domingo, março 28, 2010

A Mãe presente que o destino agora quis que eu fosse....

Nos últimos tempos tão conturbados pelos dois problemas de saúde seguidos, passei a ser uma mãe muito mais presente junto do meu filho.
O que mais desejamos é a normalidade e saúde, mas foi exactamente neste período de maior acompanhamento meu, que o JP deu o seu maior salto cognitivo. Deixou toda a gente perplexa.
Por vezes são as coisas positivas que temos que valorizar e não nos deixar levar pelos negativismos. Acredito que a minha maior presença tenha despelotado este desenvolvimento tão surpreendente. Acompanho-o às terapias e fá-las afincadamente para me agradar...
Começou a escrever as palavras, logo seguida de frases, com tanta avidez e rapidez (no computador) que agora a Nuttac (Gulbenkian) equaciona a entrada no 1º ciclo em Setembro ao invés de fazer mais uma ano na pré, como sempre foi combinado e falado desde sempre.
Na verdade estou convicta que sendo ele condicionado e só fazendo os 6 anos em Dezembro, prefiro seguramente transferi-lo para a nova escola pública e mantê-lo por mais um ano numa aprendizagem não formal. Nada o impede de ir escrevendo. Se a aprendizagem se manter neste ritmo, ele saberá ler e escrever com muito à-vontade no 1º ano e o seu ego vai inchar....se vai !!! Por outro lado, essa auto-confiança jogará toda a vida a seu favor. Não o deixaremos desmotivar-se por falta de desafio , porque iremos nós pais sempre puxando o comboio com a rapidez que ele deseje.
Na verdade, o meu problema espero que se resolva pelo melhor. Vou agora apenas pensar em descansar mais e acompanhar o meu filho...


6 comentários:

ClaudiaMG disse...

Em resumo deste teu Post, só posso dizer que "há males que vêm por bem". Ainda bem que são em alturas menos boas da nossa vida que vêm as grandes recompesas. Fico muito feliz por conseguires tirar o que existe de mais positivo na vossa vida neste momento tão complicado para vós.

Um beijinho muito grande

Vera Raquel disse...

Eu estou aqui para te apoiar!!

FORÇA!!

jcas

Dulce Bregas disse...

Mas que orgulho!Estas coisas dão-nos força para o resto que vier.Nós estamos no mesmo barco,daqui a 2 anitos,estaremos no 1º ciclo ou não?O que me importa é a felicidade do meu filho...Força,e muitos parabéns pelos avanços do J.P.!

Grilinha disse...

É isso amigas. o JP e o seu desenvolvimento e crescente maturidade tê-me dado toda a força do mundo.

É um orgulho....

Mina disse...

A vida ás vezes prega-nos destas partidas, e nem sempre é para mal, as situações dificíes ajudam-nos sempre a crescer como pessoas e tirar o lado bom mesmo daquilo que aparentemente é mau, é de tirar o lado positivo, e aí está o teu JP a mostrar-te isso mesmo, o lado bom da vida...
bjocas

Anónimo disse...

Um VIVA aos dois!!!! Bjos grandes
Ângela e Francisco