terça-feira, dezembro 08, 2009

Personalidade

Quando um bebé nasce, nasce a existência de alguém que não dorme quando nós queremos, não come quando é mais conveniente e constantemente altera e condiciona a nossa forma de estar no mundo. Revemos os valores que lhe queremos transmitir e cuidadosamente actuamos em conformidade. Esquecemos sempre uma variável que tem muito poder: a pressão dos pares. O ambiente onde está inserido.
Quando lhe falei em ir à Kidzania ter com os primos, ele ficou doido de alegria. Claramente sabia há mais tempo do que eu, o que lá se passa. Quando se põe a falar horas com o Pai Natal, julgo que pede coisas que os amigos falam, ou decidiu que quer, pois aqui em casa não vê publicidade.
Nós temos os nossos cuidados para que ele seja um menino que valorize o lado espiritual das coisas. Para que seja sereno e não se deixe levar pelo consumismo, pela pressão dos estereótipos da sociedade - a beleza, o ter poder económico e ainda a suposta perfeição. Não queremos que valorize nada disto.
Mas como, se desde que nasceu fica fascinado por uma cara bonita ? Vale-me que há pessoas que ele adora que não se encaixam nos padrões e não parece fazer mal algum...
Mas desde bebé de colo que não deixa de admirar entusiasmado, um rosto que parece saído dos desfiles de moda. Desde tão cedo, que pôs em causa o meu conceito de "influenciar os padrões de beleza". Como um bebé de 9 meses sorri mais para uma menina tipicamente bonita que para uma mais normal ?
O nosso JP, como muitos dos meninos desta geração é fruto único de um amor. É um menino seguro. Segundo as professoras, não gosta de pedir ajuda e tem neste momento uma auto-estima fortíssima. E nós, vigilantes, insistimos e influenciamos, conscientes que não há nada mais poderoso do que o exemplo.
Mas lá no fundo sabemos que não só, não controlamos tudo, como a genética ditou muito sobre ele. Ele é o JP. Um menino que adora palhaços que ambos pais detestam...

6 comentários:

Maria disse...

Grinha bom dia ou boa tarde ai por casa e que tudo esteja bem.
Nós pais queremos o melhor para nossos filhos, mas o JP tal tu e o maridão fizeram vai fazer as suas própias escolhas, e nós pais ás vezes ficamos com o coração tão apertadinho...mas tem que ser,faz parte de seu crescimento.


Bom feriado

:)) Beijocasssssssssssssssssssssssssss

Mother_24 disse...

Lá está, eu acredito muito que cada bébe quando nasce já tem lá a sua personalidade vincada e que por muito que os pais se esforcem a mudar isso, é impossivel... neste caso o nosso JP só gosta de um rosto bonito, n que seja daqueles que acha que a beleza é tudo, mas pelos vistos ele sente-se atraido por uma cara bonita... mas sejamos sinceras, quem n gostas??LOL

jocas grilinha de estimação

stardust disse...

Uns dias sem cá vir e pronto... Tenho de andar muito para trás para me actualizar.

O JP, tal como as outras crianças, tem a sua personalidade. E a dos rapazotes é mais vincada, desde logo não gostam de ser ajudados a fazer isto ou aquilo, nem que tenham dificuldades. O meu L. tmb é assim, não quer ajuda e lá se vai esforçando devagarinho até conseguir fazer as coisinhas dele.

A M., por outro lado, é muito perfeitinha a fazer as coisas, mas é espertalhaça, sabe que se formos nós a fazer não tem de se cansar, então está sempre a pedir para fazermos isto e aquilo porque "não conxigo"...

É normal eles terem sentido estético... Afinal vivem rodeados de estimulos visuais, e sabem distinguir o que é bonito do "feio", olha o que se passou com o meu em relação à lareira (qe não estava muito bonita), e em relação ao pai natal... É normal.

Os meus vêm publicidade, só há noite no Panda (claro), mas estão numa fase em que não passam do ecran para o real, mais tarde vê-se o que fazer!

Beijocas nossas

Cláudia disse...

Olá!

Sigo este blog, que conheci por acaso. O facto de ser alguem do Seixal, tb me despertou atenção, pois também sou de lá.
Adoro ler, e é sem dúvida uma alegria ver a força que têm e é assim que deve ser :)
Tenho uma pergunta a fazer, pois também conheço um caso identico ao Vosso.
Onde se pode comprar brinquedos e livros adaptados a crianças com este tipo de problemas?
No caso dos livros já vi na FNAC e nada...
Era para oferecer a uma menina de 4 anos tb com PC.

Muito Obrigada e Tudo de bom!

Grilinha disse...

Olá Cláudia

Benvinda. Olha, o JP tem 4 livros adaptados e todos foram comprados na FNAC. O gato gatão tem estado em destaque. O sol e Lua já é mais antigo, mas está junto do gato gatão. O Patinho Feio é da editora kalandra e costuma estar nas prateleiras do meio, assim como os chibos sabichões. Quando fui à procura destes dois, não encontrava nem por nada apesar de me terem assegurado que estavam lá. De facto estavam...tão iguais quanto os outros...
Na altura pedi ajuda e quando a menina me levou à prateleira (até estava num topo em destaque) ia morrendo de vergonha, Já tinha passado ali meia dúzia de vezes.
É uma questão de pedir ajuda se não encontrares.
Títulos:
- sol e lua
- gato gatão
-chibos sabichões
- Patinho feio

É óptimo para esses idades ( 4 ou 5 anos) de meninos que não falam, mas tb dá para os "normais".

Boa sorte na pesquisa e volta sempre

Cláudia disse...

Muito Obrigada.
Vou voltar sim...
:)