domingo, outubro 21, 2012

Educação para os afectos

O JP gosta da sua nova auxiliar. 

Quando chega da escola à tarde é frequente pôr os mails em dia. É giro como já mantém as amizades, escrevendo várias vezes por semana a saber das pessoas que mais gosta. 
A Lena (antiga auxiliar) é uma dessas pessoas.  Ela perguntou-lhe como se dava com a nova e ele disse que se dava bem e gostava dela. 

No dia da última consulta de neuropediatria, fez um inquérito completo à sua médica, que esteve muito tempo afastada de nós, (gravidez de risco e pós-parto) . Ela teve uma enorme disposição para conversar com ele. 
Disse-me até que as angústias que o JP já demonstra nesta fase, são muito precoces e não é comum começarem tão cedo. No fim ele pediu-lhe o mail e ela deu com muito gosto. Quando chegou a casa,  escreveu-lhe dizendo que tinha gostado muito dela.

4 comentários:

Ovelha Flor Guerreira disse...

Esse teu JP é um doce e, de facto, muito precoce para a idade dele. Parabéns!

Sandra Nogueira disse...

Ahhh JP!!! Você é um exemplo de sensibilidade a ser seguido também pelos adultos que muitas vezes não demonstram seus afetos e vivem iludidos em relações falsas..."se todos fossem iguais a você que maravilha viver"!!!

abraços apertados da Helena para vc e para o fofo do Rafael

Mina disse...

È mesmo um sedutor nato, o JP.
Beijinhos

A Senhora do Trevo disse...

Olá!
A nossa capacidade de ter ou mais afecto é nos transmitida pelo genes e pela educação. O JP tem uns bons genes e uma educação 5 estrelas por isso é natural ele ser assim.
O JP está de parabéns e os pais também.
Beijinhos,
V.