domingo, abril 11, 2010

A viagem-aventura -1 ano atrás voávamos para Cuba

Foi na viagem de avião que percebi o menino crescido que levava comigo. Feliz, entusiasmado por andar pela primeira vez de avião. Feliz, entusiasmado por ir trabalhar para melhorar a sua condição física. Feliz, sem preocupações.
Eu, cheia de medo que ele se assustasse com o barulho das turbinas, que não aguentasse 11 horas de vôo, mais escala em Madrid....e depois, tantas horas de terapias intensivas, tão duras ! Ia muito mais temerosa que feliz.
Tudo correu tão bem. Ele foi tão elogiado. Portava-se como um adulto nas terapias. No fim do dia, um sorriso e convívio. Um caso difícil - disseram, mas que com esta vontade de ferro, podia e devia aproveitar e trabalhar muito, porque valia mesmo a pena !!! Acreditam no potencial dele. Persistência e trabalho !!! Deixar sempre tempo para o descanso que é fundamental. Descobriram um tal foco epiléptico inactivo, que sem sono suficiente, podia desencadear, activar-se e reverter todas as conquistas. Impossibilitar até de fazer trabalho duro e comprometer a cognição.
Se não desencadear até aos 7....posso ficar mais tranquila. Assustei-me. Aqui em Portugal nunca tinham visto nada !
Mas talvez por isso ainda insisto tanto nas sestas.
Hoje acordei a pensar nisto do PER. Consigo ajudar os outros, se estou no meio de uma desorganização generalizada da minha vida ? Problemas meus de saúde ainda não resolvidos, troca forçada de terapeutas, a cada vez mais eminente entrada em outra escola. Chego ao fim do dia, sempre cansada e a sentir-me doente. Ou são os quistos nas cordas vocais (benignos ou malignos, sei lá) que me causam falta de ar, ou os nervos que me arrasam de cansaço.
Mas sim. Abraço com carinho esta causa, dando a cara, até ao dia que achar que estará melhor com outra pessoa.

Este ano, também contamos ir a Cuba, graças a ajuda de muitos de vós e dos muitos amigos do meu JP, no "Cantinho dos Amigos".
O JP está a passar uma fase difícil. Sinto que o contagiei (em angústias) e hoje conversei de coração aberto com ele. A mãe anda um bocadinho triste, mas não tem nada a ver com ele. Não pense em boicotar terapias, nem começar a desmotivar-se, porque até hoje, apesar de lentos...só assistimos a progressos ! Ele exige mais do que deve de si próprio. Ele luta contra uma grave paralisia cerebral e o que conquistou foi algo de gigantesco, comparando como ele poderia estar. De manhã na piscina, nadou sozinho no chouriço com bom equilíbrio. À tarde fomos à Praia e esteve horas sentado a brincar sozinho na areia, com as pernas para o lado (para não encurvar as costas), como aconselham em Cuba, sem desequilíbrios. À noite ainda esteve a brincar só de joelhos (rabo no ar), mostrando muita força nas ancas e nas coxas. Tudo isto é tão pouco, mas tanto para ele e para nós !!!
Ele tem 5 anos. Continua a evoluir. E só saberemos onde chegaremos depois de lutar tudo o que tivermos para lutar ! Ele interrompia-me constantemente para pedir para ir à igreja. Eu disse que sim, o menino Jesus ia ajudá-lo, mas para que isso acontecesse ele teria de trabalhar na mesma.
Ele ficou aliviado. O menino Jesus ajuda, mas o caminho é o que sempre conheceu: trabalhar.

9 comentários:

Paulinha disse...

Suspiro ao ler-te amiga... Mulher e Mãe!

A cumplicidade de um filho ajuda a amenizar as angústias mas por vezes, involuntariamente acabam por se "contagiar" também... é a tal união... mais real do que se possa pensar!

Quero dar-vos os parabéns e um aplauso com uma lagrimita aqui ao canto, pelos vossos incansáveis esforços mas sobretudo pelos valiosos progressos.

Cuida também da tua saúde amiga, não descures...

Um abraço enorme a ambos, e um beijo especial, de mãe para mãe!

Helena Barreta disse...

É claro que o Menino Jesus vai ajudar.

A sua luta, a sua perseverança, o trabalho, o amor e o carinho já deram tantos frutos. O JP é forte e trabalhador, os progressos vão continuar a aparecer.

Não desanime, eu sei que por vezes é difícil, mas, coragem. As suas melhoras.

Muitos beijinhos

Helena

Cindy disse...

É um grande JP!!
Espero que ele consiga sempre mais e mais e mais e tu, amiga, pensamentos positivos e força, muita força para acompanhares sempre de perinho o teu menino lindo!!
Beijocas grandes

Avessa disse...

Beijinhos grandes. Melhores dias virão.

Mina disse...

A fé e o trabalho movem montanhas, por isso vocês irão longe, tão longe quanto as estrelas dificíes de alcançar., mas com a vossa persistência é uma luta ganha, e com a ajuda do Jesus vai ajudar a alcançar...
E quanto a ti menina cuida-te, e pensa também em ti...
Bjocas

Anónimo disse...

Olá amiga

Infelizmente o nosso caminho é um caminho que se faz trabalhando com muito amor e muita alegria.
Os nossos meninos são especiais, não PC, mas sim pelos valentes guerreiros que eles são, pelos enormes lutadores que vão demonstrando ser ao longo das suas vidas.
Um grande beijinho para os dois e não desanimes nunca pois são os sonhos que movem o mundo.

Cláudia Rocha

Néa e Arthur disse...

Oi amiga!O tempo passa tão rápido e nossas crianças nos surpreendem cada dia mais!Tenha fé porque pra DEUS não há impossível!!O JP vai conseguir grandes conquistas e vc tbm vai vencer ao lado dele!!!!!!!!
Coragem e pensamento positivo!

Mãe(q.b.) disse...

Sabes sempre que leio-te sinto um orguilho imenso pelo teu JP :)
Coisinha mais boa pá, ele é extraordinário mesmo amiga

jocas grandes grilinha de estimação

Dulce Bregas disse...

Trabalho...trabalho e mais trabalho,sem direito a férias nem greves.Talvez para o resto das nossas vidas!Foi esta a missão que guardaram para nós?Então "bora"lá.Se paramos e olhamos para o lado e vemos a calma de tantos,o tempo que investem em si próprios...desabamos.Mas nós somos recompensados todos os dias,com essas vitórias,o JP nadou com o chouriço,o Francisco nadou ontem sem ele...um dia ganho!Uma semana ganha!Evolução...evolução!Beijinhose muita força! Dulce