terça-feira, junho 26, 2007

25 comentários:

docinho disse...

Ainda bem que tudo ficou claro... que o teu coração acalmou...
Qt às pedras no caminho... vai fazer um ano que tb saí... sempre pensei que lá ia ficar sempre... mas não... por várias razões tomei outro rumo... até hoje... foi o melhor que fiz! Por mim... po ela!

Beijos a lutar

AnaG. disse...

Ainda bem que foste esclarecida, mas nada desculpa o que foi feito. Acho que houve negligência, falta de brio profissional e de sensibilidade.
Espero que tenham aprendido a lição e que não voltem a comentar injustiças...

Vais encontrar muito mais pedras pelo caminho. Tens que ser capaz de as afastar para que não te perturbem e consigas seguir em frente.

Beijinho

ternura disse...

Fico contente por saber que ficou tudo esclarecido e bem!
Pois é as pedras vão aparecendo e nós temos de ter força para afastá-las...e eu sei que tu tens :)

Beijinhos ternurentos

AnaG. disse...

Reli....
Não é... "comentar injustiças", mas sim ....cometer injustiças.
Sorry...

Bjo

Joana disse...

Grilinha:

Se achs que o caminho é mudar de ares, pois porque, não?

Beijinho

sorrisos da minha alma disse...

És uma mãe muito mas muito especial!
Admiro-te tanto...

Mãe Frenética disse...

Grilinha, sabes, a justificação foi boa, mas eu sei q nao deixas de ficar triste pelo JP.
Francamente, eu acho q o colegio devia ter feito um esforço por o incluir.
Pq devem evitar-se males entendidos em situações q levam mais a isso.
Não quero com isso dizer q mudes, este foi um pormenor q nao deve mudar a tua opiniao generalizada e positiva do colegio, OK?

mas nos sentimos...

Vou-te contar uma historia: O meu irmao andava num colegio privado de freiras pq julgava-se q seria melhor para ele. O facto é q, um ano depois de andar la, de os meus pais andarem com ele ao colo mais a cadeira de rodas, descobriu-se um elevador num canto, q as freiras nunca tinham disponibilizado!!! Justificação: os outros meninos nao andam, ele deve ser tratado como os outros!!
Não, nao devia. Por mto q queiramos, o meu irmao era diferente, nao podia ser tratado por igual SEMPRE!
Entendeso q eu agora digo com eles deveriam ter feito um esforco por incluir o JP? às vezes o tratamento por igual é q exclui...mas enfim, essa é so a minha opiniao.

GuerreiradaLuz disse...

Amiga.
Sei que tenho andado MUITO desaparecida. Mas nunca me esqueço de voçês. Li os teus posts e como deves imaginar o da escola, achei incrivel. Compreendo perfeitamente o que sentis-te. Felizmente o André em todas as festas, desde os dois anos que começou no infantário, tem tido um papel. Nem que seja estar ao lado dos outros quando eles cantam. E sabes? Foi numa IPSS. E agora fica um conselho de amiga.... o André apesar de ter neste momento um deficit cognitivo acentuado, acompanhou sempre os meninos da sua idade. Se o JP está como dizes, tão bem a nível cognitivo, devias falar na escola. O facto de ele ainda não andar não afecta em nada o desenvolvimento dele se estiver com crianças da mesma idade. Aliás, até ajuda na fala. Foi assim que o André começou a ter cada vez mais vontade de verbalizar. E assim continua até hoje. Independentemente de ainda só escrever o nomem dele, vai acompanhar os coleguinhas na 4ª classe.....
Como deves também saber, nas IPSS, os nossos meninos têm entrada directa. Pensa nisso. Eu adorei a experiência
Um beijo forte

sil disse...

Mais uma vez...obstáculos, para ti, não te fazem ir abaixo...segue-se outro caminho e se calhar bem melhor...

Tudo de bom
Bjos
Sil

Costinhas disse...

Nada como falar para resolver essas dúvidas.

Um beijinho e mantém essa força. O teu pequenote é um sortudo em te ter!

beijinhos

Vanessa disse...

Grilinha,
Fiquei revoltada com tudo o que se passou, independentemente de ter sido com ou sem intenção. As crianças querem fazer parte da festa e neste caso falharam com o grupo dele. Foi um acontecimento lamentável.
Quanto às IPSS, concordo que são em muitas das ocasiões as melhores opções, ainda mais, porque na maioria das vezes estão mais bem preparadas para receber meninos como o JP. Agora, cuidado, avalia muito bem o sítio, porque muitas vezes parecem fantásticas e não damos conta dos problemas reais que existem. Tenta aprofundar o conhecimento da instituição ao máximo.
Conselho de amiga.

Beijoca grande e fofa

Baguigolas disse...

