segunda-feira, outubro 29, 2012

Fiz tudo certo ?

Por vezes dou por mim a reflectir se todas as opções que tomei na minha vida foram acertadas. 
Quando tinha dúvidas, perguntava, investigava e depois decidia,  sempre segundo o meu coração.

Não há muito por onde me arrepender. Fiz tudo o que tinha a fazer.  Se tivesse possibilidades, ainda hoje faria mais pelo JP. 
Se bem, que nesta fase, em que ele já tem os seus interesses, seja muito mais difícil. E com menos frutos.

Sinto-me em paz com a sensação de ter dado tudo por tudo. Os primeiros 6 anos são determinantes e nós trabalhámos como loucos. E por isso, sempre aconselho os outros pais a fazer o mesmo.
Hoje, olhando para o que ele alcançou na parte motora, vejo que fica bastante aquém do que eu sempre sonhei e tanto trabalhei. Fico triste, com uma sensação de frustração. Falhei ? Poderia ter sido diferente? A dúvida pairará sempre no ar.
Mas de alguma maneira sinto a consciência bastante tranquila. Valha-me isso. 
Continuamos a lutar mais devagar. Mas não desistimos.

Curiosamente ele é um menino muito pouco preguiçoso para a parte física. Dá muito nas terapias e tem uma enorme preguiça no que é bom- na escolinha.

7 comentários:

Maria João disse...

Olá minha linda,

Não tens razões NUNHUMAS, para achar que podias ter dado e feito mais pelo JP do que fizeste, és sem sombra para dúvidas uma MÃE maravilhosa, estives-te sempre lá, nunca baixas-te os braços, corres-te sempre atrás daquilo que achavas que podias "dar" ao teu menino, e por isso, tenho a certeza que o JP, tem um ENORME ORGULHO nos pais que tem.

Referencio-te muitas vezes como uma verdadeira mãe coragem, obrigada por me permitires ter “entrado” nas vossas vidas, ainda que apenas desta forma.
Eu tenho orgulho em ti!!!!

Um enorme beijo com muito carinho,
MJ

Ovelha Flor Guerreira disse...

Foste e és uma grande mulher, uma grande mãe...NUNCA DÚVIDES QUE VOCÊS FORAM EXCEPCIONAIS!

Ovelha Flor Guerreira disse...

Nunca dúvides que és uma mãe excepcional e que vocês fizeram o máximo dos máximos!

Grilinha disse...

Obg, vcs são queridas !

Mara disse...

Querida amiga, estes sentimentos acho que são naturais e válidos. De vez em quando as inseguranças e as dúvidas assaltam-nos. Sabes bem que eu de tempos em tempos também me deixo levar por estes sentimentos. Mas eu sei o que tens feito e lutado pelo JP, pelo que a tua consciência pode estar tranquila. És uma mãe coragem e lutadora e tens sido um exemplo para mim.

Mina disse...

Não tens nada de que arrepender, deste o que tinhas e mais podesses, fizeste tudo ao teu alcance, mais não podias dar,és uma Super MÂE.
E a ainda bem que o JP herdou essa força de não desistir da mãe.
Claro que os frutos nunca são os que desejamos, mas o possíveis mediante as circuntancias.
E isso só te pode deixar tranquila.
beijinhos

Grilinha disse...

Mara e Mina: abraço grande....obg pelas palavras :)