passou ! Eh,eh..
- Dentes de baixo desalinhados com os de cima. Já está tudo na normalidade. Passou. Devia ser uma fase.

Enfim...adorava acrescentar tantas coisas a esta lista e preencher uma folha A4 e com letra pequenina.... Vamos dar tempo ao tempo e esquecer ansiedades... Agora digam, é possível eu ainda ser normal ?
Quem quer deixar aqui os seus sustos mais palermas ? Força. Talvez me sinta mais normal...

Da próxima vez é que vou falar das minhas nomeações: BLOGS COM TOMATES ! Fui duplamente nomeada.

22 comentários:

sil disse...

Não eras uma mãe normal caso não tivesses todos esses receios e mais alguns...

Eu, que já vou no segundo filho, vivo numa ansiedade constante, quanto mais tu que é o primeiro.

Continua assim, um exemplo de mãe!!

Bjos
Sil

Ana Paula disse...

Esses medos fazem parte.
Acho que não serias normal se não os tivesses.
Uma beijoca

__Isabel__ disse...

Olá Grilinha!
Prepara-te que vais ser novamente nomeada...quando eu tiver um tempinho.
Quanto à normalidade...estás dentro do normal.
Quero te fazer duas perguntas:
1- o teu filho já tem a dentição toda?
2- como é a alimentação do teu filho...já come de tudo...desenrasca-se bem com os sólidos?

O meu filho tem 12 dentes e dois caninos a caminho. No entanto não consigo com que ele coma sólidos, é tudo passado...se ponho arroz na boca faz um chinfrim...se dou pêra esmagada, engasga-se todo...não sei como dar volta a isto.

Beijinhos

Pensamentos Felizes disse...

Quantos queres????? lol!!!! sem ordem de preferência hehehe!!!

medo palerma n.º1: que não lhe nasça mais nenhum dente lol!!! com 22 meses (faz daqui a 5 dias) ainda só tem 12 dentes... sim! leste bem, são só 12, 4 em cima, 4 em baixo e 4 molares... o canino esquerdo já anda a deixar uma marca há mais de 1 mês e não há meio de sair...

medo palermíssimo n.º 2: enquanto esteve apanas a mama e devido à "porcaria" que a pediatra fez connosco de dizer que o miudo numa semana tinha andado a passar forme só porque não engordou aquelas grs estipuladas, tinha que andar sempre a pesá-lo porque andava sempre com medo que ele continuasse com fome lol!!! na balança de casa pesava-me a mim com ele ao colo e depois sem ele... era a única maneira de descansar uma cabeça que andava muito deprimida na altura, já passou :) e hoje faria diferente, não acreditaria em tudo o que me dizem lol!

E tantos, tantos... se quiseres com tempo escrevo :)agora tenho que calcular umas lajes de escadas ;)
beijos
Cris

docinho disse...

Sustos... uma vez ouvi um comentário acerca de dentes... dito por uma enfermeira a uma mãe que achava que a filha n ia ter dentes... "mas tu já viste alguém não ter dentes?????"

Hi hi hi...

De resto... ainda n apanhei grandes sustos... só qd ela caiu no dia em que fez 1 ano... e o galo cresceu em segundos... nunca tinha visto nada assim...

Agora medos... tenho um que me acompanha sempre... perdê-la : (

Beijos doces

docinho disse...

Esqueci... tens no meu blog mais um prémio!

Beijos doces

Kika & Inês disse...

Por causa do prémio do Docinho cor-de-rosa vi aqui parar!!! Adorei cada palavra, cada dia de luta e de força.

Um beijo grande e voltarei a visitar-vos sempre.

Grilinha disse...

Meu querido DOCINHO:

És uma querida...és mesmo. Achas mesmo que mereço essa distinção ? Parece que que achas...então, só me resta agradecer a atenção e miminho, que no fundo "ajuda" um bocadinho acredita...
não, minha querida, não vou ficar convencida. Adoro o meu menino, mas no fundinho preferia ter um blog igualinho a todos e só ter peripécias de dentes e galos para contar...
Não sei qual a sensação que darei, se de que tens "sorte", se de que apesar das contrariedades ...se consegue ser feliz...mas fico feliz por te transmitir algo.
Uma beijoka GRANDEEEEEE !

Grilinha disse...

ISABEL


Não te sei dizer isto...mas nunca contei qtos dentes tem o meu filho. Acho que só lhe faltam 4 molares (mesmo lá do fundo...) e estão agora a nascer. Ele sempre mastigou muito bem...sempre gostou de "ROER"...come carne, já pedaços grandes...depois conto-te as minhas técnicas pelo messenger, mas basicamente é insistir.
Beijoooos

Monika disse...