Reforço a Costinhas, o JP tem muita força em te ter, e tu a ele.
Ontem pensei em ti, a sério, em casa, longe dos blogs. Faz por veres a entrevista da SIC hoje depois do telejornal. E força, que sei que tens, mantêm-na, por favor, porque é já tão grande.
Beijocas

__Isabel__ disse...

Fiquei contente com este post, que tenhas resolvido este assunto.
Venha o próximo!!! eheheeh.
Estou como diz a Vanessa, informa-te BEM sobre o IPSS antes de tomares uma decisão, porque afinal o JP está contente onde está, por isso cuidado.
Gostei da foto, do destaque do dia e de ter visto a GuerreiradaLuz a comentar aqui!
Eu também em breve vou deixar o meu trabalho, e estou convicta de que será das melhores decisões da minha vida,para o meu filho, para mim e para a minha família.
Beijinhos e boa continuação.

DIV de divertida disse...

Olá linda!
não te tenho comentado mas com a regularidade permitida tenho-te visitado. Muito trabalho, muitas horas de sono a dever à cama, outros interesses e uma agenda social preenchida nos últimos dias. Isto passa.
Sabes bem que estou contigo incondicionalmente apoiando-te!
Sim, há realmente males que vêm por bem e quem sabe esse é um deles?!
Estou do teu lado na tristeza de não ver o JP nas filmagens.
Eu teria feito "confusão" na certa!!
Ainda hoje fui a uma reunião de colégio e fiquei tristoca pk a minha canita não apareceu em tantas fotos de actividades como eu gostaria!
Coração de mãe é egoisticamente BELO E GRANDIOSO!
beijos imensos e fica bem!
Se precisares de alguma coisa é só apitar!

lobitas disse...

Tão bom que pelo menos ja está esclarecido, e que pena não terem dado a "melhor justificação", mas pronto serve nem que seja para estares mais atenta e com um sentido de alerta mais apurado, e eles que se cuidem e que tratem bem os meninos especiais, porque um dia destes não têm ninguem ... hihihihi ... "que se ponham finos".
Beijinhos muito grandes para vocês, e toca a trewinar para a grande corrida com a Mónica .... força nisso JP ....

Phiwuipa disse...

Como se costuma dizer... "Há males que vêem por bem".

Vou tentando arranjar respostas aos porquês de muita coisa que me vai aocntecendo... Às vezes encontro, é verdade, outras nem por isso, mas talvez sejam daqueles porquês que se têm razão de ser, não é importante eu saber...

*Beijinhos*

vera disse...

olá

fizes-te bem em teres falado, quando algo acontece com os nosso filhotes no infantário é isso que devemos fazer ... resolver logo!

jcas
vera e marianita

mother_24 disse...

Olá minha grilinha de estimação

Afinal o teu impluso foi exagerado, mas as escorpionas s~ão assim, umas impulsivas do piorio :D

Espero que tudo se resolva da melhor maneira, mudanças podem ser dificeis nos primeiros dias, mas se a vida não fosse feita de mudanças que piada tinha :D

Tu saberás o melhor para ele, tu és assim, uma grilinha atinada e linda :D

Jocas miga

Fallen Angel disse...

Sei que tem o meu blog Gothyc Style no seu blog, mas eu uso mais o Fallen Angel Para falar de mim e das minhas coisinhas.
Gostava muito que aparecesse por lá e deixasse o seu comentário.
o meu blog é o http://marisocas.blog.simplesnet.pt.
Um grande beijinho para Si e para seu Filho.

Pensamentos Felizes disse...

Nada como falar e esclarecer todas as dúvidas.
Tens premio no meu blog
beijinhos
Cris

sil disse...

Deixei um miminho no meu blogue para ti...Vai lá ver...

Bjos
Sil

Lígia disse...

passei... para dar um abroço quentinho e apertadinho ao JP... e à mamã. ***abracinho****

Rosa Silvestre disse...

Às vezes, existem males que vêm por bem....são estas pedras que nos aparecem no caminho que nos fazem crescer! Beijinhos para ti e para o JP!

Anónimo disse...

Grilinha, infelizmente o se marido tem razão,devemos equipados para enfrentar a exclusão, por vezes subtil, outras mal disfarçada e comprometida, mas nós pais somos anos redenrores

Anónimo disse...

(correcção)
Grilinha, infelizmente o seu marido tem razão: devemos estar equipados para enfrentar a exclusão, por vezes subtil, outras mal disfarçada e comprometida, mas nós pais somos afinal sempre os grandes redentores.
Desculpem; também é para questionar se para o JP,com dois anos e meio, a sala mais adequada seja a dos bébés que ainda não andam, pelo facto de andar. não me parece a perspectiva pedagógica correcta, tendo em vista a Inclusão. A ideia é a de que a criança com dificuldades, ao estar em contacto com crianças sem problemas,seja motivada a... e por conseguinte imite, etc.
No entanto vocês Pais estão à altura de ir decidindo o Melhor.