terça-feira, fevereiro 02, 2010

Mails de mamãs como eu

Recorrentemente recebo mails de mamãs como eu. Mamãs de meninos ou meninas com paralisia cerebral. Alguns nascidos bem depois do inicio deste blogue. Perguntam-me frequentemente como tem sido a evolução do JP.
É uma pergunta extremamente difícil de responder. Está tudo por aqui, nestes 4 anos de blogue, faltando apenas o primeiro aninho. Mas sei que são quase 600 posts e aqui resumo, ou pelos menos tentarei:
  1. Nasceu às 39 semanas e também o parto não correu bem. Nasceu sem respirar e de cesariana de urgência. Evitável. Num bebé de risco dever-se-ia ter evitado isto, mas segundo os médicos não há lesões visíveis de sofrimento fetal e não terá sido o parto a causar os "danos motores existentes".
  2. Verificou-se de imediato um tónus muscular aumentado. Péssimo sinal. Duvidaram também da sua capacidade cognitiva. Eu sabia que tinha um menino normal nessa parte. Sempre soube...
  3. Um sorriso muito esperado....pelas 6/7 semanas de idade...
  4. Adorei a minha licença de maternidade. O JP começou a fisioterapia com 2 meses e a piscina com 4/5 meses. Um bebé que queria muito colo, dava gargalhadas sonoras e reconhecia a mãe muito bem.
  5. Foi para o berçário com 9 meses. Começou a socialização de um bebé naturalmente feliz.
  6. O terror começou nesta altura quando verificamos que era muito hipotónico nas costas e não se sentava. Começavam-se a confirmar todas as suspeitas. Comecei a sentir que estava a viver um pesadelo.
  7. Tentei sempre manter-me serena. Tentei aceitar o meu destino. Mas ainda hoje custa.
  8. O tempo passava e nada acontecia, mas todos os terapeutas e médicos me garantiam que ele era bastante inteligente e essa condição ajudaria a parte motora gravemente afectada.
  9. Alguns meses antes dos 2 anos começou a sentar-se na beirinha da piscina ou de um banco. Tinha algum equilíbrio. Por breves períodos de tempo, mas com as costinhas ainda muito hipotónicas.
  10. Só perto dos 3 anos se sentou com maior firmeza, sem apoio, mas só em posições muito especifícas, tal como ainda hoje.
  11. Em 2009 foi a Cuba por 2 meses. Veio todo cheio de força e com a posição de gatas consolidada. Começaram os primeiros gatinhanços muito toscos.
  12. Na piscina e na hipoterapia as evoluções aconteceram também lentamente, mas hoje está num nível que ninguém nunca soube se lá chegaria.
  13. Não fala, mas comunica lindamente com símbolos. E canta !!! Não se entende nada, mas canta. E também diz pequenas palavrinhas e por vezes frases que com muita imaginação lá percebemos o que quer dizer....mas nada fica por pedir. Muitas vezes percebem-se as palavrinhas.
  14. Actualmente adora fazer gatafunhos...
  15. É sorridente, namoradeiro mas com um feitio muito teimoso e obstinado.
Uma evolução que parece má (há muitas bem melhores, mas também há piores)...mas quem o vê e o adora, sabe que tudo foi conquistado com a sua enorme força de vontade, teimosia, empenhamento dos pais e carradas de amor.
E é difícil não admirá-lo.

8 comentários:

Quicas disse...

Helena, já há muito que não comento, mas leio-vos sempre.
Para mim serás sempre uma mulher de coragem, que acredita no seu filho e que nunca desiste.

Força.

Paulinha disse...

Obrigada pela partilha minha querida, imagino que tenhas recordado todas as emoções à medida que ías descrevendo cada etapa...

Um abraço, muito grande!

Mãe Sisa disse...

Eu ADMIRO-O e sei que o Amor e a sua extraordinária Força de Vontade o levarão muito longe!

Cláudia disse...

Gostei de ler todas as etapas...e embora possa haver alturas que vês pouca evolução, eu acho que tem sido muito bom...e muitas mais evoluções vão haver... quem, vê de fora notará mais evolução com certeza.

Que sejas sempre assim... uma mãe dedicada.

Mãe(q.b.) disse...

:)

Foi uma batalha dificil mas tu e a garra dele souberam e sabem como lutar pela vida :D

jocas grandes grilinha de estimação

Joni disse...

Não sei porque dizes que a evolução do JP "parece má".
Todas nós sabemos que tantas vezes a evolução dos nossos meninos tem de ser conquistada a pulso...
E tu és daquelas Mães que nunca desistiram de lutar.
Por isso, digo eu que a evolução do JP é espectacular.

Beijoquinhas grandes
Maria João (Joni) e Bruno (o Tesourinho)

Mina disse...

Evolução parece má?!...
Nem pó, parece más é muito boa.
É natural que queiramos tudo rápido, mas tudo têm o seu "timing", desejamos ver a evolução que ás vezes parece pouco, mas eu por aqui vejo muito...
Foi um pulão
bjocas

Maria disse...

POIS É MAMÃS QUEREM TUDO MAIS RÁPIDO, MAS QUE TUDO ESTÁ A CORRER BEM EU ACHO, TEM QUE SER TUDO A SEU TEMPO.
FORÇA MAMÃ QUE ESTÃO NO BOM CAMINHO

:)) BEIJOCAS GRANDES