domingo, dezembro 27, 2009

Natal tradicional

Já lá foi mais um Natal. Nunca havíamos passado um Natal na pequenina aldeia beirã depois do JP ter nascido. Este ano assim foi. A constipação dos 3 não impediu a nossa ida e assim mesmo fomos rumo ao frio. Desde manhã uma excitação inquietante no pequenote e depois uma viagem tranquila com um miúdo que prefere ver tudo a dormir a sesta . Ao chegar vimos mais uma vez a Serra da Estrela como pano de fundo.
A consoada foi na modesta casinha de pedra da Bisavó do JP (que o nosso menino já não via há 3 anos e por quem se apaixonou de imediato). Um bacalhau servido com umas couves deliciosas.
A seguir ao jantar um passeio pela aldeia e ida a um café. A meia dúzia de cafés da aldeia estavam todos abertos naquela noite !!!
Diferente dos Natais de Lisboa, mas lá é mesmo assim...tudo pela rua. Até porque a família se estende a toda a aldeia. O tempo lá passa devagar.
Pelas 22 h uma ida junto ao famoso Madeiro mesmo em frente à igreja local, para aquecer os nossos enregelados corpinhos...conversa, mais conversa, encontros e um pouco de mais conversa, enquanto a monumental pilha de troncos de árvores ia queimando e aquecendo o local.
Com o aproximar da meia noite dirigimo-nos a casa de uma priminha onde esperávamos encontrar o Pai Natal. Mas este já lá tinha estado e deixou as prendinhas.
Tanta coisa gira e o JP feliz !!!! Das três coisas que o JP pedia (um " cão-verdadeiro-cor-branca", um "jeep-baterias-grande" e um "mano-bebé-rapaz" ) o Pai Natal só trouxe um "cãozinho-amarelo-a-pilhas" que ladra, abana a cauda e anda...
Com a crise que está...nada mau !!! ;-)

Próximo post: as prendinhas mais especiais...

10 comentários:

Sílvia disse...

Que belo Natal Estivemos tão perto...
Beijinhos grandes.

Mina disse...

Que bom, que ainda se faz um Natal como manda a tradição.
Assim, sim é Natal com frio, mas com gente a aquecer os corações e o Madeiro a ajudar, e já agora assim uma aguardentezinha também ajuda aquecer e secalhar até adormecer, rssss
Bjocas

Grilinha disse...

lol

Só faltou a aguardente mesmo...e bem que precisa foi, para aquecer ! Bjs

Mina disse...

Ah! e a foto da bisavó, com o J.P está o máximo.
Duas gerações a precisar de muito mimo.

Dulce Bregas disse...

Que belas imagens!Eu vivi a minha infância na beira Alta,e não tem nada a ver com Lagos!É outro "calor humano"...quanto ao mano rapaz,é vindima até o lavar dos cestos ;))a Bianca esperou 7 anos!O cãosinho,é como tudo,se eu estivesse à espera da casa com quintal,só seria daqui a uns...4 anitos,informei-me,pesquisei muito,falei com criadores,fui a lojas,falei também com vizinhos que têm...e voilá,o Golden é muito feliz num apartamento(grande)e com passeios diários,corridas na praia,pois é um animal que quer muita companhia,e quem mais do que eu para lhe dar tudo isso?E pensando nas terapias do Francisco,e numa psicóloga fantástica que nos dá toda a força,aqui vamos nós adoptar um traquinas.J.P. :não percas a esperança,as mães amolecem e cedem,chiiiu!!!!beijocas :)))))

Mrs_Noris disse...

Tradicional mesmo, e bem bom. Gosto imenso de bacalhau com grelos, mas não o comemos no Natal. Nessa altura somos mais carninha assada. Por aqui foi um Natal idêntico ao dos anos anteriores, talvez um pouco melhor porque fomos mais um à mesa.
Conheci o famoso Madeiro um destes dias numa peça do Telejornal da SIC. Achei giro e, com o frio que faz por aí, que bem deve saber estar ali à volta da fogueira.
Beijinhos.

Maria João disse...

Olá minha querida,

Q maravilha de Natal, bem diferente o deste ano.
Gosto desses Ntais passados em familia e com tradições diferentes.

Que pena o JP não ter recebido o carro que tanto queria. Para o ano quem sabe...

Um grande beijo amiga
MJ

maria-doce disse...

Olá
Deve ter sido um Natal maravilhoso este passado numa aldeia Portuguesa.Quanto aos presentes em falta, o cãozinho e o bebé rapaz acho que ele está certissimo ;)
Um beijinho para vocês e tudo de bom para este novo ano que se avizinha sem esquecer os 2 pedidos em falta do JP :)
Mariadoce

ClaudiaMG disse...

A ver pelas fotografias foi mesmo um excelente Natal.
Deve ser muito engraçado passar o Natal assim, numa terra afastada de Lisboa, com algum frio, mas uma grande lareira sempre acessa, já para não falar do calor humano que aposto que transordou nessa noite.

Quanto às prendinhas de Natal, um dia destes ainda vais vais mesmo render-te à tentação e comprar um cão para o JP.
Nós temos, na casa da minha mãe, uma cadela Labrador que te digo que faz as delícias das crianças e dos adultos. Para além de ser uma excelente companhia é um enorme prazer para todos nós.

Beijinhos grandes e especiais

Avessa disse...

Olá Grilinha, já vi que o Natal foi especial como manda a tradição. É engraçado eu descobrir pelo teu blog o nome daquelas gigantescas pilhas de troncos ( fui passar 2 dias no interior, cheguei ontem, por Monsanto/Belmonte/Guarda e é engraçado encontrar em todas as terreolas aquelas fogueiras enormes. Desconhecia a tradição, e muito menos o nome. Beijinhos