segunda-feira, dezembro 07, 2009

Mais uma ida da UTTAC à escolinha

A educadora e a psicóloga da Uttac deslocaram-se ao colégio do JP para observar o trabalho que está a ser feito com ele. Sabendo que vai ser inserido numa unidade específica para o ano, querem também desde já assegurar que não será retirado das actividades da escola um minuto que seja para ir para a dita unidade, pois segundo o seu relatório, o JP tem capacidade para seguir o contexto escolar normal e não pode ser tratado como se tivesse capacidades abaixo das expectáveis para a sua idade. Mas isso passar-se-á na escola pública e vamos desde já assegurar que conhecem bem o JP.
Quando fomos para a salinha dele vieram-me lágrimas aos olhos. Uma parede com histórias todas adaptadas. Está tão feliz e tão integrado! Custa a tirá-lo dali...enfim... mas não será agora. Tenho alguns meses para me ir preparando psicologicamente...se conseguir.

4 comentários:

ClaudiaMG disse...

Como já te disse algures, estas são aquelas decisões que não são nada fáceis de tomar.
No entanto só vocês saberão o que é melhor para o JP.

Quanto às forças que irás precisar, acredita que as vais encontrar.

Um beijinho muito grande e agora descansa que ainda faltam uns meses

Anónimo disse...

Amiga,

Acho que a todos os níveis as pessoas estão muito mais sensibilizadas para com miúdos com NEE. Vais ver que tudo vai correr bem. :)

Beijinhos
Joana

Leoinha disse...

Concordo com a Joana, as pessoas estão cada vez mais a querer integrar os meninos com NEE, mas se fosse eu ficava tal e qual como tu com o "coração nas mãos", pois vai para um sítio que tu ainda não sabes como vai funcionar, é uma etapa nova na vida de uma criança e convém que se adapte nas melhores condições, mas com o apoio dos pais e com a ajuda das funcionárias da escola acredito que vai tudo correr bem, o desconhecido assusta-nos sempre!

Bjs,
Leo

Dulce Bregas disse...

Força,nestes casos temos que seguir o instinto...não estou dentro do assunto,mas de mudanças percebo eu,havendo o feeling de que será bom,é ir em frente.Beijinhos.