Olá Olá minha linda!
Amiga, não eras uma mãe normal se não tivesses esses receios todos, era sinal que não ligavas ao teu filhote linda..."tonta". Não nos podemos acreditar em tudo o que nos dizem pois, a mim sempre me disseram que nunca mais ia recuperar a sensibilidade e Graças a Deus, já tenho sensibilidade nos dedos da mão direita. Força amiga.

P.S.- tenho um miminho pa ti no meu blog.

Beijocas grandes

ana disse...

Chiiiii....iiii Grilinha!!! Os meus sustos foram imensos, nem me atrevo a confessá-los. Mas não passaram disso mesmo - SUSTOS! O que é certo é que me ofereceram noite em branco (especialmente quando me dedicava a pesquisas na net), choradeiras (tipo delúvio), telefonemas à pediatra do João (que é uma querida e teve uma paciência infindável comigo), enfim, palermices...mas acho que sou normal, um pouco exagerada talvez, mas normal!!! :-)))
mil bjs por aí,

Ana (www.nascerprematuro.org)

Phiwuipa disse...

Talvez preocupações de mãe... :)

Espero que tenha visto a minha nomeação :) (Post antes do que comentou :))

*Beijinhos*

Maria disse...

Sustos fazem parte. Cheguei a casa com um João com um quilo e oitocentas gramas. Crescia? Sempre nos mínimos. Pulmões e estômago com problemas. Andar era mentira. Falar resumia-se a "Mãaaa" (eu, portanto). Coxeava ao gatinhar. Tremeliques nos olhos até hoje (também é genética a epilepsia, mas felizmente nunca teve manifestações mais graves). Tem doze anos agora, como sabes e quem não conheça o curriculo da criatura acha apenas que é um miúdo que cresceu pouco e demasiado fechado e sério. Para mim é uma paixão. Os sustos não passam, vão rodando. Mas os físicos são mais dolorosos pelo que podem significar. Agora que vale a pena acreditar e fazê-los acreditar em si, vale mesmo! Beijinho.

Mãe Frenética disse...

Pois o meu P vomitou sangue uma vez e eu entrei em pânico!! Afinal, tinha sido do meu peito gretado e quem me chamou à atenção foi o meu marido depois de eu lhe telefonar num pranto, ja a dizer q a criança tinha uma infecção interna qq!...

Hoje rimo-nos, não é? LOLOL

Mamã Elsa disse...

OLA.
OS SUSTOS FAZEM PARTE DA VIDA... QUEM NAO OS TEM?????
MEDOS TENHO MUITO EM RELACAO AOS MEUS FILHOS...
MAS O PRINCIPAL É PERDE-LOS.
BEIJOCAS GRANDES

Cláudia Rocha disse...

Olá amiguinha...

Sustos mais palermas??? Bem vejamos...até são alguns e eu não sou nada mãe "GALINHA":
- Não conseguir mamar (começou no 4º dia);
- Não conseguir sentar-se sozinho (consegui aos 7 meses);
- Ser estrábico (afinal tem falso estrabismo);
- Ter os dentes tortos (tem 1 canino desalinhado);
- Não conseguir andar sozinho (já gatinha, agora falta o resto)
- e mts mais q agora nem sequer vou falar...

Beijinhos

Cláudia, Madalena e Guilherme

GE disse...

Claro que és normal, não o serias se assim não fosses. Ainda agora passei por mais um daqueles maus bocados, e também tive uma carradona de duvidas :))

Bjinhos e BFS

AnaG. disse...

Todas as mães devem ter as suas dúvidas...

Muito mau (anormal) é quando isso não acontece.

Bom fim-de-semana.
Beijinhos

Anderson-kbça disse...

chego aqui através de minahs andanças pela net, e felizmente encontro masi um blog interessante.

Bom ainda não tenho filho (vou ter), mas o que eu e minha atual-futura esposa já levamos de susto, nos leva a crer que logo teremos nossa listinha também...

até.

Licas disse...

Acho que o meu maior susto, o meu maior medo é perdê-la ou não andar por cá para a ver crescer e a poder acompanhar... :-(

Marco Rebelo disse...

normal...? o que será q hoje é normal? :)

MC disse...

Amiga, se escrevesse aqui uma lista dos meus sustos, dos meus temores, isto não acabava mais ... e o pior é que muitos são unicamente da minha linda cabecinha!

bj grande!

PS: ha ... e para além de seres normal, acho que és, sobretudo, muito lúcida! quem me dera ...