terça-feira, abril 06, 2010

Os nossos pequeninos traumas

Na semana passada ao levar o JP a uma das terapias fiquei com o carro sem gasóleo, apesar de não ter acendido nenhuma luz e de o painel de bordo me indicar 105 kms ainda a percorrer até ao fim do combustível. O raio do carro está velhote e começa a dar os seus sinais de "demência"....
Foi uma situação que tentei lidar com calma, mas não é assim tão fácil de resolver. O JP ficou com a terapeuta enquanto eu tratei de ir resolver o assunto.
Eu sei que ele detesta carros que custam a pegar (quem gosta ??? ) e esta situação provocou-lhe uma angústia grande (talvez porque eu própria também me tenha enervado), embora quisesse parecer exteriormente tranquila e natural.
Desde aí, cada vez que passa num posto de abastecimento faz sinal para mim. No Sábado ia abastecer, e estava uma fila enorme, então saí da fila, decidida a ir a outro posto. Pois, o JP não achou nada boa ideia. Barafustou, certamente com um medo enorme que se repetisse a cena. Tive de explicar-lhe que ia a outro local, mas não me ia esquecer de por combustível....
Agora disponho de mais um "avisador" (os outros dois pelos vistos também não são de confiar)....

6 comentários:

Anónimo disse...

Ui! Ficar sem gasolina! Olha, ele é tão Amoroso! Tão consciente! beijinho Joana

Helena Barreta disse...

Eu estou com o JP, também não me fio nos computadores de bordo. Parece-me mais fiável o seu "avisador" particular.

Um beijinho

Helena

Vera Raquel disse...

bolas, essa nunca me aconteceu.
vês que o JP é um lindo menino, já tens um avisador sempre atento eheh

jcas

Mina disse...

Lool
Não podia andar no carro com o meu marido xD
Que só conhece duas formas de colocar combustível é atestar o depósito e só pôr novamente quando está na reserva e andar de luz acesa, ás vezes a alarmar, mas se a reserva dá para 100 kms é isso que ele dá de margem...
O que isso me irrita, estou com o JP amigo nada de reservas é logo kkk
bjocas

Anónimo disse...

Olá

Olha o meu detesta postos de abastecimento, não sei porque... Sempre que passamos perto de um, mesmo não parando, começa logo: "nã que dar bombas ao carro" e já nem penso em abastecer com ele no carro que é berreiro certo.

beijinhos
http://blogs.clubedospais.pt/ccsantos

Mamã Sofia disse...

No dia da operação dos olhos do João a nossa carrinha decidiu para a meio da 2ª circular! Começou a aquecer e acendeu a luz do óleo e de aquecimento. É desesperante! Tentar colocar um triângulo (ia na 3ª faixa de rodagem!!), trancar o carro parao João não sair, ía sózinha, os carros não páram!... de repente lembrei-me que tinha uma garrafa de água de litro e meio que tinha comprado para levar para a cirurgia. Para beber enquanto esperava... Naõ podia dar-me ao luxo de esperar pelo reboque! Resultou! Mas ao contrário do JP, para o Joãozinho foi uma aventura! ;)... Temos de passar por cada uma ;) Kiss, Mamã Sofia